Contagem de ciclistas na ciclovia da Vergueiro, em São Paulo – galeria de fotos

Mais de mil ciclistas foram contados na Vergueiro entre as 6h e 20h do dia 16 de setembro, uma terça-feira. Foto: Rachel Schein

Mais de mil ciclistas foram contados na Vergueiro entre as 6h e 20h do dia 16 de setembro, uma terça-feira. Foto: Rachel Schein

Texto de Enzo Bertolini e Willian Cruz – Fotos de Rachel Schein

Bikes esportivas, urbanas, cargueiras, com ciclistas de todas as idades, circulando até onde ainda não tem ciclovia. A estrutura recém-inaugurada na Rua Vergueiro já está trazendo mais vida à região e levando mais pessoas às ruas em duas rodas sem motor.

A Ciclocidade (Associação dos Ciclistas Urbanos de São Paulo) realizou uma contagem de ciclistas na Rua Vergueiro, via que recentemente teve sua ciclovia inaugurada onde antes havia uma motofaixa, na altura do Paraíso. Realizada em 16 de setembro das 6h às 20h, foram 1021 ciclistas contabilizados, uma média de 72,92 por hora.

Os horários de pico foram das 8h às 9h (97) e das 18h às 19h (119 ciclistas, uma média de 2 por minuto). O sentido mais movimentado foi do Jabaquara ao Centro, com um total de 257 ciclistas. As mulheres representam 9,59% (98) e o uso do capacete foi notado em 483 ciclistas (47,3%).

A infraestrutura da Vergueiro foi inaugurada em agosto como parte do plano de 400 km de ciclovias até 2015. A via é um importante meio de conexão entre a Praça da Sé, avenida Paulista e zona sul. Para Gabriel Di Pierro, diretor-geral da Ciclocidade, mais pessoas estão usando a bicicleta como transporte graças às ciclovias. “O uso (de bicicletas) desde a criança à população idosa é um indicador relevante de qualidade de vida quando essas pessoas podem usar os espaços públicos da cidade”, finaliza.

Veja aqui o resultado de outras duas contagens realizadas pela entidade, na Av. Eliseu de Almeida e na Inajar de Souza.

Galeria

Veja alguns ciclistas clicados durante a contagem. Alguns aparecem em área sem ciclovia por estarem vindo de trechos sem a estrutura (que está junto ao canteiro central), mas seguindo em direção a ela, seja no sentido centro ou vindo da Paulista em direção ao Jabaquara.

Veja 18 razões para apoiar a implantação de ciclovias


20 comentários para Contagem de ciclistas na ciclovia da Vergueiro, em São Paulo – galeria de fotos

  • A pessoa não gostar de usar a bike é normal. Mas fazer uma lista de desculpas com a desta tal de insignia é algo broxante! Nem li tudo, não quero estragar meu dia com alguém tão negativo.

    Thumb up 2 Thumb down 0

  • [Comentário oculto devido a baixa votação. Clique para ler.]

    Esse comentário não tem feito muito sucesso. Thumb up 1 Thumb down 7

    • Se a cidade não é segura paa pedalar, mais um motivo para implantar as ciclovias, não?

      Thumb up 3 Thumb down 0

    • Renato

      As ciclovias de Nova Iorque, Berlim, Bogotá, Tokyo, Moscou, Paris, Londres, Rio de Janeiro, Brasilia, Rio de Janeiro e Buenos aires mandam lembranças . . .

      Thumb up 2 Thumb down 0

    • Então né Carlos, já eu pedalo a um pouco mais de 15 anos, Ribeirão tem menos de 10 km de ciclovias, mas mesmo assim uso a bicicleta para meus deslocamentos quando preciso.

      Se em 14 anos você ainda não aprendeu a usar a magrela numa cidade, para o bem de todos continue não usando! Já temos muitos motoristas e motoqueiros despreparados no trânsito.

      Thumb up 0 Thumb down 0

  • sergio

    acho que a bike é tudo de bom hoje ando todos os dias faço tudo com a bike espero num futuro próximo ver muitas e muitas bicicletas rodando pois carro é um pensamento antigo e atrasado . Acho isso pois se vou ao mercado com a bike ou padaria ou mesmo a farmácia não fico perdendo tempo com o estacionamento e não fico preocupado onde vou parar a bike encosta no mercado passa a corrente entra sai é muito rápido.

    Espero que aqueles que ainda não tem coragem de deixar o carro em casa pelo menos uma vez faça isso vai ver a liberdade vai ver as plantas,paisagem ao seu redor pois de carro vc não vê nada .

    Quando vc acostumar com bike vai ver que vc nasceu em duas rodas pois com elas vc vai longe ve tudo aproveita muito o seu dia.

    Thumb up 2 Thumb down 0

  • Carlos

    Muito legal estas contagens e relatos. E estas contagens tem metodologia e critérios de contagem ? Por exemplo, contar as bicicletas, pedestres, carros, e se também conta se o ciclista está de social, esportivo etc. Com a roupa social, certamente estará indo a trabalho, mas os que estão em traje esportivo, não necessariamente estão a lazer, ou estão indo às compras ou até mesmo para trabalho, porque o local de destino pode ter vestiário, bicicletário, etc …

    Thumb up 0 Thumb down 0

  • Muito bom, aguardando anciosamente a interligação da ciclovias Sumaré e Azevedo (Henrique Schaumann) e o início da construção na Paulista =D

    Thumb up 5 Thumb down 2

  • Valdemir

    UAHAHAHAHAHA ! INSIGNIA parabéns vc se superou, conseguiu ser mais deprimente e mais patético neste seu pergaminho, do que no primeiro que escreveu ! UAHAHAHAHA Mas tudo bem, gente da tua espécie eu conheço muito bem, ficou nervosinho e escreveu um monte de asneira porque perdeu a razão com meu comentário anterior, é assim mesmo quando o argumneto ( que no seu caso nunca existiu ) acaba Ee no lugar aflora a raiva, a falta de raciocinio, é assim mesmo ! TSSS TSSS Que triste ! UAHAHAHAHA

    Em tópicos como este sempre aparece um ou outro Troll como vc para tumultuar, cara se vc não gosta de bicileta, não gosta de cilclista é contra as ciclofaixas, o que está fazendo aqui ?? E depois sou eu que não tenho mais o que fazer ?? UAHAHA Não se preocupa não comigo viu, se eu fico acordado até as 23:00 hs ou mais, sabe como é privilégio é para poucos ! UAHAAH

    Credo nem minha esposa se preocupa tanto assim comigo ! UAHAHAHAHA !

    Bom o INOCENTE faz o seguinte TROLLZÃO ! Pode despejar mais quanta asneira vc quiser ai porque eu nem vou mais me preocupar em responder suas baboseiras, vc é muito chato , escreve demais, olha vou ser sincero, de tudo que vc escreveu só consegui chegar na linha 3 , o resto nem tive interesse e paciência para ler ! UAHAHAHAHA Fica chateado não INOCENTE ! UAHAHAHA

    Bom é isso seus comentários são patéticos e desinteressantes, fica a vontade ai pra escrever para as paredes ! Aceite um conselho se vc odeia tanto assim o mundo do ciclismo, invés de entrar em um site como este monte seu próprio site ai vc pode escrever este monte de Merd… que vc gosta, chama uns amigos chatos para conversar com vc e divirta-se ! UAHAHAHA

    BOM PEDAL !

    E para não perder a chance….NUNCA SOUBE, SABE E NEM SABERÁ DE NADA INOCENTEEEEEEEEEEEEEEE ! UAHAHAHAHAHAHA

    Polêmico. O que acha? Thumb up 4 Thumb down 6

  • Rosana

    Sensacional, tem até roteiro de stand up comedy nos comentários!

    Polêmico. O que acha? Thumb up 4 Thumb down 7

  • insignia

    [Comentário oculto devido a baixa votação. Clique para ler.]

    Esse comentário não tem feito muito sucesso. Thumb up 9 Thumb down 20

    • Valdemir

      INSIGNIA ou seja lá quem ou o que vc for…. meus parabéns amigo !!!! Você realmente merecia um premio, cara nunca li tanta ASNEIRA escrito de uma só vez por uma unica pessoa ! Realmente parabéns, pena que deu para perceber bem lendo seu texto que vc é uma pessoa infeliz e frustrada com a vida e com o mundo ! Uma pena, mas… nem tudo esta perdido ainda, compre uma bike e vá pedalar, vc irá descobrir que existe vida além do carro e da sua vasta ( KKKKKKK ) opinião !

      SABE DE NADA INOCENTE ! KKKKKKKKKKKKKKKKK

      Polêmico. O que acha? Thumb up 7 Thumb down 7

      • insignia

        Então o médico pode achar que o advogado nunca será feliz, só porque ele é médico? Me sinto feliz do jeito que sou e faço, o que não dá mais é tolerar patrulha que quer dizer o que é certo e o que é errado. Vida para você deve ser só farra, diversão né? Coitado, SABE DE NADA INOCENTE. Vai apanhar muito da “vida”.

        Polêmico. O que acha? Thumb up 6 Thumb down 8

        • Valdemir

          Sem noção! Tenho carro como muitos ! Mas não sou dependente dele e muito menos besta, gosto de me exercitar e ajudar a melhorar o transito e o ar usando minha bike sempre que posso, meu carro só sai da garagem para as necessidades, viagens passeio com a familia e etc, o resto o que eu posso fazer de bike pela cidade eu faço! Não nasci com 4 rodas como vc e muitos atrasados !

          Segundo meu amigo trabalho em uma empresa bem conceituada, tenho uma profissão que exerço a mais de 30 e poucos anos, tenho familia, pago meus impostos e sou dono do meu nariz, a vida para mim não é só farra, mas quando eu ando de bike ai sim é farra mesmo, liberdade e diversão, difrente de vc que deve ser um ser sedentário, e chato, mas daqueles chatos que quando chega perto todo mundo sempre arruma alguma coisa para fazer, justamente para não ficar escutando seus blá, blá, blas.

          E para terminar A VIDA NÃO BATE EM QUEM SABE VIVER E SABE RESPEITAR A VIDA DOS OUTROS !

          Coitadinho… SABE DE NADA ( AGORA TENHO CERTEZA ) INOCENTE ! KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK A sim BOM PEDAL ! KKKK

          Polêmico. O que acha? Thumb up 5 Thumb down 6

          • insignia

            1. Eu nem lembrava que tinha comentado aqui, só quando vi meu email que havia uma resposta sua, tem certeza de que você trabalha e tem família? Para responder as 11 horas da noite, você levou trabalho pra casa? tem problema para dormir (eu não tenho)? Por que não ficou com sua esposa? Por que não foi dormir, que seria muito mais útil?

            2. “Sem noção”, “besta”, “atrasado”. Se eu tivesse artrite, seria tudo isso? Quem não concorda com você é tudo isso? Que adianta andar de bicicleta, se você tem essas ideias atrasadas? Quanto rancor, quanto preconceito. Nesta resposta não há nenhum xingamento. Ficou ofendido por que, se gosta tanto de bicicleta não deveria ficar, muito menos responder.

            3. Você tem 30 e poucos anos de profissão e ainda “trabalha” em uma empresa? E eu que sou “atrasado”? A minha meta é chegar aos 40 sem depender de emprego, de empresa que só sabe explorar funcionário. Prefiro uma empresa que ninguém conheça e ter um salário e melhores condições de trabalho do que trabalhar numa empresa tão conceituada que nem você fala o nome. É duro acordar cedo, viver trancado 8 horas por dia num lugar que não é seu, aguentar chefe, aguentar funcionário (caso você seja chefe ou dono), e depender de um salário. E se a empresa te mandar embora?

            4. Você, além de não ser meu amigo (e vice-versa), não é dono do seu nariz. Se você tem família (esposa e filhos), eles dependem de você (e talvez vice-versa) – não só financeiramente. Ou eles vivem em outra casa? Ou é só sua esposa que cuida/cuidou das crianças? Eu não tenho nada disso, então eu sim sou dono do meu nariz. E estou ajudando o planeta a não fazer crescer um bolo de 7 bilhões, se não dá nem para quem está aqui, para que aumentar? E outra: isso me isenta de me preocupar com as “gerações futuras”. A sociedade, coletividade não paga minhas contas. Eu pago as minhas contas. Sou ou não sou dono do meu nariz?

            5. Dane-se a cidade. Eu pago imposto, você também paga, então onde foi parar o dinheiro para a segurança, a saúde, o asfalto decente de ruas (e ciclovias)? E não adianta dizer que os carros estragam as ruas, os ônibus da prefeitura fazem coisas piores, assim como a SABESP. E o IPVA/IPTU que pago também ajuda. E não venha com essa conversa de que são “imposto de propriedade”: Talvez seja por isso que nada nesta cidade funciona. Já estou me planejando para, quando possível, dar um pé na bunda desta “casa-de-sogra” chamada “São Paulo”.

            6. Bicicleta é farra, liberdade e diversão. Dá menos trabalho para dirigir. Os bons ciclistas que me perdoem, mas andar na calçada pode, andar na contramão pode, atropelar pessoas, animais (o risco existe), fazer conversão errada pode, pois a impunidade é certa. Se não querem emplacar bicicleta, deveriam multar ciclistas pelo registro de identidade.

            7. Faço o mínimo de atividade física para não enferrujar, não sou sedentário. Não fico suado, e pra fazer exercício nem saio de casa, tenho simulador de caminhada.

            8. Eu não compartilho meu mau-humor com ninguém, principalmente no trabalho (faltou ler o texto), mas se quando chego perto as pessoas se afastam melhor, a solidão não mente, não trai. Infelizmente não é isso que acontece. As pessoas parecem que simpatizam comigo, mas reclamam: “Você é fechado”, “Você quase nunca vai num happyhour”. Sou um dos funcionários mais eficientes – já fui promovido. O que me importa é que elas me respeitam (na minha frente, mas se falarem mal pelas costas, não faz mal, o ser humano é PHD nisso, a SOCIEDADE, a COLETIVIDADE só quer que você fique e cumpra com as obrigações, o sucesso muitas vezes atrai inveja) Mas prefiro que seja assim. Quando vou numa festa/confraternização promovida pela empresa (não posso fugir de tudo), vou como se aquilo fizesse parte do meu trabalho. Vida não é brincadeira.

            9. E o que é saber viver? Cada um vive do jeito que gosta. Tomara que a sua frase esteja errada, senão você deve ter apanhado muito, pois para usar termos tão baixos é porque você é que não respeita a vida dos outros.

            Fique com sua bicicleta. Prefiro ficar sozinho no meu carro, esquecer do mundo, dos problemas, das pessoas, se preocupar só com pedestres, semáforos, motos e bicicletas, se me acha tão “chato”, deveria me agradecer e me esquecer, pois estou e estarei “longe” da sua ciclofaixa. Ah, e NÃO precisa responder (eu tenho a minha opnião, você tem a sua, e nenhuma das duas irá mudar), use o tempo que te resta (claro, vida de funcionário é muitas vezes trabalho, hora extra e trabalho pra casa) para cuidar da sua família. É bem mais produtivo. Não há maneira melhor que ajudar o trânsito do que sair dele. Então, saia de casa só para as necessidades também. RESPEITE A ESCOLHA DE CADA UM. Quanto mais responsabilidades você tiver, mais a vida bate. Por isso muitas vezes aperto o botão do dane-se e prefiro não ter filhos: há responsabilidade maior que ter uma família?

            Quanto ao bom pedal, ao contrário dos maus motoristas (e até de alguns maus ciclistas) que andam com veículos mais pra lá do que pra cá, eu cuido do meu carro. Os pedais de embreagem, freio e acelerador do meu carro estão MUITO BONS, e olha que meu carro não é novo.

            Polêmico. O que acha? Thumb up 7 Thumb down 6

          • insignia

            em item 8: onde está escrito “Você é fechado”, significa: minhas relações com a turma do trabalho ficam na empresa, converso só sobre trabalho. Não dou satisfação da minha vida pessoal a ninguém.

            Polêmico. O que acha? Thumb up 5 Thumb down 7

    • ezequiel

      [Comentário oculto devido a baixa votação. Clique para ler.]

      Esse comentário não tem feito muito sucesso. Thumb up 3 Thumb down 9

    • TLTR HAHAHAHAHAHAHAHHAHA

      Eu tenho CERTEZA QUE ESSA PESSOA ESTARIA BATENDO PALMAS E USANDO A CICLOVIA TODOS OS DIAS se fosse o plano de 400km do Serra, e não do Haddad. Só um palpite.

      Polêmico. O que acha? Thumb up 6 Thumb down 4

  • fernando

    Nova sp esta nascendo e com esta acao criara mais e outros mercados: novas bicicletas tipo citybike, mais bicicletarias, bike eletricas, roupas p ciclistas nao esportistas, estacionamentos, bares especializados e em breve, ate citytour de bike, turismo em 2 rodas.
    Realmente uma atracao. Quem sabe, ao redor das ciclovias nao se desenvolva um urbanismo c jardins e mais verde p estas ruas..

    Comentário bem votado! Thumb up 12 Thumb down 7

Enviar resposta

  

  

  

Você pode usar estas tags HTML

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>