Com infraestrutura, tráfego de bicicletas cresce 37% na Faria Lima, em São Paulo

Apoie nosso trabalho,
doe um libre!
Contagem na Ciclovia da Av. Faria Lima registrou 193 ciclistas por hora no pico da noite. Demanda que não existe? Foto: Gabriel Ionescu

Em contagem realizada em meados desse ano, ciclovia da Av. Faria Lima registrou 193 ciclistas por hora no pico da noite. Foto: Gabriel Ionescu

Uma pesquisa feita pela Companhia de Engenharia de Tráfego (CET), a pedido da Secretaria de Desenvolvimento Urbano de São Paulo (SMDU), mostra que o tráfego de bicicletas na avenida Brigadeiro Faria Lima, zona oeste de São Paulo, cresceu 37% em agosto em comparação a levantamento realizado em abril em dois trechos da avenida.

O primeiro fica entre as ruas Baltazar Carrasco e Cardeal Arcoverde, e o segundo, entre a rua dos Pinheiros e a Diogo Moreira. O número inclui bicicletas compartilhadas, comuns e de carga. O resultado mostra o impacto positivo da infraestrutura cicloviária disponível na Faria Lima, especialmente a ciclovia segregada e, mais recentemente, o bicicletário municipal do Largo da Batata.

Outra verificação realizada pela CET é que o número de empréstimo de bicicletas compartilhadas do Bike Sampa mais que dobrou com a instalação de uma estação próxima ao metrô Faria Lima.

Expectativa de aumento

A Secretaria de Desenvolvimento Urbano de São Paulo (SMDU) espera que esse número aumente em breve. Em abril, o Vá de Bike mostrou os planos da prefeitura de construir dois trechos de extensão da ciclovia da avenida Brigadeiro Faria Lima.

Serão 11,5 km em dois trechos. O do Parque Villa-Lobos vai começar na altura do Ceagesp e irá até o Largo da Batata, que já conta com uma estrutura provisória que será adequada. Na outra ponta, a ciclovia vai começar onde termina a atual (na altura da avenida Cidade Jardim) e seguirá até a avenida Hélio Pellegrino, na esquina com a avenida República do Líbano, próximo ao Parque do Ibirapuera.

Segundo fontes da secretaria, os dois novos trechos respeitarão o mesmo padrão de tamanho e sinalização do já existente. As obras são parte de uma exigência legal da Operação Urbana Consorciada Faria Lima, como contrapartida ambiental das obras que foram realizadas na região e estão a cargo da Secretaria de Coordenação das Subprefeituras.

Construa o caminho e os ciclistas virão.

Gostou da matéria? Doe um libre
e ajude nosso projeto a continuar!

4 comentários para Com infraestrutura, tráfego de bicicletas cresce 37% na Faria Lima, em São Paulo

  • vando ferreira

    oi amigos de bike como faço para participa de um passeio para o litoral de bike .pois ja andei mais de 10000 km . 2400 em 15 dias indo e voltando, casa a trabalho

    Thumb up 0 Thumb down 0

  • Aruan Rodrigues

    Ola amigos, como faco pra reivindicar uma ciclovia ni Canteiro da Av Brasil, seria importantisssimo, ligaria o PArque Ibirapuera com a Ciclovia da Sumare, !!! sabem se jah existe projeto pra ciclovia na Brasil !!!?? Grato !!!!

    Thumb up 3 Thumb down 0

  • Anderson

    Se o novo trecho for realmente implementado, a ciclovia da Eliseu ficar pronta e a Av. Politécnica ganhasse uma ciclovia descente no canteiro central, essa ciclovia iria bombar, é o verdadeiro corredor viário até o Ibirapuera, relativamente plano e com muitas possibilidades de conexões. Se a prefeitura cuidasse disso com carinho, teríamos uma visibilidade enorme sobre o retorno de bons projetos de ciclovias.

    Thumb up 2 Thumb down 0

  • eu

    É… o trecho da av. dr. gastão vidigal (começa perto do centro de distribuição dos correios, passa pelo ceagesp e vai até o pq vila lobos) já está concluído e faz tempo! Talvez falte alguma coisinha na sinalização em alguns cruzamentos, mas já está “pedalável” faz algum tempo… uso esse trecho faz algum tempo e noto que cada vez mais gente está pedalando por lá…. sinceramente, já daria para inaugurar o trecho…. pois ele está muito bom para o pedal!

    O trecho entre o pq vila lobos e a praça pan americana é que tem alguns pontos em obras, com a contrução da segunda pista no canteiro central.

    Ps: a ciclovia ali revitalizou a região do ceagesp! Canteiro central, que antes era largado, agora tem ciclovia, recebeu paisagismo, a mini crackolândia quase sumiu dali, etc… para ficar top mesmo só falta melhorar a iluminação em alguns pontos…

    Comentário bem votado! Thumb up 8 Thumb down 0

Enviar resposta

Você pode usar estas tags HTML

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>