Pressão de moradores e trabalhadores da região obrigou CET a aumentar tempo de travessia para pedestres. Foto: Rachel Schein

Mobilização conquista maior tempo de travessia em avenida de São Paulo

Designer que encabeçou petição online apostou na pressão social para forçar órgão de trânsito a cumprir sua obrigação de priorizar a proteção ao pedestre.

Pressão de moradores e trabalhadores da região obrigou CET a aumentar tempo de travessia para pedestres. Foto: Rachel Schein
Pressão de moradores e trabalhadores do Jaguaré, zona oeste de São Paulo, obrigou CET a aumentar tempo de travessia para pedestres. Foto: Rachel Schein

Há dois anos, o designer Daniel Graf faz, todos os dias, o mesmo trajeto da sua casa no Cambuci, centro de São Paulo, até o trabalho nas imediações da ponte do Jaguaré, zona oeste da cidade. Utilizando ônibus e metrô para se deslocar, ele costumava encontrar diariamente o mesmo problema para realizar a travessia da avenida Queiroz Filho, à saída da ponte. O tempo do semáforo para pedestres era curto demais, e o volume de pessoas para atravessar é sempre grande nos horários de pico. Essa combinação fazia com que muitos pedestres ficassem “ilhados” por longos minutos no canteiro entre as duas pistas da avenida aguardando o próximo sinal verde.

Incomodado com essa falta de respeito institucional com quem se desloca a pé, Graf resolveu criar uma petição online para aumentar o tempo de travessia. A ação, que contou com campanha na internet e cartazes colocados nas imediações da ponte, mobilizou trabalhadores e moradores do bairro e conseguiu levantar 704 assinaturas. O pedido foi enviado à CET (Companhia de Engenharia de Tráfego de São Paulo) e à Subprefeitura da Lapa. Após dois meses de espera, veio o resultado da mobilização: Daniel Graf recebeu um email da CET dizendo que o tempo de travessia seria aumentado e que haveria monitoramento no local.  O Vá de Bike foi conferir mais essa conquista da sociedade civil.

Assista abaixo à videorreportagem.

1 comentário em “Mobilização conquista maior tempo de travessia em avenida de São Paulo

  1. Isto foi um bom exemplo de ação social que deve ser copiado. E em seguida, Daniel e Renata, fizeram petição para iluminar a praça ao lado da travessa e a Estação Villa-Lobos Jaguaré da CPTM, que também foi um sucesso. A praça agora tem iluminação. Há muita coisa a ser feita no local, como a travessia de ciclistas pela ponte, que é ao lado. Isto é um exemplo de que uma coisa puxa outra. E assim vamos melhorando o nosso ambiente.

    Thumb up 3 Thumb down 0

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *