Conheça o projeto que coloca cegos para pedalar há mais de 10 anos (com vídeo)

Atividade completa 10 anos este mês. Foto: Divulgação DV na Trilha

Atividade completou 10 anos em dezembro de 2014. Foto: DV na Trilha/Divulgação

Em 2004 um grupo de ciclistas voluntários de Brasília se reuniu para compartilhar a experiência de pedalar com deficientes visuais e promoveram o evento “Neste Natal vai dar pedal para o deficiente visual”. No ano seguinte a pedalada inclusiva se transformou no projeto social DV na Trilha, que comemorou em dezembro de 2014 o seu décimo aniversário. A psicóloga Simone Cosenza, voluntária e uma das idealizadoras do DV na Trilha fala com entusiasmo sobre as realizações do projeto. “É muito gratificante ver o projeto crescer. Dividir a sensação de pedalar com quem não poderia fazer isso por própria conta é algo maravilhoso.”

O DV na trilha conta com mais de 20 bicicletas tandem - um modelo específico onde duas pessoas pedalam simultaneamente e quem vai a frente faz a condução da bicicleta. Todas são fruto de doações ou foram compradas com recursos vindos de concursos culturais. “Participamos de um concurso promovido pela Volkswagen que premiava iniciativas sociais. Ganhamos um prêmio em dinheiro que nos permitiu comprar cinco novas bicicletas e novos uniformes”, conta Simone.

O projeto acontece quinzenalmente e para participar é preciso entrar na lista de espera, que hoje possui cerca de 30 pessoas. “Nosso foco é a inclusão social de deficientes visuais por meio de prática do ciclismo”, destaca Simone.

Veja dicas para conduzir uma tandem junto com um deficiente visual, neste relato de Willian Cruz

Foto: Divulgação/DV na Trilha

Foto: DV na Trilha/Divulgação

Superação

O DV na Trilha registra diversas histórias de superação. Uma que se destaca e que até virou livro foi a viagem de bicicleta de Brasília a Paraty realizada pelo ciclista Weimar Pettengil e o deficiente visual Adauto Belli. A viagem começou quando Weimar entrou em contato com o DV na Trilha para saber se algum deficiente visual toparia pedalar a distância de 1800 kilometros que separam as duas cidades. Adauto topou.

Em novembro de 2012 o projeto viveu um momento bem difícil, mas que de acordo com Simone, foi também o momento de confirmação sobre a consolidação da participação da sociedade nas atividades. “Invadiram o local onde guardamos as bicicletas e depredaram tudo. Como não conseguiram levar as bicicletas por causa do tamanho, quebraram as peças e destruíram os acessórios. Usei as redes sociais para informar sobre o ocorrido e suspender as atividades. A partir desse comunicado, diversas pessoas e empresas se movimentaram e em menos de duas semanas já tínhamos o valor suficiente para comprar as peças e ainda conseguimos comprar novas bicicletas.”

Bike Anjo

Em Aracaju, a rede Bike Anjo também realiza oficinas com cegos no Parque da Sementeira, todo último domingo do mês a partir das 15hs. Assista ao vídeo com o depoimento sobre a experiência das primeiras pedaladas da Mariana.


7 comentários para Conheça o projeto que coloca cegos para pedalar há mais de 10 anos (com vídeo)

Enviar resposta

  

  

  

Você pode usar estas tags HTML

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>