SP: Bicicletários da Linha Amarela do Metrô precisarão de cadastro em site para serem utilizados

Bicicletário superlotado da estação Butantã do metrô. Foto: Daniel Guth

Bicicletário superlotado da estação Butantã, administrado pela Via Quatro. Foto: Daniel Guth

A partir de 18 de setembro, o ciclista que precisar utilizar um dos bicicletários da Linha 4-Amarela do Metrô de São Paulo, operada pela ViaQuatro, deverá ter feito um pré-cadastro por meio do site da concessionária, preenchendo dados pessoais e aceitando o termo de uso. Depois, o usuário deverá apresentar a um funcionário do bicicletário documento original com foto, comprovante de residência e o número de protocolo gerado no pré-cadastro, feito pela internet.

A medida tem como objetivo implantar a biometria, para que nas próximas vezes o usuário tenha acesso ao local utilizando-se apenas dessa tecnologia. Segundo a assessoria da ViaQuatro, a nova regra pretende aumentar a segurança dos usuários. Com o cadastro, também haverá um registro de acesso, gerando um histórico de utilização.

A ideia parece boa, mas pode complicar a vida de ciclistas eventuais, de pessoas que não saibam da nova regra e de turistas que porventura precisem utilizar os serviços. De acordo com a assessoria, esses usuários podem procurar o SSO da Estação, após preencher o cadastro no site por meio de seu smartphone.

Para saber mais detalhes e fazer seu cadastro, visite esta página.

Locais, horários e regras

A ViaQuatro mantêm três bicicletários, que totalizam 359 vagas. São eles:

  • Estação Butantã (150 vagas): 6h às 22h, diariamente
  • Estações Pinheiros (123 vagas): de domingo a sexta, das 4h40 à meia-noite; sábados das 4h40 à 1h
  • Fradique Coutinho (86 vagas): de domingo a sexta, das 4h40 à meia-noite; sábados das 4h40 à 1h

As bicicletas devem ser presas com correntes e travas dos próprios ciclistas, que também ficarão responsáveis pela chave.

É permitido guardar a bike por até quatro dias. Depois deste período, o veículo é retirado do bicicletário e fica guardado por 60 dias em um galpão da empresa.

Superlotação do bicicletário Butantã

Em 2014, o bicicletário da estação Butantã já registrava superlotação. A própria ViaQuatro reconheceu à época que a estrutura era insuficiente para a demanda. “A demanda por vagas nesse bicicletário aumentou de forma considerável após a abertura da ciclovia da avenida Eliseu de Almeida”, disse a concessionária na ocasião.

De acordo ainda com esta avaliação, os moradores trocaram o automóvel ou linhas do transporte coletivo para utilizar a bicicleta neste percurso.


1 comentário para SP: Bicicletários da Linha Amarela do Metrô precisarão de cadastro em site para serem utilizados

Enviar resposta

  

  

  

Você pode usar estas tags HTML

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>