Iniciativas que promovem o uso da bicicleta no Brasil serão premiadas na Holanda

Esse ano, os vencedores de cada uma das 3 categorias serão levados à Holanda para receber o prêmio.

Esse ano, os vencedores de cada uma das 3 categorias serão levados à Holanda para receber o prêmio.

Todo ano a Transporte Ativo (TA) premia iniciativas que promovem o deslocamento em bicicleta nas cidades brasileiras. Mas esse ano a premiação tem uma bela novidade: os vencedores serão levados à Velo-City 2017, que acontece em junho, na Holanda.

A premiação “A Promoção da Mobilidade por Bicicleta no Brasil” está em sua quarta edição. Em 2014, o Vá de Bike foi selecionado como vencedor na categoria “ação educativa e de sensibilização”, pela qualidade, impacto e resultado de nosso trabalho, um reconhecimento que recebemos com muito orgulho. Mas nesse ano, mais do que reconhecimento, os vencedores ganharão o mundo.

O prêmio principal de cada uma das 3 categorias será a participação de uma pessoa da iniciativa premiada na conferência Velo-City 2017, em Arnhem e Nijmegen, na Holanda, com todas as despesas pagas. Cada categoria terá no total duas menções honrosas e um grande prêmio para a melhor iniciativa.

O que é a Velo-City
Uma conferência de planejamento cicloviário mundialmente respeitada, unindo milhares de especialistas que compartilham suas experiências sobre o uso da bicicleta como meio de transporte urbano.

A Velo-City ocorre anualmente. Nos anos ímpares, é sediada sempre em um país europeu e tem abrangência "local", tratando geralmente apenas da Europa e com foco na região onde é organizada. Nos anos pares, é chamada de Velo-City Global e tem abrangência mundial, atraindo especialistas de todo o planeta em discussões de altíssimo nível.

Mais informações, em inglês, no site da Federação Europeia de Ciclistas.
Além da participação no Velo-City 2017, a maior conferência mundial para quem promove o uso da bicicleta, cada premiado terá ainda um encontro com especialista(s) em suas determinadas áreas. Ou seja, além da oportunidade de compor a maior delegação brasileira no Velo-City até hoje, representantes do que se fez de melhor em prol da bicicleta no Brasil poderão construir pontes com iniciativas internacionais em suas áreas e, esperamos, expandir seus caminhos para fazer mais e melhor por quem pedala.

O Vá de Bike estará na conferência, trazendo destaques do evento, fotos, transmissões ao vivo e mostrando a infraestrutura e a cultura da bicicleta em um dos países onde ela mais é usada no mundo.

Seja rápido!

As inscrições vão até 9 de abril (domingo) e os resultados serão divulgados no dia 24 deste mês, sendo a entrega do troféu feita durante a estadia na Holanda.

As categorias são:

  • Ação educativa e de Sensibilização
  • Levantamento de dados e pesquisas
  • Empreendedorismo

Inscreva-se aqui

velo-city 2017 logo


7 comentários para Iniciativas que promovem o uso da bicicleta no Brasil serão premiadas na Holanda

  • Fernando Moreira

    Uso diariamente para ir de casa na Penha ao trabalho na Ilha do Fundão. Aproximadamente 25 quilômetros ida e volta. Não vejo muitos problemas com relação a desrespeito por parte dos motoristas, quando não tem ciclovia, apenas alguns que dizem que tenho que andar na calçada (sic!). Mas acho que o problema é que foi investido muito em ciclovias na Zona Sul e quase nada na Zona Norte, inibindo o seu uso para o trabalho.

    Thumb up 2 Thumb down 0

    • Carlos

      Como carro, pedestres e ciclistas necessitam de infraestrutura para suas mobilidades. Imagine se os carros tem que andar em estradas e ruas de terra ?

      Thumb up 0 Thumb down 0

  • Luiz paulo peaguda

    Uso a bike apenas para fazer exercício geralmente aos domingos,rodo uns 25 km , me ajuda bastante na parte da circulação sanguínea,digestão em tudo relacionado ao metabolismo do corpo.Moro em Barretos-SP, e aqui tem pouco ciclovia, andamos aos domingos devido o pouco movimento nas estradas vicinais do municipio.As ruas têm muitos buracos e tambem quando são tampados ficam irregulares,deixando à desejar ou dificultando seu trajeto,muitos motoristas não respeitam à distância 1,5m da bicicleta,faltando ai a educação no trânsito.

    Thumb up 0 Thumb down 0

  • Fernanda Messore

    Olá pessoal,

    No Rio precisamos muito de mais ciclovias, segurança e respeito no trânsito, todas as ideias que visem educação no trânsito seriam incríveis.

    Vou e volto do trabalho 4x ao dia em bicicleta e o meu maior medo é morrer atropelada (mais que ser assaltada que é o segundo), ninguém respeita o ciclista, jogam o carro mesmo em cima, ninguém sabe o que é 1.5m de distância que o carro deve manter, a violência que a cidade vive se reflete diariamente no trânsito!

    Semana passada um carro parou na ciclovia, eu para desviar escorreguei e cai no chão, o motorista saiu do carro e perguntou: “Você caiu?”, e eu respondi no chão: “Parece que sim né?”, pois bem ele voltou para o carro e foi embora!!!! Sério ele foi embora!!! De novo ele foi embora!!! Não pediu desculpas, não me socorreu, não me ajudou a levantar, não viu se eu estava bem, nada: ELE SIMPLESMENTE FOI EMBORA!

    Como pode o Rio sediar um evento tão importante de ciclismo, o Velo City, se até hoje não consertaram e nem reabriram a ciclovia que caiu, isso mesmo, a cidade que deixou uma ciclovia cair vai sediar um evento de ciclismo?

    Depois dessas informações acima, sem mais no momento,
    Abraços,
    Fernanda Messore Amaral
    Fernanda

    Thumb up 0 Thumb down 0

  • EDGAR DE MENEZES SILVA

    moro em santa maria df ,Brasilia tenho um projeto de escolinha de ciclismo de bicicross na cidade para menino (a) incentivando a pratica do esporte e mostra que da para ser locomove na cidade e simples mais vale

    Thumb up 1 Thumb down 0

  • Ronaldo Brunelli

    Idéia:
    – Toda empresa remunerar seus funcionários que se deslocarem de bicicleta e afins para o trabalho, sem chegar atrasado no periodo mensal o valor do VALE-TRANSPORTE EM DINHEIRO mais um premio a ser estabelecida pela mesma.O que vai acarretar:
    – Melhor desempenho no trabalho.
    – Melhora na saude fisíca e mental.
    – Desafogamento do transito nos centros urbanos entre outros beneficios.
    – Descongestionamento nos estacionamentos das empresas e ruas.

    Ronaldo Brunelli.

    Thumb up 3 Thumb down 0

    • Carlos

      Isto existe lá fora, aqui no VáDeBike já mostrou matérias sobre isto. O grande problema é implantar aqui no Brasil São Paulo. Creio que tem que haver estímulo ou demanda para isto, e o mais importante é aumentar a quantidade de pessoas que usam a bicicleta como meio de transporte.

      Thumb up 0 Thumb down 0

Enviar resposta para Fernanda Messore Cancelar resposta

Você pode usar estas tags HTML

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>