Um documentário emocionante e absolutamente necessário!

Assista na íntegra o documentário “Luto em Luta”

Com cenas fortes e depoimentos contundentes, filme mostra a barbárie que vivemos no trânsito e muitos motivos para mudar essa situação.

Algumas das mudanças com a nova Lei Seca. Imagem: Globo/Reprodução

Em dezembro de 2012 a presidenta Dilma Rousseff sancionou a nova Lei Seca, que promete ser mais rígida com quem for flagrado embriagado ao volante. As regras já estão valendo para todo o Brasil.

Mas as alterações foram duramente criticadas pelos integrantes do Movimento Não Foi Acidente que já colheram mais de 800.000 assinaturas e divulgaram uma nota de indignação em relação a alguns pontos da nova lei.

“A pena para quem mata no trânsito continua a mesma, desta forma, mais mortes acontecerão e ninguém será preso. Vidas inocentes continuarão sendo ‘pagas’ com cestas básicas, serviços à comunidade e fianças. Perpetuará a discussão se o crime é culposo ou doloso, empurrando o processo por anos e anos, o que só beneficia os criminosos”, diz o texto.

Um documentário emocionante e absolutamente necessário!

Documentário

Nesse contexto, o documentário “Luto em Luta”, sobre o qual já falamos aqui, traz a importância de haver seriedade e responsabilidade ao habilitar uma pessoa para dirigir. Produzido pelo Movimento Viva Vitão, em parceria com a Like Filmes, foi finalmente disponibilizado na íntegra na internet.

Você pode ver o filme aqui, mais abaixo nesta página. Assista, divulgue, compartilhe. Vale a pena mostrar aos familiares e amigos, principalmente os que utilizam o automóvel de maneira inadequada nas ruas de nossas cidades.

Em setembro deste ano, o doc entrou em cartaz nos cinemas de São Paulo e levou para as telonas as histórias de vidas e famílias dilaceradas pela violência e impunidade no trânsito. Entre as tragédias, as das ciclistas atropeladas na Avenida Paulista (Juliana Dias e Márcia Prado) e as de Vitor Gurman e de Bruna e Miriam Baltresca, atropelados na calçada por motoristas embriagados.

A realidade de quem pedala também foi retratada no filme. Imagem: Reprodução

Com mais de 1h de filme, o longa-metragem é dividido em três partes: Barbárie, Luto e Luta. Expondo com muitos depoimentos contundentes e imagens fortes de acidentes, algumas das causas e as principais conseqüências da tragédia diária que mata mais pessoas no trânsito do que em guerras.

Em Barbárie, recortes do nosso cotidiano e a realidade cruel a qual estamos expostos, além de um panorama da atual situação do trânsito na cidade de São Paulo. O Luto traz depoimentos de vítimas, familiares e pessoas que perderam parentes e amigos em “acidentes” de trânsito. E em Luta, as histórias de dor e superação de quem vivenciou perdas irreparáveis e como conseguiram transformar o sofrimento em trabalho pela mudança. São ONGs, movimentos, associações e iniciativas de cidadãos que não esperam atitudes do poder público para se manifestar e lutar por um trânsito mais humano e uma cidade mais justa para todos.

Temos todos um papel FUNDAMENTAL na pressão pela mudança desse cenário de caos e terror nas cidades brasileiras, seja melhorando as nossas próprias atitudes, seja com participação e voz ativa nas decisões políticas.

Assine a petição pública que pede um Projeto de Lei para acabar com a impunidade no trânsito brasileiro

Veja também
Limites de velocidade não são feitos para render multas

Carros ou pessoas? Lições a aprender com Nova York

Documentário mostra a relação de ciclistas com a cidade e como melhorá-la

Saiba quem foi Márcia Prado e como foi morta na Av. Paulista

6 comentários em “Assista na íntegra o documentário “Luto em Luta”

  1. Excelente documentário, e muito pertinente o comentário de Heródoto Barbeiro: o jornalismo, como tem o compromisso público de ser didático, deveria veicular mais ações educativas para poder melhorar a sociedade !

    Thumb up 1 Thumb down 0

  2. Excelente documentário,,,que deveria ser apresentado em horário nobre de Novela….pq uma gde maioria nem tem paciencia de assistir até o final,,,,uma pena,,,,pq a sociedade está cd vez mais embotada,,,,num cotidiano…de violência que já se tornou corriqueiro.

    Thumb up 2 Thumb down 0

  3. Embora longo o filme é maravilhoso, tão cristalinamente claro que deveria ser amplamente exibido durante
    o horário nobre, nos trailers dos cinemas, nas escolas…

    Thumb up 2 Thumb down 0

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *