Em Brasília, Rodas da Paz vai convocar candidatos a se comprometerem com mobilidade urbana

ONG Rodas da Paz, junto com outros movimentos, elaborou documento com pontos-chave de mobilidade urbana, que será apresentado aos candidatos das próximas eleições em Brasília.

biciurnaSe em outras eleições movimentos buscavam candidatos mais abertos ao tema da mobilidade urbana para esboçar uma discussão, a campanha desse ano promete ser pautada de forma mais direta por ciclistas e grupos ligados à vida na cidade. Em Brasília, a ONG Rodas da Paz, junto com outros movimentos, como o Nossa Brasília, elaborou um documento com pontos-chave de mobilidade urbana que será apresentado aos candidatos das próximas eleições. É a primeira vez que uma ação desse tipo, direcionada a todos os candidatos, é feita no Distrito Federal, de acordo com Renata Flor, secretária institucional da Rodas da Paz.

Investimentos recentes concentrados em túneis, viadutos e ampliações viárias são alguns dos pontos questionados no documento, que confronta o modelo rodoviarista e propõe alternativas para melhorar a gestão da mobilidade urbana, com propostas específicas para candidatos ao Senado e Câmara dos Deputados, e para os candidatos a Deputado Distrital.

Segundo o Plano Diretor do Transporte Urbano do Distrito Federal, de 2011, o DF vai “parar” em 2020. Medidas para mudar a forma de gestão foram propostas no documento, que se direciona com itens específicos para o Executivo e para o Legislativo. Pontos sugeridos pelos movimentos envolvem modernização e transparência na gestão do orçamento do transporte público, educação para o trânsito, inclusão da bicicleta nas novas obras viárias e nas reformas das vias e humanização do trânsito, com redução dos níveis de velocidade.

Com a carta, os movimentos do Distrito Federal esperam fomentar o debate público entre candidatos e população. “A carta foi preparada em um encontro aberto com mais de 50 pessoas, no dia 19 de julho, envolvendo movimentos ligados à defesa da cidade”, conta Renata. A proposta dos movimentos é qualificar o debate eleitoral, pautando melhor a discussão e ampliando a representatividade da população.

Até as eleições, uma série de eventos está sendo preparada para que os candidatos participem de atividades propostas pela Rodas da Paz, assinem o documento e, durante os encontros com a população, utilizem o transporte público e a bicicleta. “Dois candidatos a governador estão preparando a atividade de assinatura da carta e alguns candidatos a deputado distrital já assinaram”, diz Flor. A entidade criou o email eleicoes@rodasdapaz.org.br para facilitar o diálogo com os candidatos em campanha.

A carta completa com propostas para os candidatos pode ser lida aqui.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *