Lançamento do mapa de Ciclorrotas de São Paulo

Não, essa não é a sinalização de uma Ciclorrota. É só uma brincadeira que alguém fez com uma placa que sinaliza o sentido dos ônibus no corredor da Av. Sto. Amaro. Foto: Willian Cruz/Vá de Bike

O mapeamento das Ciclorrotas (ou Ciclo-rotas) de São Paulo está concluído. O contrato foi assinado em abril e cumprido com agilidade. A pesquisa foi realizada pelo Cebrap, em parceria com a Secretaria Municipal de Esportes, Lazer e Recreação (SEME) e com o apoio técnico da TC Urbes.

O que é esse mapeamento?

Com o entendimento de que o melhor trajeto para a bicicleta raramente é o mesmo utilizado para os carros, o projeto mapeou os melhores caminhos para o ciclista na área conhecida como centro expandido da cidade de São Paulo.

A partir de um amplo levantamento de informações, coletadas principalmente por ciclistas experientes que mapearam as ruas pedalando, as vias foram selecionadas e compiladas em um banco de dados. As informações foram georreferenciadas e o mapa foi produzido e editado. Saiba mais.

As ciclorrotas cruzam os bairros e passam por perto de pontos de interesse público, como estações de metrô e trem, equipamentos culturais e outras referências urbanas, ajudando na escolha dos caminhos.

Sinalização de solo na Ciclorrota do Brooklin. Foto: Ciclocidade

Sinalização

Esse projeto é uma iniciativa à parte da Ciclorrota do Brooklin, que é uma implementação prática. Nesse projeto, há apenas o mapeamento, sem alterações no viário ou sinalização específica.

A expectativa é que esse mapeamento sirva de ponto de partida para sinalizar a circulação de bicicletas em toda a cidade. Mas sinalizar é muito importante, tanto para indicar ao ciclista que caminho seguir quanto para sinalizar aos motoristas a presença da bicicleta nas vias e seu direito de circulação.

O Vá de Bike já publicou um artigo sobre a importância dessa sinalização, comentando o motivo para esse projeto consistir apenas de um mapeamento. Precisamos cobrar da Prefeitura e da CET que essa sinalização seja implementada. Um caminho para começar é entrar em contato com o Ombudsman da Companhia de Engenharia de Tráfego.

Lançamento e monitoria

No próximo sábado, dia 29 de outubro, será lançado o mapa das ciclorrotas.  Haverá sessões de monitoria nos próximos três finais de semana (de 29 de outubro a 13 de novembro) para divulgar as rotas aos ciclistas. Também serão feitos encontros sobre dicas de mecânica e manutenção da bicicleta.

As sessões de monitoria têm duração aproximada de 3 horas e consistem em apresentações do mapeamento, explicações sobre normas de trânsito e dicas de segurança, finalizando com passeios monitorados pelos caminhos mapeados.

Veja a programação do primeiro final de semana. Note que haverá pedaladas em grupo saindo não só da sede do Cebrap, como também de parques

Horário 29/out – SÁBADO 30/out – DOMINGO
9h às 12h30 Apresentação do mapa das ciclorrotas. Das 9h às 10h30.
Local: Auditório do Cebrap (mapa)
Sessão 6: Saída do Parque Ibirapuera.
Pedalada para Jardim Paulista, Consolação e Bela Vista
Sessão 1: Saída do Cebrap (mapa)
Pedalada para Vila Mariana e Liberdade (saída excepcionalmente às 10h30)
Sessão 7: Saída do Parque Villa Lobos.
Pedalada para Alto de Pinheiros, Vila Leopoldina e Lapa
Sessão 2: Saída do Cebrap (mapa)
Pedalada para Vila Mariana e Moema (saída excepcionalmente às 10h30)
Sessão 8: Saída do Parque da Luz.
Pedalada para Bom Retiro e Santa Cecília
14h30 às 17h30 Sessão 3: Saída do Parque Ibirapuera.
Pedalada para Vila Mariana e Liberdade
Sessão 9: Saída do Parque Ibirapuera.
Pedalada para Jardim Paulista, Consolação e Bela Vista
Sessão 4: Saída do Parque Villa Lobos.
Pedalada para Alto de Pinheiros e Pinheiros
Sessão 10: Saída do Parque Villa Lobos.
Pedalada para Alto de Pinheiros e Pinheiros
Sessão 5: Saída da Praça do Ciclista (mapa)
Pedalada para Consolação e Perdizes
Sessão 11: Saída do Parque da Luz.
Pedalada para República e Sé

As vagas nas sessões de monitoria são limitadas, por isso é necessário se inscrever. Envie um e-mail com nome completo e identificação da sessão que você deseja acompanhar para ciclo.rotas@cebrap.org.br. Nos vemos por lá!

Prestigie essa iniciativa que busca melhorar a vida dos ciclistas em São Paulo. Compareça, acompanhe, divulgue! E cobre da CET a sinalização dessas rotas, oficializando a presença dos ciclistas nas vias, como já foi feito no Brooklin. Uma cidade melhor depende de todos nós.


14 comentários para Lançamento do mapa de Ciclorrotas de São Paulo

  • Fabricio Semmler

    Esse mapa simplificado já me ajuda imensamente no trajeto para a faculdade. Com certeza chegarei menos cansado e mais feliz agora, passando por ruas mais tranquilas. Mal posso esperar para ter acesso ao mapa completo.

    Thumb up 1 Thumb down 0

  • Gui

    Oi Willian, há um mês troquei o carro pela bike, até pq moro perto do trabalho. Não podia ter feito escolha melhor. Neste fim de semana percebi que algumas ruas do meu bairro (Moema) estão com uma parte da faixa da esquerda pintadas em vermelho e branco. Imaginei ser uma ciclofaixa, é isso mesmo? As vagas de zona azul que ficam sobre a faixa serão desabilitadas? Um abraço

    Thumb up 0 Thumb down 0

    • Willian Cruz

      Sim, é uma ciclofaixa. São duas ruas em Moema, mais algumas vias sinalizadas como compartilhamento. As vagas de zona azul serão sim desativadas. Inaugura em novembro. Estou para escrever sobre isso por aqui.

      Thumb up 0 Thumb down 0

  • Guilherme

    Tem esse mapa, beeem simples, http://www.estadao.com.br/especiais/2011/10/OE-ciclorrotas.pdf

    Parece que o mapa oficial, que dê para acessar pela net (tmb vão distribuir ele no metrô, etc), só vai sair lá pro final de novembro… bom, esse pdf já quebra um galho enquanto não sai o oficial, rs.

    Thumb up 1 Thumb down 0

  • Renata

    Boa Tarde

    Somos da loja de bicicletas Ciclo Rio Cavado, gostaria de saber alguns mapas da ciclo Rotas, para distribuirmos aos nossos clientes .

    Grata

    Renata Oliveira

    Thumb up 0 Thumb down 0

  • Augusto

    Vão disponibilizar esse mapa online??

    Thumb up 0 Thumb down 0

  • Adriano Bacalá

    “A pesquisa foi realizada pelo Cebrap, em parceria com a Secretaria Municipal de Esportes, Lazer e Recreação (SEME) e com o apoio técnico da TC Urbes.”
    Reparem que a questão do ciclismo urbano ainda é tradada como RECREAÇÃO. Quando que será tradada pela Secretaria de Transportes?

    Thumb up 1 Thumb down 0

  • rafael

    Bom ver que existe gente boa nesse Brazil, continue o maravilhoso trabalho !

    Thumb up 1 Thumb down 0

  • Guilherme

    Rapaz…. não é que o negócio saiu no prazo? Parabéns ao pessoal envolvido!

    Agora resta ver como ficou o mapa e cobrar a CET!

    Ah, e tem alguma chance do mapa ser integrado em algum google maps da vida ou com algum aplicativo para android? Isso seria bem bacana!

    Thumb up 1 Thumb down 0

  • alexandre gregorio

    PORQUE NÃO TEM CICLORROTA NA ZONA LESTE?
    PORQUE SEMPRE SOMOS A ULTIMA OPÇÃO?
    LEMBREM-SE QUE A MAIOR POPULAÇÃO DE CICLISTAS É AQUI NA ZONA LESTE!
    PORQUE?

    Thumb up 0 Thumb down 0

    • Willian Cruz

      Alexandre, a cidade toda foi mapeada, dentro do chamado “centro expandido”. Há bairros fora dessa área tanto no leste, como no norte, sul e oeste. Esse é um trabalho inicial que pode ser expandido futuramente, depende principalmente da aceitação, divulgação e utilização que o mapeamento terá entre os ciclistas.

      Melhor limitar ao centro expandido mas o trabalho sair, do que exigirmos que logo de início contemple a cidade toda e ele fique em alguma gaveta por ser considerado inviável. Agora é trabalhar em cima do que foi feito.

      Thumb up 1 Thumb down 0

  • Mei

    EU ACHEI OTIMO, POR FAVOR NAO ESQUECE DE DIVULGAR OS DA OUTRAS SEMANAS, ESSA EU NAO PODER PARTICIPAR. ASSIM MAIS PESSOAS SABERAO AS ROTAS E TERAO CORAGEM DE SE LOCOMOVER POR BIKES. INCLUSIVE EU !!!

    Thumb up 1 Thumb down 0

Enviar resposta

Você pode usar estas tags HTML

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>