As diferenças de uma bicicleta dobrável

O vídeo abaixo foi produzido para um concurso, que daria como prêmio uma bicicleta dobrável. O Vá de Bike não levou a bicicleta, mas os leitores ganharam uma matéria audiovisual que explica bem o que esperar de uma bike desse tipo e suas diferenças em relação às bicicletas convencionais. Também passamos algumas dicas de utilização que são específicas das dobráveis, tudo intercalado com filmagens nas ruas e exemplos práticos do que está sendo explicado. Assista e opine! :)

Dicas para o ciclista urbano
1Como se manter seguro

2Pedalando para o trabalho (vídeo)

3Não pedale na contramão

4Ocupe a faixa

5Cuidado com as portas

6O que diz o Código de Trânsito

710 dicas para os dias de chuva

8E se a empresa não tem chuveiro?

97 truques para as subidas mais difíceis

107 cuidados para pedalar de madrugada

11Medo de pedalar nas ruas?
Chame um Bike Anjo!


104 comentários para As diferenças de uma bicicleta dobrável

  • Taiane

    Muito bom este vídeo, tirou todas as dúvidas que eu tinha e me fez decidir por adquirir uma dobrável. Obrigada!

    Thumb up 2 Thumb down 0

  • Michelli

    Verdade, Vinicius. Já estou pesquisando bastante para ver qual delas seria ideal pro meu cotidiano. Estou fortemente inclinada à comprar uma Soul D70, acho que ela seria bem utilizada na minha cidade litorânea.

    Thumb up 0 Thumb down 0

  • Michelli

    Poxa, as bikes da Dahon estão em média R$ 1.800,00. Quero ver pagar isso com salário de estagiária!
    Confesso que estou com dúvidas mortais em relação às várias marcas.

    Thumb up 1 Thumb down 0

  • Manuela

    Olá Willian,

    moro em Salvador, e como todos sabem é uma cidade com muitas ladeiras. Você acha uma bike dobrável indicada no meu caso, ou seria melhor pra mim um comum de aro 26”?

    Obrigada desde já.

    Thumb up 1 Thumb down 0

    • Manuela, a principal vantagem da bicicleta dobrável é que ela pode ser dobrada, permitindo embarcar no transporte público, levar para dentro de casa ou do escritório, colocar no porta-malas do caro, etc. Se você não precisa dessa funcionalidade, melhor optar pela aro 26.

      Thumb up 2 Thumb down 0

    • Manuela, sou usuário de dobrável aro 20 ha 4 anos, logo de ter tido durante mais de 15 anos MTB aro 26, e posso dizer que é o melhor para subir ladeira mesmo sem ter 3 discos no pé de vela, ou seja só 7 marchas, ela consegue subir ladeiras que é uma beleza, tanto que consigo subir ladeiras com a minha filha atrás sem ter que me levantar do banco e quase sem suar. Aro 26 implica maior força de torque a ser feita e por tanto precisa mais marchas obrigatoriamente, com só 6 ou 7 marchas não daria para pedalar sem se levantar do banco ou sem suar. A unica desvantagem em quanto a ladeira do aro 20 é 1. nos buracos, onde a roda tem mais possibilidade de ficar presa ou fazer sentir os golpes, e 2. nas descidas onde o aro 26 consegue maior velocidade final. Esse tamanho de aro também soma peso à bike junto com as marchas a mais e o quadro maior. todo esse conjunto a faz mais pesada e não compensa as marchas a mais e velicidade final maior em cidades com tanto transito e más estruturas viarias.

      Thumb up 1 Thumb down 0

  • Anna

    OlA wILLIAN,
    Muito bom, muito didatico o video. Obrigada.
    Uma duvida: vc disse q a maior parte das dobraveis eh aro 24?
    Eu ateh queria q fosse 24, mas soh vejo aro 20 ou menor!!!

    Thumb up 3 Thumb down 0

  • Jane

    Gostei muito do vídeo e procurei a matéria exatamente porque estou procurando informações sobre bicicleta dobrável, mas tenho muitas dúvidas. É possível encontrar diversos aros nas bicicletas dobráveis? Estou procurando aro 24 porque sou baixa e minhas pernas são curtas. Encontro também as dobráveis sem marchas?
    Parabéns pelo vídeo e obrigada.

    Thumb up 1 Thumb down 0

  • Irineu

    Era o que estava faltando!

    Thumb up 2 Thumb down 0

  • Cristina

    Oi, Willian.
    Adorei o vídeo, super explicativo. Ganhei uma Boat Bike de 6 marchas aro 20(pelo que consta no manual, fabricada pela Dahon) e estou adorando. Você já ouviu falar desta marca (comercializada pela Regatta – http://www.regatta.com.br)? Pode me dar um parecer sobre ela? Pelo que li a respeito dos testes comparativos com outras marcas do mercado e pelo pouco que andei nela até agora, parece ser uma bike muito boa. É toda em alumínio, bem leve, fácil de transportar e o preço não é tão salgado: 1.099 reais.

    Thumb up 0 Thumb down 0

    • Oi, Cristina. Pelo que vi na foto do site, parece uma boa bike. Se é fabricada pela Dahon, deve ter boa qualidade. Só acho estranho o preço, está muito barata para uma Dahon de alumínio.

      Mas um detalhe: no vídeo demonstrativo, o rapaz a dobra errado! :D Siga as instruções do nosso vídeo.

      Thumb up 3 Thumb down 0

  • Marcos Soares

    Muito bonança matéria. Simples e objetiva.
    PARABENS!!!
    Dica: onde temos o bicicletamdobravel em são Paulo para teste drive?

    Thumb up 0 Thumb down 0

  • Daniel

    Eu comprei uma Durban Bay 6 no site da Kanui e fui enganado. Eles mostram ter os preços bons, frete grátis, mas eles não me entregaram até agora, 30 dias depois e com uma parcela já paga… Aconselho quem for comprar não se iludir com esse site Kanui, procure um fornecedor de confiança.

    Thumb up 1 Thumb down 0

  • Daniel

    Estava pesquisando, não há um motivo para adquirir essas bicicletas no mercado nacional, principalmente dessa Caloi que se aproveita que as importadas tem o preço absurdo, pra seguir na linha.

    Por que? Dê uma olhada e comprove: http://www.ebay.com/sch/Folding-Bikes-/159088/i.html

    Thumb up 1 Thumb down 0

  • Salve…

    Deixa eu te fazer uma pergunta q vc não respondeu no video.
    O ciclista gorducho pode usar uma dessas? Até quantos quilos ela suporta?!

    Um abração!

    Thumb up 0 Thumb down 0

    • Ótima pergunta, Cristiano. A maior parte das dobráveis não aguenta tanto peso quanto uma bicicleta convencional. O limite aceito costuma estar no manual da bicicleta e varia de acordo com o modelo, fabricante, formato do quadro e qualidade das dobradiças.

      Thumb up 1 Thumb down 0

    • Oi Cristiano, se me permite, eu peso quase 90 kilos em 1.83 de altura e ando que é uma maravilha na minha Oxford Chilena que é uma dobrável robusta. Lhe recomendo procurar um modelo forte e vai andar de maravilha

      Thumb up 3 Thumb down 0

  • Eu sou usuário de dobrável desde 2009 e acho que varias vantagens da bike dobrável aqui não foram ditas. Por causa do tamanho da roda menor, ter marchas e a posição do corpo ficar mais alta o aproveitamento da força na subidas é MAIOR, aqui fica parecendo que a dobrável não é rápida o qual não e verdadeiro. A velocidade de aceleração e bem maior do que numa MTB o qual é fantástico em cidades onde a gente tem que parar muito por causa do tráfico. Também faltou dizer que pode se levada como carrinho quando dobrada, basta só deixar o banco acima e dobrar ela, é perfeito para caminhar sem atrapalhar ninguém! Também a posição do corpo é mais ergonómica, vc fica mais erguido e isso permie melhor trabalho de abdominais, cintura, gluteos e biceps femorais (parte traseira da coxa)…em fim, não troco minha dobrável por nenhuma na cidade, apenas trocaria por mountain bike em setor rural. Abraço!

    Thumb up 3 Thumb down 0

    • Diego, obrigado pelo depoimento! :)

      Tenho usado quase exclusivamente uma dobrável e, pelo menos em relação à minha aro 26, o esforço com a bicicleta que tenho usado é um pouco maior nas subidas sim. Nada que desestimule, claro. Quanto a levar como carrinho, depende muito do modelo, em algumas isso não é possível de forma prática e estável. Quanto à posição mais ergonômica, concordo plenamente. É uma postura mais urbana, numa bicicleta criada para deslocamentos na cidade. Grande abraço!

      Thumb up 1 Thumb down 0

      • Willian, Obrigado pela resposta. A capacidade das dobráveis de ser levadas como carrinho e o seu tamanho reduzido facilitaria tanto a integração com os meios de transporte públicos que estou planejando uma campanha para que o governo considere financiar bicicletas dobráveis que encaixem perfeitamente em módulos de transporte em metrô, trens e ônibus. Com Bikes dobráveis a utilização do espaço aumenta em um 300% e permite levar umas 40 bicicletas em um espaço de 3x3mts, já que pode ser usado um sistema de prateleiras. cabendo até 3 dobráveis dobradas uma acima da outra. Assim podem ser deixados os níveis mais baixos das prateleiras para mulheres, idosos e crianças. O sistema de prateleiras é inédito e já faz parte do meu projeto Ônibus Ciclista [Link: Módulo Porta-bicicletas de Ônibus Ciclista]que teria o maior prazer que você conhecesse e fizesse parte, junto com a galera ciclista em geral. Abraço!

        Thumb up 1 Thumb down 0

  • Kleiton

    Gostaria de saber qual a velocidade média aproximada que dá pra manter com a bike dobrável e qual distância posso percorrer diariamente sem ficar muito desconfortável. Moro a uns 15 km do trabalho e vou com a bike convencional sem problemas, se trocar por uma dobrável dá pra fazer esse percurso?
    Obrigado!

    Thumb up 0 Thumb down 0

  • Leonardo Penaroti

    Olá Willian.
    Adorei o vídeo ,muito esclarecedor. Só fiquei com uma dúvida, em certo momento você disse que esse tipo de bike é aceita em qualquer horário do dia no metrô e nos trens e não apenas naqueles horários estipulados. Você confirmou com algum funcionário da empresa ? Obrigado.

    Thumb up 0 Thumb down 0

  • hernan

    Excelente o vídeo. Infelizmente, para usar bicicleta no Brasil tem que ser herói.

    Thumb up 2 Thumb down 2

  • Gustavo Gomes

    Eu tinha votado em vc. E nem conhecia o vá de bike. Mas foi o video q melhor explicou.
    Mas eu tinha me amarrado tbm no cara q pedalou no meio do chafariz de água. N acreditei q ele faria isso hahahah

    Thumb up 1 Thumb down 0

  • Cristiane

    Muito bom o video! Eu tenho uma dessas que você usou e não teria percebido boa parte das coisas que você mostrou sozinha. Acho a dobrável muito prática para transportar, mas não abro mão da minha Mountain Bike.

    Thumb up 1 Thumb down 0

  • Rose Herculano

    Nossa,o vídeo ficou ótimo!E não é que, hoje mesmo, eu estava pesquisando sobre qual bicicleta investir?Seu vídeo me ajudou a optar pela dobrável!Um abraço!

    Thumb up 1 Thumb down 0

  • Jonas Bertucci

    Muito bom! Eu acrescentaria apenas alguns coisas importantes, dada minha experiência com a minha dobrável (uma Btwin Hoptown).

    - Se for escolher mesmo uma dobrável, verifique se ela encaixa bem no porta-malas do seu carro. No meu carro, preciso colocar ela deitada, porque o porta-malas é baixo. O ideal seria ela ficar “de pé”, apoiada nas rodas. Nesse sentido, ela encaixa melhor em um Uno do que em um Siena.

    -Ela é pequena, mas nem tanto. Cabe com tranquilidade num elevador, mas não pense que vá subir escadas correndo com ela!

    - Aprenda bem os passos para dobrar da forma correta e teste se vc consegue sozinho fazer todo o processo. Minha namorada, por exemplo, tem um pouco de dificuldade para dobrar a bicicleta sozinha (mas eu faço em 30seg). Se for o caso, escolha um modelo mais leve (até 12kgs).

    Abraços e boas pedaladas.

    Comentário bem votado! Thumb up 4 Thumb down 0

  • [...] Fonte Compartilhe isso:TwitterFacebookGostar disso:GostoSeja o primeiro a gostar disso post. Esta entrada foi publicada em Sem categoria. Adicione o link permanente aos seus favoritos. ← Bike Não Suja Tanto [...]

    Thumb up 0 Thumb down 0

  • Antonio PR7AH

    Tenho 59 anos e sempre gostei de pedalar. Sou fã das bicicletas Caloi. Assisti o vídeo sobre a bicicleta dobrável da Caloi e achei muito interessante. Porém, prefiro continuar com minha Caloi convencional, pois gosto de fazer trilhas, pedalar com um pouco mais de velocidade, sentir a sensação de liberdade montado em uma bicicleta. No entanto, parabenizo a Caloi por essa criatividade, pois, muitas pessoas que desejam utilizar uma bicicleta com muitos diferencias, dentre eles, a redução de volume e de peso, dando consequentemente mais acessibilidade, encontrarão nesse veículo uma solução para os seus problemas.
    Almejo sucessos para uma das maiores fabricantes de bicicletas do mundo.
    Antonio.

    Thumb up 0 Thumb down 0

  • paulo

    boa noite rapaziada , eu estou afim de comprar uma dobravel da marca blitz e gostaria de saber se ela é boa e se ficar armando e desarmando ela ela aguenta.

    Thumb up 0 Thumb down 0

  • Jony Sestrem

    Comprei uma urbe e fiz algumas mudanças como manoplas mais macias e freios melhores como o deore, a bike ficou show, bem melhor que a original!

    Thumb up 3 Thumb down 0

  • Sérgio Varela

    Tenho uma Dahon e realmente a bike dobrável é show! Um problema que enfrento com a minha é que ela chama muito a atenção, isso me faz andar com medo pelas ruas de SP. Mesmo na mochila de transporte que comprei pra ela, já fui abordado e quase assaltado. É triste! Tem muito vagabundo na rua só esperando pra roubar tua magrela (muitas vezes conseguida com sacrifício) só pra vender por qq ninharia e comprar drogas.

    Thumb up 1 Thumb down 0

  • Alessandra

    O ruim das dobráveis no Brasil é o PREÇO!
    Acabo de chegar da rua, onde passei numa loja que tá vendendo uma dobrável por 126 euros.
    A mais barata que vi por aí custa 599 reais, ou seja, 2,5 vezes mais cara.

    Thumb up 2 Thumb down 0

    • Alessandra, no Brasil é difícil encontrar uma bicicleta razoável, dobrável ou não, por menos de R$ 700. Enquanto a fabricação de automóveis tem diversas isenções de impostos, a participação das taxas no preço final das bicicletas continua bastante alta. Principalmente no que se refere a peças importadas, tão comuns nos produtos de melhor qualidade.

      Thumb up 2 Thumb down 0

  • Bruno Milet

    Cara, seu vídeo ficou muito bom, não da nem pra acreditar que você nunca tinha editado um vídeo, olha que eu já fiz cursinho de edição de vídeo….mas concordo com você, é trabalhoso, na verdade um saco…kkkk

    Parabéns !

    Thumb up 2 Thumb down 0

  • Feni

    Willian, valeu pela dica. Mas será que você pode dar algum exemplo de uma bike com “um selim com amortecedor no canote”. Como você pode perceber eu não sou das mais entendidas no assunto bicicleta. Mas estou com um serio problema de deslocamento que essa bike iria resolver.
    Obrigada

    Thumb up 1 Thumb down 0

  • Feni

    Esse vídeo esclareceu muitas dúvidas. Fiz umas pesquisas e a maioria dos fabricantes dizem que ela é uma bike boa para cidade. Eu moro em uma cidade do interior que por ser muito antiga tem o calçamento de pedras. Será que essa bike seria muito desconfortável nesse asfalto?

    Thumb up 2 Thumb down 0

    • Feni, depende da distância. Para distâncias curtas, não deve incomodar, mas nas mais longas pode sim ficar desconfortável.

      Você pode colocar um selim com amortecedor no canote, ajuda bastante. Por causa da postura mais ereta na dobrável, seu peso ficará mais no selim do que no guidão, por isso um amortecedor desses ajudaria mais do que um tradicional no garfo dianteiro.

      Thumb up 2 Thumb down 0

  • Gilvando Galvão

    Parabens pela edição! Ficou muito boa e motiva as pessoas que tem vontade de ir ao trabalho de forma mais saudável e ainda não tiveram coragem.

    Thumb up 3 Thumb down 0

  • João de Física

    Parabéns pelo video, Willian Cruz !
    Complementando o que a amiga engenheira falou, alem do entre eixos curto, o que torna ela instável é o pequeno diametro das rodas: menor diametro, menor momento de inércia e assim, menor momento angular, que é o que estabiliza a bicicleta – quanto mais rápido andamos, mais estável ela fica.
    Sou ciclista de speed, não pretendo passar a usar uma dobrável, mas gosto de bicicleta e acho as dobráveis realmente muito simpáticas. Seu vídeo me apresentou este novo mundo(o das dobráveis!).
    Mais uma vez, Parabéns! Ficou muito legal!!!

    Thumb up 3 Thumb down 0

  • Igor Ornelas

    Oi William,
    muito bom e instrutivo seu vídeo. Só fiquei meio na dúvida porque você falou de bicicletas dobráveis no geral, mas não falou da Urbe em si.
    Estou pensando em comprar uma dobrável, mas estou na dúvida se ela alcança a qualidade da Dahon, Você já comparou as duas?

    Thumb up 1 Thumb down 0

  • Dei umas pedaladas de leve na Urbe, havia uma exposta para teste na Decathlon esse fim de semana… deixei minha Peugeot pra instalar os slicks 1,5 e aproveitei pra ver a Urbe.

    Dizer que ela é diferente de tudo que já pedalei na vida é clichê batido (e eu já pedalei desde Brandani Cross até Caloi Pronta Entrega)… você fica olhando pra ela e pensando “será que vai dar certo”. E, no fim das contas, dá certo. Até pegar embalo ela fica meio instável mesmo, depois se comporta como uma bike qualquer. Me agradou a altura do guidão, que te coloca numa posição ereta.

    Agora o mais interessante é a atenção que ela chama, mesmo com essa cor de família Addams que a Caloi escolheu (a Bend é bem mais atraente)… principalmente quando eu fiquei testando o sistema de dobra do quadro, todo mundo parou pra olhar.
    E os mais “balzaquianos”, como eu, lembraram na hora da saudosa dupla Dobrável/Dobravelzinha.

    Thumb up 2 Thumb down 0

  • Rose

    Muito bom o vídeo, William. Parabéns. Tenho duas dobráveis, e sou uma grande fā dessas bicicletinhas.
    Só um detalhe, que meu lado engenheiro não deixou passar desapercebido… O centro de gravidade mais baixo torna a bicicleta mais estável. O que faz com que ela fique instável é a menor distância entre as rodas.
    Abração!

    Comentário bem votado! Thumb up 7 Thumb down 0

    • Pois é, Rose, falei bobagem. Outro amigo já havia me avisado disso. Quando gravei, nem me toquei que centro de gravidade baixo na verdade melhora o equilíbrio, mas agora o vídeo já está lá e não posso alterá-lo. No final do concurso, subo uma segunda versão corrigida, porque afinal de contas ele vai ficar aqui como referência. Obrigado pelo toque!

      Comentário bem votado! Thumb up 7 Thumb down 0

  • Carol Lourenço

    Willian, há um ano resolvi vender o carro e comprar uma bicicleta. As suas informações foram preciosas para me manter firme nesse propósito, pq a reação negativa da maioria das pessoas era constante, principalmente quanto à segurança. E, confesso, para mim também era um ponto sensível, já que sempre morei/pedalei numa cidadezinha de 5 mil habitantes… e mais de quinze anos depois,já “crescida”, iria voltar a pedalar, mas numa cidade grande…! Pois bem, estudei todas as dicas de segurança e comprei uma prática e charmosíssima Dahon… sabe o que aconteceu? Ninguém ficou indiferente à “bicicletinha”, hehe, e alguns, inclusive, cogitaram comprar uma dobrável tb, por conta de todas as vantagens que vc bem apontou no vídeo. ;) Vou divulgá-lo! Muito obrigada, mais uma vez!

    Comentário bem votado! Thumb up 9 Thumb down 0

  • Neto

    Com esse vídeo, só não vai de bike quem prefere ficar preso no traffic jam.

    Thumb up 3 Thumb down 0

  • Alexandre Manisck

    Ficou bem bacana Willian. Se precisar de ajuda nesse mundo de vídeo é só chamar. Parabéns.

    Comentário bem votado! Thumb up 4 Thumb down 0

  • Ótima atuação, direção e edição. Achei o vídeo divertido e útil. Votei para o Oscar de melhor filme. Era isso?

    Thumb up 4 Thumb down 1

  • Dhian Picinin (@DhianPicinin)

    Parabéns pelo vídeo. Ficou bem interessante.

    Tenho uma Dahon e adoro. Perfeita para pequenos e médios deslocamentos. Como é uma bike “simpática”, os motoristas acabam tendo mais respeito. Além disso, ela fica sempre comigo, reduzindo muito os riscos de um furto.

    Como eu sempre digo, tenho uma parceria com ela. As vezes ela me carrega, em outras eu a carrego.

    Abraço

    Comentário bem votado! Thumb up 11 Thumb down 0

  • KCT William se falou tudo que eu falei pro pessoal do trabalho aqui sobre as dobráveis, guidão, pedalar com roupa normal etc huahaha

    Eu gostei bastante delas, tanto é que algumas vezes roubo da minha esposa pra vir trampar hehehe

    Comentário bem votado! Thumb up 4 Thumb down 0

  • David

    Um uso inusitado: tem um amigo meu (o Marcel) que tem uma dobrável e a usa todos os dias para se locomover do carro para a porta do trabalho la em Barueri, pois o estacionamento dele fica distante da entrada dos funcionarios (mais de 1km pelo que entendi).

    Comentário bem votado! Thumb up 5 Thumb down 1

  • Glorioso será o dia em que Willian Cruz deixar de usar capacete. [Foi a Dahon Curve que me fez deixar de usar].

    ao menos parar de falar disso ele parou…

    Thumb up 5 Thumb down 2

  • Alessandro Bontempo

    Votei, o vídeo ficou show.
    Fiquei pensando na possibilidade de ter uma e deixar mais dias a scooter em casa

    Thumb up 2 Thumb down 0

  • Marco Labão

    Votei. Elevado privilégio de apresentar um trabalho de algo que adoramos. Parabéns Willian. Bike[]´s

    Thumb up 1 Thumb down 0

  • micheli

    Já votei. boa sorte :)

    Thumb up 1 Thumb down 0

  • Natália Santucci

    Adorei! Estou louca por uma dessas e o seu vídeo respondeu exatamente as dúvidas que eu tinha. =)

    Comentário bem votado! Thumb up 10 Thumb down 0

  • Nada como aprender algo novo fazendo algo legal hein? Gostei da edição e o stop motion do final ficou ótimo. Vamos votar!

    Comentário bem votado! Thumb up 9 Thumb down 0

Enviar resposta

  

  

  

Você pode usar estas tags HTML

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>