Governo de Pernambuco lança pacote abrangente de incentivos à bicicleta

Estado dá exemplo ao resto do país, com pacote que contempla mais de 100km de ciclovias, bicicletários, campanhas educativas, apoio aos municípios, incentivos fiscais à indústria e reconhecimento de empresas que incentivam o uso da bicicleta

Ciclovia na praia de Boa Viagem, em Recife. Foto:Felipe Baenninger, via Flickr

O governador Eduardo Campos anunciou um pacote de medidas para melhorar a mobilidade urbana na Região Metropolitana do Recife. Entre elas, a construção de mais de 100 quilômetros de ciclovias.

Com um investimento de R$ 22,4 milhões, o programa Pedala PE está sendo chamado de “carro chefe” do pacote de mobilidade. Com previsão de conclusão até dezembro de 2014, pretende incentivar o uso da bicicleta como meio de transporte, sua convivência pacifica e segura com outros veículos e integração com ônibus e metrô (através de bicicletários públicos).

“Nós temos 11% da população no Nordeste que usa a bicicleta para trabalhar, para ir à escola e se locomover. Mas há pesquisas, inclusive do IBOPE, que apontam que 85% dos nordestinos gostariam de usar mais a bicicleta. Ou seja, a gente tem aí um modal que precisa se integrar com o ônibus, a navegabilidade, o transporte individual e o metrô”, justifica o governador.

O Pedala PE prevê implantação de bicicletários e paraciclos nos prédios públicos estaduais, nos 25 Terminais de Integração de Passageiros (incluindo os que ainda serão construídos) e nas sete estações de embarque e desembarque do programa de navegabilidade do Capibaribe, Rios da Gente. Também serão construídos nas 154 academias da Cidade, até 2013.

Outros dois decretos assinados pelo governador preveem a contratação de projetos de implantação de ciclovias e requalificação das calçadas nas Avenidas Caxangá e Agamenon Magalhães, na PE-15, BR-101 (de Igarassu a Abreu e Lima) e no Complexo de Salgadinho.

Incentivo fiscal e apoio aos municípios

Enquanto o governo federal incentiva a indústria do automóvel, Pernambuco dá exemplo pioneiro ao conceder desoneração de 75% do ICMS para as fábricas de bicicleta e peças que quiserem se instalar no estado. A concessão do beneficio foi assegurada por decreto e terá validade até 31 de julho de 2024. O governador entende que o incentivo contribuirá para o desenvolvimento econômico do estado: “se oferecemos condições tributárias de redução de impostos, eu acho que a gente vai conquistar fábricas de bicicletas, como conquistamos outras fábricas”.

Outro decreto assinado pelo governador visa incentivar as cidades pernambucanas a implantarem ciclovias, ciclofaixas, paraciclos e bicicletários, com apoio técnico e financeiro para os municípios que apresentarem projetos de equipamentos cicloviários.

Campanhas educativas

O Pedala PE também terá uma frente educativa, visando garantir a inserção segura das bicicletas no tráfego. Serão realizadas campanhas educativas e ações de sensibilização voltadas para ciclistas e também para motoristas de carros e ônibus.

Empresa Amiga da Bicicleta

O programa concederá o selo Empresa Amiga da Bicicleta para empreendimento privados que possuírem bicicletários e vestiários, como forma de reconhecimento público às empresas que incentivam seus funcionários e clientes a utilizarem a bicicleta como meio de transporte. As empresas interessadas deverão encaminhar solicitação à Secretaria das Cidades, que enviará equipe ao empreendimento para atestar e conferir o estado de conservação dos equipamentos.

Plano Diretor Cicloviário

O governo do estado também pretende elaborar um Plano Diretor Cicloviário para a Região Metropolitana do Recife. O estudo analisará a malha viária da região, para definir uma política de incentivo ao uso da bicicleta para os próximos 20 anos. O edital do processo licitatório já foi assinado. “Esse Plano Diretor servirá como uma bússola para que as próximas gestões municipais também possam fazer a sua parte”, explicou Campos.

Com o Pedala PE, o estado de Pernambuco se coloca à frente do resto do país, sendo o primeiro a incentivar a bicicleta em larga escala, com um pacote de medidas bastante abrangente. Parabéns aos irmãos pernambucanos. Agora é ficar de olho para garantir que saia do papel!

Atualizado em 7/set: Na contramão da diretriz estadual, a cidade de Recife está retirando um trecho de ciclofaixa, colocando deliberadamente os ciclistas em risco para melhorar a fluidez dos automóveis. Parece que estado e município precisam se conversar.


8 comentários para Governo de Pernambuco lança pacote abrangente de incentivos à bicicleta

  • Parabéns! Nessa iniciativa esta contemplada também a saúde.

    Thumb up 1 Thumb down 0

  • Rosaly

    Concordo com Mario, estamos numa evolução e precisamos como ciclistas sermos agentes destas mudanças.

    Thumb up 1 Thumb down 0

  • Ataide

    sou morador de pernambuco, estou com muito orgulho do meu governador pela atitude, que tomou a minha maior alegria e poder sonhar usa a minha bike com segurança,

    Thumb up 2 Thumb down 0

  • Mario

    Roberto,
    Acompanho as instalações das ciclofaixas, mesmo quando ainda não eram ciclofaixas, é um ganho muito grande para ciclitas e para a sociedade como todo, os guardas da CTTU tentão disciplinar sim, pois ja vi estes, abordando ciclitas. Vamos com calma, ja ganhamos o estrutura física, a educação dos usuários e não usuários vira com o tempo. Isso e uma grande novidade na vida do Recifense. Cabe a cada um de nos sermos agentes destas mudanças.
    Valeu!!!!

    Thumb up 3 Thumb down 0

  • Roberto

    Foram colocadas duas novas ciclofaixas na Estrada do Arraial e do Encanamento. Mas, apesar da imensa quantidade de guardas de trânsito nas duas avenidas, os carros não respeitam os ciclistas, que também fazem tudo errado, pedalando pelo outro lado da via onde não há ciclovia. Os guardas da CTTU assistem a tudo e não fazem absolutamente nada.

    Thumb up 3 Thumb down 0

  • Marcos

    Sou recifense e adotei a bicicleta para deslocamentos diários há um ano e meio. Há nove meses vendi um carro pessoal que possuia e passamos a ter um automóvel para a família. É crescente o número de pessoas adotando a bike por aqui. Acho que o projeto vai sair do papel, sem dúvida com intenções políticas fortes, mas também ocorreram diversas ações organizadas por massas críticas. O importante é que o projeto seja implatado. Numa cidade em que não faltam motivações fáticas e culturais para a bicicleta ser a última opção para quem pode escolher suas formas de locomoção, esse projeto é uma grande vitória.

    Comentário bem votado! Thumb up 7 Thumb down 0

  • antonio

    Do RJ digo: Se sair do papel, vai ser bonito hein!!
    Enquanto na minha cidade:
    as ciclovias cabem 1 bicicleta e meia (no sentido inverso alguém tem que quase ir pra calçada).
    as pessoas estacionam especificamente na ciclovia (aquele pedacinho de asfalto deve ser estacionamento).
    as pessoas usam a ciclovia como passeio (será que anda no asfalto é melhor que na calçada?)
    os ambulantes instalam suas barracas em cima das ciclovias (melhor não ser na calçada, é anti ético, né?”
    Entre todas a minha favorita é a que termina exatamente em um muro, quem seguir à risca vai de cara nele.

    Comentário bem votado! Thumb up 8 Thumb down 0

    • Isso porque o governo só faz ciclovias para ganhar votos e simpatia da população . No entanto esquecem do mais importante, que é ensinar todos desde de crianças sobre as leis de transito e sobre cidadania. Preferem formar técnicos com conhecimento sobre “quarksup”, não humanistas conhecedores de política e história

      Thumb up 2 Thumb down 0

Enviar resposta

Você pode usar estas tags HTML

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>