São Paulo ganhou mais duas ciclovias neste fim de semana

Secretário de Transportes (à direita) participou pedalando novamente. Foto: CET/Divulgação

Secretário de Transportes (à direita) participou pedalando novamente. Foto: CET/Divulgação

Dois novos trechos de ciclovias foram inaugurados na manhã do sábado, 16 de agosto, em São Paulo. Um deles fica na Avenida Guilherme Cotching, Zona Norte, com 1,7 km de extensão; o outro, na Rua Dr. Assis Ribeiro, na Zona Leste, com 2,1 km. O secretário de Transportes, Jilmar Tatto, esteve presente na Zona Norte. Como nas outras inaugurações, fez o percurso de bicicleta.

Na Av. Guilherme Cotching, está sinalizada em cada lado do canteiro central da avenida, com circulação unidirecional, indo do entroncamento da Rua Isidoro Matheus/Av. Nadir Dias de Figueiredo até a Rua Araritaguaba. A velocidade máxima da via nesse trecho foi reduzida de 60 km/h para 50 km/h, uma medida que aumenta a segurança de pedestres, ciclistas e motoristas.

Na Rua Dr. Assis Ribeiro a circulação também se dá aos lados do canteiro central, no trecho entre a Avenida Paranaguá e a Rua Rio Soturno. O traçado proporciona a conexão com a estação CPTM Ermelino Matarazzo e acesso à Vila Jacuí, estimulando a intermodalidade.

A previsão da Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) é implantar 30,6 km de ciclovias no mês de agosto. A R. Vergueiro receberá uma delas, que por sinal está quase pronta. Veja a lista completa.

Novas ciclovias

As ciclovias inauguradas desde o início de junho somam, até 20 de agosto, um total de 20,2 quilômetros, segundo informações da CET. Além das duas citadas nesta matéria, temos:

  • Centro Histórico (8,4 km)
    • Largo do Paiçandu até a Sala São Paulo (Centro Cultural Júlio Prestes), com 1,4 km abertos em 07/06;
    • Partindo da Rua Mauá com Rua do Triunfo, pelas avenidas Duque de Caxias e São João até o Largo do Arouche, de onde bifurca para a Praça da República e o Terminal Amaral Gurgel, com 2 km de extensão, abertos em 1º/07;
    • Partindo da Sala São Paulo (Estação CPTM Júlio Prestes), pela Al. Cleveland, Al. Nothman e Rua Guaianases, proporcionando integração com o Terminal Princesa Isabel, num percurso com 2,6 km, inaugurados em 18/07.
    • Interligando a região da Avenida Pacaembu à Sala São Paulo (Estação CPTM Júlio Prestes) e ao Terminal Princesa Isabel, com 2,4 km inaugurados em 09/08.
  • Ciclovia Pirajussara (2,1 km)
    • Av. Eliseu de Almeida, entre as ruas Santa Albina e Camargo, entregue em 14/06 (veja aqui).
  • Av. Escola Politécnica (1,7 km)
    • Entre a Praça César Washington de Proença e a Av. Prof. Luciano Mello Moraes (Portaria 2 da USP), inaugurada em 20/06.
  • Av. Cruzeiro do Sul (0,7 km)
    • Entre a Av. Gen. Ataliba Leonel e a Rua Cel. Antônio de Carvalho. Ciclovia de canteiro central, com inauguração em 19/07 (veja aqui).
  • Av. Vereador Abel Ferreira (1,1 km)
    • Entre as avenidas Salim Farah Maluf e Regente Feijó, unidirecional ao lado do canteiro central em ambos os sentidos da avenida, fazendo conexão com a Universidade Cruzeiro do Sul. Inaugurada em 04/08 (veja aqui).
  • Chácara Santo Antônio (2,4 km)
    • Ruas Alexandre Dumas, José Vicente Cavalheiro, Fernandes Moreira e Francisco de Morais. Proporciona conexão dos bairros Chácara Santo Antônio e Alto da Boa Vista com a estação CPTM Granja Julieta. Desde 08/08 (veja aqui).

6 comentários para São Paulo ganhou mais duas ciclovias neste fim de semana

  • Renato

    Se a prefeitura conseguir cumprir a meta dos 400km até o fim do ano que vem, chegaremos bem perto da malha cicloviária (que também tem muitos trechos de ciclofaixa mesmo) de várias cidades européias, como Londres. E ultrapassaremos a cidade do Rio de Janeiro que hoje conta com mais de 300km de ciclovias (incluindo ciclofaixas).

    Hoje o Bom dia SP e o SPTV testaram os trechos de ciclovias do centro e segundo o reporter, a sinalização está boa, só faltando mesmo ajustes e instalação de semaforos para ciclistas.

    A demanda hoje reprimida, logo logo aparecerá.

    Thumb up 1 Thumb down 0

  • Luiz Mike

    Só uma correção eu utilizei a ciclovia da AV ASSIS RIBEIRO,e em nenhum momento ela passa sobre o canteiro central e sim na pista, tirando alguns problemas no asfalto, gente fazendo cooper e alguns colegas ciclistas trafegando na contramão da ciclovia, só tenho elogios.

    Comentário bem votado! Thumb up 4 Thumb down 0

  • Alexandre

    A história da mobilidade em São Paulo será divida em A.H. / D.H. (Antes de Haddad / Depois de Haddad).
    Haddad + Jilmar Tatto estão virando essa cidade de cabeça pra baixo, que é exatamente o que ela estava precisando!

    Comentário bem votado! Thumb up 8 Thumb down 0

  • Leonardo

    Em Porto Alegre, a prefeitura se orgulha de ter implantado 20km de ciclovia em 10 ANOS!!!
    Ciclovias do tipo excludentes e cheias de defeitos.

    Óbvio que é melhor que nada, mas o pensamento vigente é completamente centrado nos carros.

    Comentário bem votado! Thumb up 6 Thumb down 0

Enviar resposta

  

  

  

Você pode usar estas tags HTML

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>