Pernambuco também insere questões sobre ciclistas em exame para obtenção da CNH

Detran de Pernambuco insere questões sobre bicicletas e ciclistas nas provas para obtenção da CNH. Imagem: Vá de Bike

Detran de Pernambuco insere questões sobre bicicletas e ciclistas nas provas para obtenção da CNH. Imagem: Vá de Bike

Em Pernambuco, o Detran deu um importante passo para a educação de motoristas do estado. Questões do exame teórico para avaliação dos candidatos a obter a Carteira Nacional de Habilitação (CNH) foram revisadas e perguntas ligadas à mobilidade por bicicleta, nos aspectos legais e práticos, foram inseridas.

Em treze questões, são abordados diferentes temas presentes no Código de Trânsito Brasileiro (CTB) relacionados diretamente aos ciclistas e bicicletas. No material do Detran-PE será explicado como o ciclista é visto pelo CTB e como pode ser enquadrado tanto na categoria de condutor quanto na de pedestre, dependendo da situação em que se encontrar.

O órgão seguiu o exemplo do Detran do Paraná, que foi o primeiro a fazer isso, como mostramos aqui no Vá de Bike. O coordenador geral da Associação Metropolitana de Ciclistas do Grande Recife (AMECiclo), Cezar Martins, elogia a ação do órgão, mas ressalta que a medida foi de mão única e não houve diálogo com os ciclistas da entidade. “Ficou meio dúbio no texto do Detran o tipo de conhecimento que será cobrado dos alunos. É importante mostrar para o motorista os deveres dele com relação ao cicista”, diz.

Projeto "Se essa rua fosse minha": objetivo é educar a criança sobre a legislação de trânsito para torná-la um adulto mais consciente do seu papel como cidadão nas ruas. Foto: Detran-PE

Projeto “Se essa rua fosse minha”: objetivo é educar a criança sobre a legislação de trânsito para torná-la um adulto mais consciente do seu papel como cidadão nas ruas. Foto: Detran-PE

Educação infantil

Desde 1999, o Detran-PE mantém o Programa de Educação de Trânsito (PET), que consiste em capacitar professores das redes pública e privada de ensino para a inserção de conteúdos de maneira transversal nas disciplinas curriculares.

Dois projetos educacionais focados para professores e alunos dos ensinos fundamental e médio podem ser destacados: os programas “Se essa rua fosse minha” e “Esta cidade também é minha”. O objetivo é educar a criança sobre a legislação de trânsito para torná-la um adulto mais consciente do seu papel como cidadão nas ruas.

O programa “Se essa rua fosse minha”, que começou em abril de 2011, já capacitou quase 23 mil alunos e pouco mais de 570 professores de 284 escolas no estado.

Já o programa “Esta cidade também é minha” alcançou pouco mais de 11.400 alunos e 268 professores, de 157 escolas, desde o início do projeto, em março de 2012.

Enviar resposta

  

  

  

Você pode usar estas tags HTML

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>