São Paulo começa a instalar paraciclos ao longo das ciclovias

Paraciclo na Av. São Luis, 137: formato de U invertido é um dos mais adequados.

Paraciclo na Av. São Luis, 137: formato de U invertido é um dos mais adequados.

Paraciclo na Al. Barros, próximo ao número 75: mobiliário urbano.

Paraciclo na Al. Barros, próximo ao número 75: mobiliário urbano.

Como anunciado no ano passado, a prefeitura de São Paulo adquiriu, através de licitação, 8 mil suportes (paraciclos) para estacionar e prender bicicletas, que começaram essa semana a ser instalados em alguns pontos da cidade. Entre os primeiros locais que os receberam, estão a Al. Barros (Higienópolis) e a Av. São Luis (Centro).

Os suportes seguem o padrão de U invertido, já reconhecidos pelo município como mobiliário urbano. Esse formato é considerado ideal por especialistas em bicimobilidade, por permitir que a bicicleta seja trancada pelo quadro, com uma trava do tipo u-lock.

Suportes em que a bicicleta é presa pela roda, muito usados pelo comércio, não são adequados justamente por não possibilitarem trancar com segurança pelo quadro, além de oferecerem risco de danificar câmbio, rodas e até discos de freio caso ocorra um simples esbarrão na bicicleta estacionada.

Conforme apuramos junto a fontes internas, a intenção é instalar os suportes ao longo de todas as ciclovias, criando assim pontos onde os ciclistas que circulam por elas possam prender suas bikes.

Comércio e serviços têm muito a ganhar com essa iniciativa. Qual o ciclista urbano que nunca deixou de consumir em algum lugar porque não havia onde parar a bicicleta?

Paraciclos no centro da cidade. Foto: Fernando Pereira/SECOM

Paraciclos no centro da cidade. Foto: Fernando Pereira/SECOM

Outros locais

Paraciclos como esses vêm sendo instalados em outros locais, como praças, parques e outros equipamentos públicos em São Paulo. Recentemente, locais como os largos São Francisco e Paissandu, Vale do Anhangabaú e a rua Doutor Falcão, na região central, além da avenida Cruzeiro do Sul, na zona norte, e a praça Braúna, na zona leste, foram contemplados com paraciclos. E em agosto o Largo da Batata, em Pinheiros, zona oeste, foi contemplado com um bicicletário com mais de 100 vagas.

Em novembro de 2014, a cidade possuía 223 vagas em 113 paraciclos, instalados em diversas regiões. Somando-se a isso o compromisso da Secretaria Municipal de Transportes (SMT) de construir bicicletários em 18 terminais de ônibus (500 novas vagas) e os bicicletários em estações do Metrô e da CPTM, seriam cerca de 4.600 vagas de parada para bicicletas em São Paulo. Com os 8 mil novos paraciclos, esse número pode saltar para mais de 20 mil vagas, já que cada estrutura comporta pelo menos duas bicicletas.

Com a ampliação da malha cicloviária, especialmente com travessia segura de pontes, a tendência é que o número de pessoas utilizando bicicletas para deslocamentos aumente bastante ao longo de 2015.

Importante: Veja aqui como trancar sua bicicleta com segurança!


19 comentários para São Paulo começa a instalar paraciclos ao longo das ciclovias

  • Amauri Alves da Silva

    Gente, foge um pouco do assunto, mas, e quando a gestão do Haddad terminar? Se ele não for reeleito? Vocês acham que a chance do próximo prefeito tirar tudo é grande ou baixa? Se tiver algum lugar onde isto seja discutido, me indiquem, por favor. Só queria saber um pouoco a opinião de quem está envolvido.

    Thumb up 0 Thumb down 0

    • ALEKSANDRO

      Particularmente acredito que a chance é baixa, porque tem muitas instituições paulistas que são a favor do cicloativismo e os paulistanos precisam ser mais pró-ativos com relação a saúde também, o bem estar físico é uma preocupação mundial, ainda mais com as notícias de que montadoras mentiram nos testes de controle de poluição. Espero mesmo que o próximo faça também a troca dos asfaltos da ciclovia pelo pigmentado para evitar a repintura ao longo dos anos…

      Thumb up 0 Thumb down 0

  • Sergio Marcelo Rico

    Olá Willian,
    Sei que foge um pouco do tema aqui.
    Necessito instalar na minha garagem, no prédio, dois paraciclos destes que considero práticos e bem seguros, porém pesquisei e não encontrei a empresa, você teria algum contato da empresa que instala para Prefeitura ou outra.
    grato,
    Sergio

    Thumb up 0 Thumb down 0

  • rafael leite

    Pessoal, exista alhum lugar em sao paulo, que necessite de uma instalacao prioritaria de bicicletarios, algum lugar que seria muito util…

    Thumb up 0 Thumb down 0

  • Alexandre

    A prefeitura tem algum mapa de onde deseja instalar esses paraciclos? Como um comerciante pode solicitar que seja instalado um paraciclo na frende seu comercio?

    Thumb up 3 Thumb down 0

    • Alexandre, a implantação desses paraciclos segue um estudo próprio, considerando pontos de interesse, espaço na calçada, fluxo de pedestres e de ciclistas, etc. Por isso não daria para encaixar as solicitações de cada comerciante no planejamento. Cabe ao estabelecimento instalar por conta própria (o investimento nem é tão alto assim).

      Thumb up 0 Thumb down 0

  • Jorge

    [Comentário oculto devido a baixa votação. Clique para ler.]

    Esse comentário não tem feito muito sucesso. Thumb up 0 Thumb down 6

  • tiagobarufi

    É muito boa essa iniciativa: além de ajudar na hora de estacionar, isso é difusão do modelo correto. Basta de modelo açougue ou entorta-roda!

    Thumb up 3 Thumb down 0

  • Hélder Luiz da Silva

    Andar de bike e tudo de bom. Só falta ligar da zona norte ate a paulista ai som vou de bike para o trampo

    Thumb up 1 Thumb down 0

  • Esses para ciclos são chumbados no piso?

    Thumb up 0 Thumb down 0

  • Dogerez

    Esse suporte é um obstáculo às pessoas com deficiência visual… mais um motivo para que as calçadas tenham piso tátil direcional conduzindo cegos/baixa visão ao caminho mais seguro.

    Thumb up 1 Thumb down 0

    • tiagobarufi

      São bem menos perigosos que orelhão!
      Piso tátil é uma maravilha. Ver uma pessoa que não enxerga se movendo com desenvoltura é muito gratificante para mim. Mas se esses paraciclos são instalados corretamente, ninguém tropeça neles.

      Thumb up 1 Thumb down 0

  • MobikerSP

    Muitos lugares deixei de usar um produto ou serviço porque também não respeitam a ciclovia e fazem carga e descarga em cima dela.

    Enquanto eles não aprendem que bicicleta tbm é um consumidor em pontencial e precisa ter um lugar para parar e ser respeitado continuo evitando comprar em lugares que não tenham paraciclos ou digam que seus estacionamentos não tem responsabilidade de assegurar a segurança da bike.

    Comentário bem votado! Thumb up 4 Thumb down 0

    • eu

      falando nisso, como e onde denunciar carros ocupando a ciclofaixa? Pq na avenida torres de oliveira (aonde tem a garagem da transpass e uma unip, no jaguaré) estão ignorando a ciclofaixa fodidamente…. tmb na ciclofaixa da rua jose alves cunha lima, nesse caso é uma rua residencial, bem pacata, onde NUNCA estacionam do lado em que não tem ciclofaixa, fazem questão de estacionar do outro lado, onde tem a ciclofaixa!!! Ambas as ciclofaixas são novas, talves nem inauguradas elas foram, mas estão lá, pintadas e devidamente sinalizadas! Se eu tirar foto das placas dos carros estacionados ilegalmente isso gera multa para as antas dos proprietários? pq só assim para o animal aprender….

      Thumb up 3 Thumb down 0

      • MobikerSP

        Bom depende dos casos, e a maioria não existe muito a se fazer. Se for um carro de empresa você pode fotografar ligar na empresa e avisar o que o funcionário esta fazendo e enviar as fotos por email, normalmente eles falam com a pessoa e dão alguma chamada nele. Mesma coisa para veiculos públicos, entre em contato pelo fale aqui da empresa e reclame.

        Quanto aos carros que são de uso pessoal não a muito que se fazer, eu costumo gravar e colocar no youtube no meu canal e mostrar de exemplo do que não fazer, porque não existe um meio legal de reclamar, e mesmo falando com alguem da CET eles ignoram completamente e falam que não podem fazer nada…

        Thumb up 0 Thumb down 0

      • tiagobarufi

        1188. Funciona.

        Thumb up 1 Thumb down 0

Enviar resposta

  

  

  

Você pode usar estas tags HTML

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>