Vídeo: ciclista é derrubado por porta de carro em frente a táxi em movimento

Apoie nosso trabalho,
doe um libre!

Um taxista londrino conseguiu frear a tempo de evitar o pior, quando um ciclista atingido pela porta de um carro estacionado, aberta de surpresa por um motorista irresponsável, caiu em frente ao seu carro. A cena foi registrada pela câmera que ele mantém ligada no painel.

O taxista, obviamente, não teve culpa. Pelo contrário, sua reação rápida evitou ferimentos mais graves. A velocidade em que ele trafegava ao ultrapassar o ciclista também foi importante para evitar o pior.

O ciclista chegou a ser atingido pelo táxi, mas de forma relativamente leve. “Foi realmente perto”, comentou o taxista no Twitter, referindo-se à possibilidade de matar o ciclista no atropelamento. “Se eu não tivesse os olhos na estrada ou se fosse ‘um Uber’ esse cara poderia ter ido embora hoje”, completou, numa crítica aberta aos motoristas que atendem pelo aplicativo.

Quem abre a porta de um carro para o lado da via tem obrigação de estar atento ao fluxo. O Código de Trânsito Brasileiro deixa claro:

Art. 49. O condutor e os passageiros não deverão abrir a porta do veículo, deixá-la aberta ou descer do veículo sem antes se certificarem de que isso não constitui perigo para eles e para outros usuários da via.

Parágrafo único. O embarque e o desembarque devem ocorrer sempre do lado da calçada, exceto para o condutor.

Mas cabe aqui a pergunta: se fosse um ônibus vindo, o motorista teria aberto a porta dessa maneira? 😉

Motoristas, sejam compreensivos com ciclistas que trafegam
longe dos carros estacionados. Eles só estão se protegendo.

Veja também
Cuidado com as portas dos carros parados
Por que o ciclista deve ocupar a faixa
Por que há ciclistas que andam no meio da rua?
15 recomendações simples para pedalar com mais segurança nas ruas
Gostou da matéria? Doe um libre
e ajude nosso projeto a continuar!

13 comentários para Vídeo: ciclista é derrubado por porta de carro em frente a táxi em movimento

  • Tarantino

    Ciclistas, tomem cuidado se forem trafegar nesta ciclovia (Rua Xavier de Toledo ).

    http://autoentusiastas.com.br/wp-content/uploads/2015/06/Xavier-1-c.png

    Thumb up 3 Thumb down 0

  • Odilon

    O Motorista foi descuidado. Mas o maior erro aí foi de quem projetou essa ciclofaixa. Qualquer ciclista sabe que é perigoso passar rente aos carros estacionados, mas essa ciclofaixa os força a fazer justamente isso!
    Aqui em Belo Horizonte tem uma ciclofaixa muito parecida com essa, mas com um agravante, fica em uma ladeira.
    Essa ciclofaixa fica bem no meu caminho, mas prefiro desviar e passar por outra rua. Descer uma ladeira em uma ciclofaixa como essa é jogar roleta russa!

    Thumb up 3 Thumb down 2

  • Alesandro Soave

    ESSA FOI POR POUCO !!! Quando estou pedalando rápido nas avenidas (em velocidade compatível com a dos carros) sempre ocupo o meio da faixa de rodagem. Ém uma questão de segurança mesmo, para não ser fechado ou espremido em uma ultrapassagem imprudente (carro muito próximo do ciclista, menos de 1,5 metros conforme exige a legislação). Não preciso ser ultrapassado uma vez que não estou interrompendo o transito, andando igual ou mais rápido que os carros. Quando preciso passar próximo de carros estacionados, dobro a atenção e o foco é sempre observar adiante se existe alguém dentro do carro parado. Se sim, diminuo e fico com o freio engatilhado ou me afasto pois há risco iminente de uma porta ser aberta. O mesmo serve para carro parados em acostamentos de estradas. Já nos congestionamentos, quando passo sob a divisória de pistas, entre os carros, a atenção é triplicada, pela possibilidade de alguma porta se abrirs e pela chance de algum pedestre resolver atravessar fora da faixa de segurança, já que os carros não irão se mover. Nesta ultima condição (de congestionamento), nunca ande muito rápido por entre os carros e se estiver sem um alcance de visão seguro, pare e olhe antes de ultrapassar ônibus ou outros veículos altos, algo pode surgir de repente, atravessando a rua ou mudando de faixa. Evite assim o risco de um acidente.

    Thumb up 1 Thumb down 0

  • AndreaG

    Moro em uma cidade do interior da Inglaterra e ando de bike diariamente, e portanto gostaria de dar um pitaco sobre esta situação.

    O motorista foi irresponsável sim em abrir a porta tão rapidamente e sem olhar, mas ali existe um problema de estrutura viária também. Não sou especialista, mas aqui tem muito dessas faixas de ônibus compartilhada com a bicicleta, (essa vermelha que se vê no vídeo) e os motoristas de ônibus são bem instruídos para lidar com as bicicletas. Eles não gostam, mas acabam sendo forçados até pela quantidade de ciclistas. (Não dá pra ficar agoniado toda vez que ele tiver que ultrapassar um ciclista…) Agora, essa faixa vermelha tem uma faixa azul pintada acima. Eu não dirijo aqui, mas eu acho que a faixa azul é a de estacionamento e carga e descarga. Portanto, tem uma faixa de estacionamento em cima de uma faixa de onibus e bicicleta, quando realmente eles deveriam ser separadas para ter espaço pra todos. Aliás, não cabe um ônibus ali. É ridículo. Está mal feito. Tem muito disso aqui, especialmente em Londres.

    Por outro lado, a instrução que eu tive para andar de bike aqui é que sempre tem que assumir que existe alguém dentro do carro que vai abrir a porta, e tentar deixar espaço suficiente para permitir uma reação segura. Se isso não é possível, o jeito é soar a campainha e reduzir a velocidade. Embora o ciclista ali não tinha muito espaço, acredito que ele podia sim estar mais perto da linha, o que faria ele precisar de um pouco menos espaço para poder reagir. Não sei se ele ainda perderia o controle da bike, mas quem sabe? De qualquer forma, a presença do ciclista forçaria o taxista a dar um pouco mais de espaço ao ciclista.

    Sim, isso agoniaria o taxista, mas ele está dentro de um carro, protegido por muito metal. Então, azar o dele.

    Thumb up 3 Thumb down 2

    • Andre

      AndreaG, a faixa azul pintada em cima da faixa de ônibus é na verdade ciclofaixa. Essas azuis fazem parte da malha Cycle Superhighway, que é diferenciada da malha convencional. Os carros estão estacionados porque naquele trecho é permitido em certos horários, quando há duas faixas contínuas amarelas ou vermelhas, o estacionamento é proibido a qualquer momento

      Thumb up 1 Thumb down 1

      • AndreaG

        Obrigada pela informação, André! É que eu não dirijo aqui. De qualquer forma, pela sua informação, esses carros tem o direito de estar aí estacionados (pelo menos nesse horário), e os ciclistas e ônibus também tem direito de circular por aí. Então continuo pensando que não foi bem pensada essa estrutura. Não tem espaço para um carro estacionado, um ônibus, e um ciclista. Impossível. Ainda acho que eles deveriam reconsiderar essa divisão de espaço… Porque se não houvesse faixa pra ciclista, ele estaria ocupando o meio da faixa, e não levaria a portada. Mas é só minha opinião mesmo. Não sou expert, não! Rs. Abraço.

        Thumb up 0 Thumb down 1

  • JORGE RAFAEL

    [Comentário oculto devido a baixa votação. Clique para ler.]

    Esse comentário não tem feito muito sucesso. Thumb up 5 Thumb down 21

    • Renato

      Menos, o maior é responsavel pelo menor….só isso já basta. Você vai atropelar um pedestre de proposito pq ele está errado em atravessar a faixa com o sinal vermelho para ele?

      No Japão, em qualquer acidente, a culpa é inteiramente do motorista.

      Polêmico. O que acha? Thumb up 4 Thumb down 5

      • Tarantino

        § 2º Respeitadas as normas de circulação e conduta estabelecidas neste artigo, em ordem decrescente, os veículos de maior porte serão sempre responsáveis pela SEGURANÇA dos menores, os motorizados pelos não motorizados e, juntos, pela incolumidade dos pedestres.”

        Cuidado com as palavras, em assuntos legais, até mesmo uma simples vírgula pode mudar ou reverter uma situação, quanto mais uma palavra. Note a diferença :

        “O tribunal condena; eu não o absolvo.”

        “O tribunal condena; eu não, o absolvo.”

        Thumb up 2 Thumb down 4

    • Luis

      Jorge,

      Não distorça as coisas… Nesse caso, o motorista abriu a porta sem olhar no retrovisor, até um cego vê isso… Ninguém está dizendo que ele fez por mal, mas foi desatento…

      Thumb up 3 Thumb down 1

      • Renato

        Pois é e essa desatenção poderia ter custado a vida de alguém. E ainda tem gente que tenta, sutilmente, justificar uma barbaridade dessas.

        Motorista irresponsável mesmo. Poderia até ter sobrado para o Taxista, caso não tivesse tido tempo suficiente para evitar o pior….

        Thumb up 2 Thumb down 0

Enviar resposta

Você pode usar estas tags HTML

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>