Manual mostra que bicicleta faz bem ao comércio e ajuda empresário a receber bem o ciclista

Apoie nosso trabalho,
doe um libre!
Imagem: Reprodução/Ciclocidade

Imagem: Reprodução/Ciclocidade

Quem esteve no dia da inauguração da ciclovia da paulista e nos finais de semanas subsequentes onde a via foi aberta às pessoas deve ter notado que comércio da região estava cheio. O fato contraria umas das objeções de que ciclovia atrapalha o comércio, já que os clientes não podem estacionar seus carros, como se a definição da palavra cliente significasse motorista.

A Associação dos Ciclistas Urbanos de São Paulo (Ciclocidade) acaba de lançar o “Manual Bicicleta e Comércio”, que tem como um dos objetivos derrubar alguns mitos, como este descrito acima, além de convidar os comerciantes a adequarem o comércio para atrair os ciclistas. Muito mais que isto, provar que é viável e rentável a readequação. O material faz parte da campanha “Bicicleta faz bem ao Comércio”, da Ciclocidade.

A publicação retrata a experiência dos Estados Unidos, onde após a instalação da malha cicloviária, 66% dos comerciantes de São Francisco disseram que as vendas aumentaram. Outro exemplo também é Nova York, onde o comércio faturou 49% a mais nas ruas em que foram instaladas as vias para bicicletas.

O manual convida o comerciante a colocar suportes para estacionar bicicletas (paraciclos), cuja instalação deve seguir a orientação da Companhia de Engenharia de Trafego – CET. É importante lembrar também que é de responsabilidade do proprietário do imóvel a conservação da calçada. Ou seja: é conveniente, além do estacionamento para bicicletas, deixar a fachada em ordem.

“Ciclistas são dos melhores tipos de cliente: ao serem estimulados, voltam com regularidade, gastam mais no mês do que motoristas e o custo para agradá-los é muito baixo”, diz publicação no site da Associação.

Adesivo será distribuído a comerciantes que recebem bem o ciclista. Foto: Willian Cruz

Adesivo será distribuído a comerciantes que recebem bem o ciclista. Foto: Willian Cruz

Distribuição

De acordo com o diretor de participação da Ciclocidade, Daniel Guth, a distribuição do material deverá ser feita em blitzes nos comércios de rua da cidade. “Distribuiremos preferencialmente nos estabelecimentos próximos a ciclovias e ciclofaixas. Ainda vamos apresentar oficialmente à Associação comercial de São Paulo”, diz Guth.

Junto com o manual, será distribuído também um adesivo que indicará no estabelecimento que a bicicleta é bem-vinda. Também está nos planos uma ferramenta georreferenciada de avaliação de comércios amigos da bicicleta (Combike), que está em fase de testes.

O manual em formato PDF pode ser baixado aqui. Você encontra mais informações sobre a campanha nesta página.

Vídeos

Como parte da campanha, a Ciclocidade criou uma websérie com exemplos de comerciantes que se adaptaram às ciclovias e estão se beneficiando com o aumento no uso da bicicleta na cidade. Até o fechamento desta edição, dois vídeos já haviam sido lançados. Assista abaixo a série completa, em sequência.

Gostou da matéria? Doe um libre
e ajude nosso projeto a continuar!

3 comentários para Manual mostra que bicicleta faz bem ao comércio e ajuda empresário a receber bem o ciclista

Enviar resposta

Você pode usar estas tags HTML

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>