Bicicletas compartilhadas de Curitiba terão novidades em relação a outros sistemas

Reunião com o prefeito de Curitiba, Gustavo Fruet (PDT). Foto: Divulgação/Prefeitura de Curitiba

Reunião com o prefeito de Curitiba, Gustavo Fruet (PDT), no canto inferior esquerdo. Foto: Divulgação/Prefeitura de Curitiba

No último dia 23 de junho, a prefeitura de Curitiba lançou edital de licitação de um sistema de empréstimo de bicicletas. Diferentemente de outros programas no Brasil, o da capital paranaense deve ser lançado com uma série de novidades, atendendo algumas demandas de ciclistas.

Basicamente serão 480 bikes para uso gratuito por até 45 minutos. A cobrança passa a ser feita por frações de 15 minutos a partir desse tempo. O usuário poderá retirar a bicicleta em uma das 43 estações, sendo que a maior parte delas será instalada na região central de Curitiba.

Em cada um dos pontos de retirada ou devolução, será disponibilizada internet wi-fi gratuita. A velocidade de acesso para cada usuário deverá ser de no mínimo 256 kbps para download e upload, com tempo limite para uso de dez minutos diários e com 1 MB de limite de dados para cada cidadão.

Tarifa do serviço

Em relação à tarifa do serviço após os 45 minutos livres, a prefeitura estabeleceu em edital que os preços máximos deverão ser de R$ 5 para o passe diário, R$ 12 o acesso mensal e R$ 55 para a compra semestral. A cada 15 minutos após o tempo gratuito, será cobrado entre R$ 2 e R$ 2,50 a cada 15 minutos de uso.

O programa prevê a retirada dos equipamentos por meio de estações de auto-atendimento computadorizadas, além do aplicativo, usualmente conhecido em outros sistemas. Outra novidade que atende à reivindicação de ciclistas é o horário de operação: das 5 da manhã à meia-noite.

A empresa vencedora poderá explorar espaços publicitários nas estações, bicicletas e demais serviços correlatos. O modelo prevê repasse de receitas de 15% ao poder público.

Monitoramento

O sistema de bike sharing da capital paranaense deverá ser montado já se prevendo a obtenção de dados estatísticos, afim de se compreender melhor os deslocamentos e até oferecer subsídios para mudanças, ampliação ou ajustes. As bicicletas terão rastreadores de monitoramento para medir a origem/destino, tempo de utilização e trajeto percorrido.

A abertura das propostas será feita em 27 de julho de 2016 e o vencedor da licitação será aquele que oferecer o menor preço de implantação, conforme estabelece a legislação. Após escolhida a empresa ou consórcio, ele terá que cumprir algumas metas de instalação. Inicialmente será construída uma espécie de estação piloto em 25 dias na imediações da estação Rodoferroviária de Curitiba. Então, a prefeitura deve avaliar o projeto para análises.

Se a estação estiver adequada, a empresa terá o prazo de 140 dias para implantar o sistema, obedecendo etapas: em 75 dias serão instaladas as primeiras 25 estações, com fornecimento de 280 bicicletas. Em seguida, no prazo de 65 dias, outras 18 estações com capacidades para 200 bicicletas. Ficará a cargo da empresa também as metas a serem cumpridas em relação à disponibilidade de bikes.

Locais

Pesquisando os locais das futuras estações, é possível observar que os pontos foram escolhidos próximos a equipamentos públicos, privados e em paradas de ônibus, incluindo as estações tubo do sistema de corredor de ônibus da cidade, o chamado Ligeirinho. Constituído desta forma, será possível o uso da intermodalidade, onde o munícipe poderá usar a bike combinada a outros meios de transporte em seu deslocamento.

A prefeitura disponibilizou os locais com as estações dividindo por três tipos, de acordo com o tamanho de cada estrutura:

Estações Grandes

19 de Dezembro (Rua Barão do Serro Azul, 479), Botânico (Rua Engenheiro Ostoja Roguski, 333), Marechal Deodoro (Rua Marechal Deodoro, 945), MON II (Rua Manoel Eufrásio, 1.389), Oswaldo Cruz (Rua Brigadeiro Franco, 2.300), Passeio Público (Rua da Glória, 91), Politécnico (Av. Prefeito Lothário Meissner, 632), Prefeitura (Ernani Santiago de Oliveira, 212), Tiradentes (Praça Tiradentes/Catedral de Curitiba), PUC II (Rua Imaculada Conceição, 1.516), Reitoria I (Rua General Carneiro, 415) e Reitoria II (Rua Dr. Faivre, 398).

Estações Médias

Baden Powell (Av. Sete de Setembro, 2.201), Barão do Rio Branco II (Rua Barão do Rio Branco, 518), Cruz Machado (Rua Cruz Machado, 576), Generoso (Rua Riachuelo, 61), Memorial (Rua do Rosário, 187), Mercado Municipal (Av. Sete de Setembro, 1.810), Prudente de Moraes (Rua Prudente de Moraes, 134), Rui Barbosa (Praça Rui Barbosa/Rua André de Barros), PUC I (Rua Imaculada Conceição, 924) e Zacarias (Praça Zacarias, 46)

Estações Pequenas

24 de Maio (Av. Sete de Setembro, 3.554), 24 Horas (Rua Visconde do Rio Branco, 1.691), Augusto Stelfeld (Alameda Augusto Stelfeld, 295), Barão do Rio Branco I (Rua Barão do Rio Branco, 180), Biblioteca Pública (Rua Ébano Pereira, 67), Carlos Gomes (Rua Monsenhor Celso, 361), Conselheiro Laurindo (Rua Conselheiro Laurindo, 280), Fesp (Rua Dr. Faivre, 208), Guadalupe (Rua André de Barros, 832), Jaime Reis (Rua Jaime Reis, 402), Japão (Av. Sete De Setembro, 5.104), Mariano Torres (Rua Mariano Torres, 669), MON I (Rua Marechal Hermes, 600), Osório I (Praça General Osório, 125), Osório II (Alameda Cabral, 9), Paz (Rua da Paz, 195), Rodoviária (Av. Pres. Affonso Camargo, 330), Rosário (Rua do Rosário, 58), Santos Dumont (Rua Saldanha Marinho, 338), Sete de Setembro (Rua Barão do Rio Branco, 763) e UFPR (Rua João Negrão, 11).


2 comentários para Bicicletas compartilhadas de Curitiba terão novidades em relação a outros sistemas

  • GUILHERME A.

    Da maneira como vocês colocam parece que os 45 minutos Diários independem do passe comprado, o que não deve ser o caso.

    Outra coisa importante de se notar é que as estações-tubo não correspondem sempre ao ligeirinho. As linhas que recebem esta conotação são aquelas que fazem trajetos efetuando poucas paradas… os ônibus biarticulados também utilizam estações-tubo e não são chamados de ligeirinhos pois fazem várias paradas ao longo de seus trajetos.

    Thumb up 0 Thumb down 0

  • Bruno

    Muito bom, tomara que a população colabore com essa novidade!

    Thumb up 3 Thumb down 0

Enviar resposta

  

  

  

Você pode usar estas tags HTML

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>