Ciclista pedala na ciclovia da Av. Liberdade, no Centro de São Paulo. Foto: Willian Cruz

São Paulo terá mais 64,5 km de ciclovias em setembro – veja lista

Cidade deve encerrar mês com um total de 109,4 km de ciclovias, mais os 63 km herdados de outras gestões. Saiba onde serão implantadas as novas vias para bicicletas.

Ciclista pedala na ciclovia da Av. Liberdade, no Centro de São Paulo. Foto: Willian Cruz
Ciclista pedala na ciclovia da Av. Liberdade, no Centro de São Paulo. Foto: Willian Cruz

A capital paulista vai ganhar mais 64,5 km de ciclovias nesse mês de setembro. O anúncio foi feito pelo secretário de Transportes, Jilmar Tatto, na manhã dessa sexta-feira (5), durante reunião com os subprefeitos. Com os 44,9 km já implantados desde junho, a cidade deve encerrar o mês com 109,4 km de novas vias para bicicletas. E, somando com os 63 km já existentes de gestões passadas, a cidade chegará a um total de 172,4 km de vias exclusivas ainda em setembro – praticamente o triplo do que a cidade tinha até três meses atrás.

As novas estruturas se conectarão com as já existentes e com equipamentos públicos, como parques, terminais de ônibus e estações de metrô e de trem. O secretário também afirmou que a prefeitura pretende estimular o uso da bicicleta, aumentando as viagens diárias de 300 mil por dia para 3 milhões. A intenção é fechar 2014 com 200 km de ciclovias, metade da meta de 400 km prometida para o final de 2015.

Veja 18 razões para apoiar a implantação de ciclovias

Próximas ciclovias

Veja a lista completa das ciclovias que serão implantadas no mês de setembro:

PROJETOS CICLOVIÁRIOS EM
PROCESSO DE OPERACIONALIZAÇÃO EM SETEMBRO DE 2014

Implantado = 44,9 km

EIXO

INÍCIO

FIM

EXTENSÃO (Km)

KMS EM 2014

RUA DOS AMERICANOS AV. DR. ABRAÃO RIBEIRO R. DO BOSQUE

0,8

45,7

R. CRUZEIRO R. DO BOSQUE R. LUIGI GRECCO

0,2

45,9

R. LUIGI GRECCO R. CRUZEIRO PASSARELA CPTM

0,1

46,0

R. Itatiara Av. Pça.Charles Miller R. Alvares Penteado

0,3

46,3

R. Alvares Penteado R. Itatiara R. Piauí

0,4

46,7

R. Piauí R. Alvares Penteado RUA DONA VERIDIANA

0,7

47,4

Av. Antonio de S. Noschese AV PRES. ALTINO PÇ WILLIAM KALIL

1,8

49,2

Av. Leão Machado PÇ WILLIAM KALIL AV CORIFEU DE A. MARQUES

0,3

49,5

Av. Gal. Mac Artur AV CORIFEU A. MARQUES AV CORIFEU A. MARQUES

0,5

50,0

Av. Pres. Altino AV CORIFEU A. MARQUES AV. GAL. MAC ARTUR

1,8

51,8

R. Santo Eurilo AV JAGUARE AV. ESCOLA POLITECNICA

0,4

52,2

R. Pires de Oliveira R. Fernandes Moreira R. Maestro Jordão Bernardino de Sene

0,6

52,8

R. M.Jordão B. de Sene R. Pires de Oliveira R. Mário Reis

0,3

53,1

R. Mário Reis R. M.Jordão B. de Sene Entrada Pq. Severo Gomes

0,2

53,3

Teodureto Souto R. Inglês de Souza R. da Glória

4,1

57,4

Parque Esportivo Trabalhador R. Jacob Fath / R. Antônio Alves Barril / R. Prof. João de Oliveira Torres / R. Mello Bini

0,8

58,2

Av. Rangel Pestana e Vd. Maestro Alberto Marino Rua Piratininga Rua Joaquim Nabuco

0,5

58,7

Av. Dr. Assis Ribeiro (Trecho II) Av. Paranaguá R. Cisper ( passarela USP)

2,3

61,0

Rua Candido Espinheira Avenida Pacaembu Rua Ministro de Godoy

0,7

61,7

Rua João Ramalho Rua Ministro de Godoy Av. Sumaré

0,3

62,0

R. Ministro Godoi R. Dr. Cândido Espinheira R. João Ramalho

0,8

62,8

Ligação entre a ciclovia da Av. Faria Lima com a Estação Cidade Jardim (CPTM), o Parque do Povo e a Ciclopassarela, até a ciclovia da Marginal Pinheiros (inclui a Rua Prof. Artur Ramos)

1,3

64,1

Rua Rodolfo Miranda Av. Tiradentes Rua Prates

0,4

64,5

Rua Prates Rua Rodolfo Miranda Rua Três Rios

0,6

65,1

Rua Prates Rua Três Rios Rua Mauá

0,3

65,4

Rua Três Rios Rua Prates Rua da Graça

0,4

65,8

Rua Silva Pinto Rua Anhaia Rua da Graça

0,3

66,1

Av. Tiradentes Estação Armênia do Metrô Rua Pedro Vicente

0,1

66,2

Rua Araguaia Av. Bom Jardim Rua Canindé

0,7

66,9

Rua Hannemann Rua Canindé Rua Rio Bonito

0,5

67,4

Rua Canindé Rua Araguaia Rua Hannemann

0,5

67,9

Av. Bom Jardim Av. Carlos de Campos Rua Araguaia

0,6

68,5

Rua Pedro Vicente Av. do Estado Rua das Olarias

0,8

69,3

Rua das Olarias Rua Araguaia Rua Rio Bonito

0,5

69,8

Al. Nothmann Al. Cleveland Rua Anhaia

0,2

70,0

RUA DR. ALBUQUERQUE LINS AL. BARROS R. BARRA FUNDA

0,6

70,6

ALAMEDA BARROS R. TUPI R. MARTINS FRANCISCO

1,1

71,7

RUA DR. CÂNDIDO ESPINHEIRA R. TUPI AV. PACAEMBU

0,1

71,8

RUA DR. FREDERICO ABRANCHES R. MARTINS FRANCISCO R. SEBASTIÃO PEREIRA

0,5

72,3

RUA AMARAL GURGEL ACESSO CICLOFAIXA EXISTENTE

0,1

72,4

PRAÇA JOÃO MENDES R. CONS. FURTADO RUA TABATINGUERA

0,1

72,5

RUA TABATINGUERA PRAÇA JOÃO MENDES RUA DAS CARMELITAS

0,4

72,9

RUA DAS CARMELITAS RUA TABATINGUERA RUA FREDERICO ALVARENGA

0,2

73,1

RUA FREDERICO ALVARENGA BAIXOS DO VIAD. RANGEL PESTANA VIA DE ACESSO AO TERMINAL

0,1

73,2

RUA VINTE E CINCO DE MARÇO BAIXOS DO VIAD. RANGEL PESTANA RUA FERNÃO SALES

0,1

73,3

RUA FERNÃO SALES RUA 25 DE MARÇO VIA DE ACESSO AO TERMINAL

0,1

73,4

RUA ALEXANDRIA TODA EXTENSÃO

0,1

73,5

PQ D. PEDRO II RUA ALEXANDRIA ACESSO À ESTAÇÃO PEDRO II

0,1

73,6

PQ D. PEDRO II RUA 25 DE MARÇO RUA BASÍLIO JAFET

0,3

73,9

Av. Sumaré / Av. Paulo VI Praça Caetano Fracaroli Rua João Moura

0,7

74,6

RUA SANTA ROSA DE LIMA AV. MAL. TITO PASSARELA DA CPTM

0,4

75,0

RUA KUMAKE AOKI PÇA CRAVEIRO DO CAMPO AV. DR. JOSÉ ARTUR DA NOVA

0,9

75,9

AV. DR. JOSÉ ARTUR DA NOVA RUA KUMAKE AOKI RUA OLIVEIRA FREIRE

0,8

76,7

RUA OLIVEIRA FREIRE AV. DR. JOSÉ ARTUR DA NOVA RUA ASCENSO FERNANDES

1,2

77,9

RUA ASCENSO FERNANDES RUA KUMAKE AOKI RUA MUNIZ FALCÃO

0,9

78,8

RUA GONÇALVEZ RIBEIRO RUA KUMAKE AOKI RUA MUNIZ FALCÃO

0,7

79,5

RUA MUNIZ FALCÃO RUA GONÇALVEZ RIBEIRO RUA ASCENSO FERNANDES

0,7

80,2

RUA ALTOS DO OITI RUA ASCENSO FERNANDES AV. PROF. ALÍPIO DE BARROS

0,8

81,0

RUA CARDON RUA SUZANA DE MELO RUA CRIUVA

1,3

82,3

RUA CRIUVA RUA CARDON AV. NORDESTINA

0,1

82,4

RUA MOACIR DANTAS ITAPICURU AV. NORDESTINA AV. DEP. DR. JOSÉ ARISTODEMU PINOTTI

0,3

82,7

AV. DEP. DR. JOSÉ ARISTODEMU PINOTTI RUA MOACIR DANTAS ITAPICURU AV. MAL. TITO

2,0

84,7

Av. Arqto.Vilanova Artigas R. Jorge Lopes de Lima R. Catedral Submersa

2,0

86,7

HONDURAS Rua Honduras Av. Sgto. Mario Kozel Filho

1,6

88,2

Av. Aguiar da Beira – TRECHO I Av. da Barreira Grande Av. dos Nacionalistas

0,9

89,1

Av. Aguiar da Beira – TRECHO II Av. dos Nacionalistas R. Rego de Barros

1,2

90,3

Av. Amador Aguiar Est. do Corredor Av. Nelson P. Travassos

1,3

91,7

Av. Min. Petrônio Portela Av. Gal Edgar Facó R. José Carlos Monteiro

2,6

94,2

Av. Gal Edgar Facó R. da Balsa Av. Fuad Lutfala

2,2

96,4

Av. Atlântica R. João de Barros R. Valentin R. Delano

1,2

97,6

Av. do Jangadeiro Av. Teotônio Vilela R. Icanhema

0,2

97,8

Av. do Jangadeiro R. Icanhema R. Justino Nigro

0,4

98,2

R. Justino Nigro Av. do Jangadeiro R. Plinio Schimidt

0,5

98,7

R. Plinio Schimidt R. Justino Nigro Pça. Geraldo S. Pacheco

0,2

98,9

Pça. Geraldo S. Pacheco Ao lado da praça

0,5

99,4

R. Pedro Roschel Gottzfritz Av. Rubens M. Borba Av. Aurélia L. Takano

0,5

99,9

Av. Aurélia L. Takano R. Pedro Roschel Gottzfritz Av. Dr. Sebastião Medeiros

0,3

100,2

Av. Dr. Sebastião Medeiros Av. Aurélia L. Takano Viaduto CPTM

0,1

100,3

Pça João B.da Silva Viaduto CPTM Av. Lourenço Cabreira

0,1

100,4

Av. Lourenço Cabreira Pça João B.da Silva Av.Pres.João Goulart

0,7

101,1

Av.Pres.João Goulart Av.Lourenço Cabreira Av.João B.Cataldo

0,3

101,4

Av.João B. Cataldo Av.Pres.João Goulart Av.Jair Ribeiro

0,1

101,5

Av. Jair Ribeiro Av.João B. Cataldo Ponte Vitorino Goulart

0,8

102,3

Ponte Vitorino Goulart Av. Jair Ribeiro Av. Jair Ribeiro

0,3

102,6

Av. Jair Ribeiro Pte V. Goulart Av.Miguel Yunes (ciclovia CPTM)

0,5

103,1

R. Jupatis Av. Eng. George Corbisier R. Camilo Carrera

0,3

103,4

R. Camilo Carrera R. Jupatis R. Belmiro Zaneti Esteves

0,2

103,6

R. Belmiro Zaneti Esteves R. Camilo Carrera R. Otavio T. M. Sobrinho

0,2

103,8

R. Otavio T. M. Sobrinho R. Belmiro Zaneti Esteves R. Gustavo da Silveira

0,9

104,7

Cel. Lisboa/ Jabaquara R. Madre Cabrini Av. Jabaquara

4,7

109,4

TOTAL

64,5

109,4

Mapa

O leitor Pedro Kok passou para um mapa online a tabela acima. Pedro reforça que esse não é o mapa oficial e que há algumas suposições quanto ao percurso, pois encontrou algumas inconsistências nos trechos listados e teve que improvisar as ligações onde achou mais provável. Então outro leitor, o Rodrigo Poggian, aplicou sobre o mapa do Pedro o mapeamento da CET com as ciclovias existentes. O resultado, embora possa ter falhas, ficou ótimo e serve para termos uma ideia aproximada do que será implantado. Obrigado, vocês foram ótimos!

195 comentários em “São Paulo terá mais 64,5 km de ciclovias em setembro – veja lista

  1. Estamos perto de setembro de 2015 e algumas dessas não viraram realidade ainda. (ex: Conselheiro Furtado, Tabatinguera, João Mendes). 🙁

    Thumb up 0 Thumb down 0

    1. 11 meses se passaram e os moradores da liberdade/glicério seguem aguardando a ciclovia da Conselheiro Furtado/Tabatinguera que nos conectará na grande rede de ciclovias. Vamos Haddad! Tatto! CET! Falta pouco…

      Thumb up 0 Thumb down 0

  2. [Comentário oculto devido a baixa votação. Clique para ler.]

    Esse comentário não tem feito muito sucesso. Thumb up 2 Thumb down 15

    1. [Comentário oculto devido a baixa votação. Clique para ler.]

      Esse comentário não tem feito muito sucesso. Thumb up 1 Thumb down 14

    2. Elite?????
      Meu pai era motorista de onibus da antiga viação bristol, atual via sul….
      Hoje sou programador de cad cam, e meus cursos sairam do meu bolso quando trabalhei nos hipermercados da vida, que pagam o grande salário colocado pelo sindicado dos comerciários…
      Hoje tenho carro com banco de couro, mesmo assim ando 48.8km de bike nas terças e sextas pq o sedentarismo me atingiu…
      Por favor, seja educado e busque algo de bom para si mesmo….
      Esse não é o espaço certo para rebaixar nossas escolhas…

      Thumb up 5 Thumb down 2

    3. Bairros do Itaim Paulista, São Miguel Paulista, Guaianazes e outras da periferia mandam lembranças, sua desinformada . . . Definitivamente vc não conhece ou nunca andou na periferia…

      Thumb up 4 Thumb down 1

  3. Acabei de ler que a prefeitura desfez a ciclovia de Higienópolis por pressão dos locais…. isso vai abrir precedentes, to vendo tudo, sair apagando todas as ciclovias agora…. esse povo desse bairro!

    Thumb up 3 Thumb down 0

    1. Na verdade foi alterado o trajeto devido um pedido de comerciantes que tem bares no local e o percurso teve um leve desvio na rota, uns sites nada sensacionalistas (globo, r7, folha, etc..)publicou que a prefeitura está “apagando” a ciclovia devido a apelo dos comerciantes. Minha opinião sobre a decisão da CET: é mais seguro andar em ruas sem bares, assim vc se preocupa menos em ter que se desviar de bêbados na ciclovia e dos carros deles que provavelmente ficariam estacionados indevidamente na ciclovia.

      Thumb up 2 Thumb down 0

    2. Acho que o melhor seria manter a ciclovia e criar alternativas para os clientes dos bares e restaurantes estacionarem e não ao contrário. Deram prioridade para estacionamento ao invés de mostrar as pessoas que há outros meios de se locomover pela cidade sem ser motorizado.

      Comentário bem votado! Thumb up 4 Thumb down 0

  4. Preciso desabafar em algum lugar rs toda hora escuto ou leio em algum lugar: não passa ciclista na ciclovia. As pessoas acham o que? que tem que ter congestionamento de bicicletas como é de veículos? Eu sempre vejo ciclistas, claro não são muitos mas sempre tem….. Isso quando não tem carros e motos parados indevidamente ou mesmo pessoas, o que acho incrível pq tem tanto lugar para eles ficarem e eles fazem questão de ficar na ciclovia! É sempre a grande massa da maioria mal educada querendo prejudicar a minoria!

    Obrigado pelo desabafo

    abs

    Comentário bem votado! Thumb up 10 Thumb down 0

    1. [Comentário oculto devido a baixa votação. Clique para ler.]

      Esse comentário não tem feito muito sucesso. Thumb up 2 Thumb down 8

    2. [Comentário oculto devido a baixa votação. Clique para ler.]

      Esse comentário não tem feito muito sucesso. Thumb up 1 Thumb down 6

      1. O ciclista poderá circular no contrafluxo quando houver sinalização específica. Neste caso, as faixas pintadas no solo. É assim em qualquer lugar do mundo. Ciclofaixas muita criticadas? Por quem? Como ciclista este momento para mim é fantástico. Está ocorrendo uma transformação incrível na cidade propiciando melhor convivência entre motoristas, pedestres e ciclistas como nunca antes se viu. Óbvio que ocorrem alguns erros, mas é assim que o sistema é aperfeiçoado. Tem gente que só sabe criticar!

        Comentário bem votado! Thumb up 12 Thumb down 1

        1. [Comentário oculto devido a baixa votação. Clique para ler.]

          Esse comentário não tem feito muito sucesso. Thumb up 0 Thumb down 6

      2. Duas considerações:
        1° a prefeitura quer definir o ESPAÇO publico, por isso ela faz uso de pintura nesse momento e posteriormente será trocado por asfalto pigmentado.
        2° contrafluxo da ciclovia é viável pq as tartarugas colocadas nas laterais induzem o bom motorista a manter um afastamento considerável e a respeitar o ciclista.
        Sem mais….

        Comentário bem votado! Thumb up 8 Thumb down 1

    3. Carlos, o diálogo existiu, foram abertas discussões entre a prefeitura e a população, talvez não tenha sido muito bem divulgado, mas de qualquer forma são raros os que participam. Não concordo com o seu ponto de vista sobre os motivos das ciclovias estão sendo criticadas, as pessoas criticam pelo simples fato de criticar. Concordo com o Luram, existem falhas, já vi várias, mas cabe o aperfeiçoamento, os pedestres terem mais educação, os motoristas e também alguns ciclistas….
      Não concordo quando falam “só pintar o chão é fácil” é tão fácil que até hoje ninguém tinha feito… Algumas ruas terão que ter a ciclovia no contrafluxo, não tem como escapar.
      Só não acho legal transformar a discussão da ciclovia em discussão partidária, não sou a favor de partido nenhum, sou a favor de iniciativas que tragam o bem para todos, inclusive para a minoria, como é o caso dos ciclistas, comparados com os motoristas e usuários de transporte público.

      abs

      Comentário bem votado! Thumb up 7 Thumb down 1

    4. Outro dia refiz o meu caminho com um acrescimo de 9 km para testar as ciclovias vazias das quais alguns conhecidos disseram que nunca viram passar ninguem, pois bem … não contei quantos foram os ciclistas, não … não foi um congestionamento de ciclistas, mas havia sim ciclistas pelo caminho tanto na minha mão quanto na outra … Bem provavel que os conhecidos não passaram no mesmo horario em que as pessoas que utilizam a bike como meio de transporte e nao apenas para lazer … Ou seja estudantes e trabalhadores, utilizarão antes/apos a aula, ou antes/apos o serviço … O que constatei em ciclovias de 2 vias no qual as vezes se pedala pela “contramão” … quando se esta na contramão(na ciclovia) a atenção deve ser redobrada … pois pedestres e autos não esperam que as pessoas passem pedalando, ou seja saidas de garagem, faixas de pedestres .. e pedestres atravessando por fora da faixa podem cruzar até se acostumarem … a bike por não possuir o barulho de motor não são percebidas com tanta facilidade.

      Ando à alguns anos de bike já todos os dias, alias iniciei com consultas por aqui no vadebike tentando descobrir a forma de como se pedalar de forma segura … Naquela epoca sim … era muito raro ver alguem alem de mim andando de bike pelas ruas … cumprimentei o William outro dia, na verdade tive a vontade de lhe dar um abraço … mas soaria meio estranho e maluco … mas agradeço muito pelo trabalho de divulgar informações uteis em relação ao ciclismo e dicas para a pratica.

      Abraços

      Comentário bem votado! Thumb up 4 Thumb down 0

  5. Pessoal, o que aconteceu com a comunicação? Não acho mais os lugares que as ciclovias estão sendo inauguradas, previsões e etc. A ciclovia da Cel Lisboa até o final da Jabaquara está pronta, por que não está no mapa da CET como entregue? Não achei informações da prefeitura sobre as da França Pinto e da Al. dos Guatãs em lugar nenhum, apesar que estas ainda não estão concluídas…. Mas antes todo final de semana tinha informação das ciclovias entregues e agora isso não existe mais?

    abs

    Thumb up 2 Thumb down 0

    1. Adriano, não estamos mais dando conta de divulgar todas as inaugurações. A ciclovia da Cel. Lisboa/Jabaquara já está considerada como entregue pela CET, se não apareceu no mapa é uma questão de tempo. Às vezes demoram um pouco para atualizar.

      Thumb up 2 Thumb down 0

      1. Willian, o mapa já estava atualizado e tbm baixei o aplicativo que vcs indicaram, o Pedala SP, e o site que o Aleksandro passou da CET tbm ajuda 😀 é que fico curioso com as notícias e ansioso pelas inaugurações, mesmo que não seja uma região que eu frequente…… obrigado e abs

        Thumb up 2 Thumb down 1

  6. Galera – eu comprei uma bike e comecei a vir ao trabalho pedalando essa semana (mora na vila amriana e trabalho no metro conceição) e já estou usando a ciclovia da col. lisboa-boninas-jabaquara.

    Hoje, ao descer a Rua Humberto I na Vila Mariana, reparei que começaram a pintar a Rua França Pinto: provavelmente ligará a ciclovia da vergueiro com o parque ibirapuera!

    Abs

    Comentário bem votado! Thumb up 6 Thumb down 0

      1. Willian, fiquei muito contente com a nova ciclovia na rua França Pinto.

        Uma pergunta: triciclos a pedal (não motorizados) são permitidos em ciclovias e ciclofaixas? Abs.

        Thumb up 1 Thumb down 0

          1. Hoje ando de terça e sexta feira, espero me acostumar logo para incluir mais um dia na semana….
            São 48km no total,ida e volta. Faço em 1:25hs. Começei tem 3 semanas que começei…
            Espero acabar logo as obras do monotrilho na anhaia mello para terminarem a ciclovia embaixo dele 🙂

            Thumb up 2 Thumb down 0

    1. Legal um carro a menos! eu faço o trajeto ao contrário saio do Jabaquara e vou pra Vila Mariana. A França Pinto é legal mesmo. Fora que pode fazer a ligação com o Parque do Ibirapuera.

      Thumb up 2 Thumb down 0

      1. infelizmente eu já ia de metro..rss.

        Ontem a noite passei pela tangará (prox ao instituto biologigo, e a faixa vermelha já estava cruzando a avenida e descendo aquela rua ao lado do IB que leva ao cebolinha e ao MAC (ex-Detran). Então me parece que de fato essa será uma conexão com o Ibirapuera.

        Thumb up 1 Thumb down 0

        1. Eu também usava mais metro do que carro, mas além de ser lotado e dar muitos problemas eu chego em casa mais rápido de bike. Fora os benefícios pra saúde.

          Thumb up 1 Thumb down 0

    2. Muito bom! Eu ainda defendo também uma interligação via Pedro de Toledo, por ser das mais planas, por ter um eixo de serviços importante (Hospital São Paulo, Escola Paulista de Medicina e centenas de clínicas e consultórios médicos espalhados por ali) e por ser a ligação mais curta de uma estação de metrô (Santa Cruz) com o Parque do Ibirapuera.

      Thumb up 0 Thumb down 0

      1. A Pedro de Toledo e Borges Lagoa seriam uma boa, mas são ruas muito movimentadas, com muito trafego de ônibus. Se fosse fazer uma ciclofaixa ali eu sairia da Av Jabaquara seguindo pela Diogo de Faria > José de Magalhães > Pedro de toledo. A Diogo de Faria é super larga e acomoda sem problemas uma ciclovia de duas mãos em toda a extensão.

        Thumb up 1 Thumb down 0

    3. É o caminho que eu faço normalmente, ou pela Madre Cabrini e Gandavo. Volto a insistir (quem sabe a prefeitura leia aqui rs) que eles poderiam continuar a ciclovia da Calixto da Mota através da Dr. Neto de Araujo, ligando a da Vergueiro e essa nova da França Pinto.

      Da última vez que passei pela Madre Cabrini observei que ela não estava sendo pintada até o colégio, inclusive escutei uma senhora falando que o colégio e várias outras PJs iam entrar na justiça contra a ciclovia, será que conseguiram?

      abs

      Thumb up 0 Thumb down 0

  7. Passei hoje pela Av. Indianópolis e cruzei com o tapete vermelho na Alameda Quatas. Deve ser uma ligação com a Av. Jabaquara. Uma boa pra quem precisa cortar caminho pela Whitaker. Show de bola! Tomara que a ciclovia da Indianópolis saia em breve tb.

    Comentário bem votado! Thumb up 5 Thumb down 0

    1. A Ciclovia da Anhaia Melo vai sendo entregue a medida que a linha do monotrilho da linha 15 for sendo entregue…Como o projeto da linha 15 é de Ipiranga até Cidade Tiradentes com 26,6km, teremos mais 26km de ciclovia a mais até 2016, essa sendo construida pelo governo do estado.

      E ainda teremos a ciclovia da outra linha de monotrilho (linha 17 – ouro), que está sendo construida lá na Jornalista Roberto Marinho.

      Comentário bem votado! Thumb up 5 Thumb down 0

  8. Pessoal, além de verificarem a qualidade da ciclovia, e a qualidade da vizinhança ( 🙂 ), verifiquem a metragem dela.
    No meu caso, uma das ciclovias implantadas no meu bairro, apresentou menos metragem do que citado na lista de 1,8 km para 0,5 km ! A ciclorrota mais próxima disto fica na direção oposta que passa por empreendimentos imobiliários em construção. É uma concidência ou não ?
    Em todo caso, deve ser subtraído do total de km de ciclovias em 1,3 km.

    Thumb up 0 Thumb down 0

        1. Não. A extensão é de somente 500 mts, e não 1,8 km. Na lista, a partir de Av. Gen. MacArthur até a Av. Corifeu de Azevedo Marques é de somente 500 mts, medida real, e não estes 1,8 km.. Então há erro.

          Thumb up 0 Thumb down 0

        2. Hum há um erro na lista mesmo. A ciclovia na Gen. MacArthur não tem 0,5 km tem mais. E no trecho da Av. Pres. Altino da Av. Gen. MacArthur até Corifeu tem de menos 0,5 wó que anunciaram 1,8 Km. Houve a troca de metragens. Opa ! deculpem. Então quanto a metragem está OK. Trocaram a extensão destas duas ciclovias.

          Thumb up 2 Thumb down 0

  9. Acabei de passear pela Madre Cabrini e não tem nada, fui até a Cel Lisboa e só está pintado até a Sena Madureira, inclusive acompanhando a faixa de pedestres até o canteiro central, onde tem uma passagem em desnível para pedestre, mas a pintura para ali no canteiro central, não vi nada para o outro lado 🙁

    Thumb up 1 Thumb down 0

  10. Boa noticia! O trecho da Avenida Jabaquara até o metro são judas já começou a ser pintado! Hoje passe por lá na ciclofaixa e o tapete vermelho já está estendido desde a al. das Boninas (trecho Cel. Lisboa que também está sendo sinalizada) até o metro São judas. Mas só pintaram o sentido bairro. O melhor é que nesse trecho a ciclovia será unidirecional no canteiro central, acompanhando o padrão da R. Vergueiro. Na minha opinião é o melhor modelo para avenidas com esse perfil de movimento e que tem faixa de ônibus na direita.

    Comentário bem votado! Thumb up 7 Thumb down 0

  11. No meu bairro, tem uma ciclovia que dizia que seriam 1.8 km, mas de fato só tinha 0,5 ! É erro de 1,3 km !
    Verifiquem a metragem das ciclovias que conhecem.

    Thumb up 0 Thumb down 0

    1. Passei pela Cel. Lisboa ontem e reparei que um trecho dela foi recapiado e sinalizado. Mas estranhamente a sinalização de estacionamento foi feita dos dois lados, ou seja não parece ter sido feita prevendo a ciclovia. Se o mês de setembro que não choveu tanto teve menos ciclovias, imagina em Outubro que deve chover mais. Vamos aguardar/torcer…

      Thumb up 1 Thumb down 1

      1. Alexandre, acredito que setembro não vingou por causa das eleições, Como o projeto está gerando muitas controvérsias e muitos que não apoiam, devem ter pedido para o prefeito apertar o freio até as eleições. Tomara que depois dela volte ao ritmo anterior!!!
        Quanto ao projeto da Cel. Lisboa, a prefeitura poderia fazer na Afonso Celso, que é quase plana, como a Domingos…

        Thumb up 1 Thumb down 0

    2. A Coronel Lisboa começou a ser pintada! Minha mulher viu hoje pela manhã. Não sei sobre outros trechos, hoje não pedalei.

      Comentário bem votado! Thumb up 5 Thumb down 0

      1. Passei por lá de carro agora (desviei meu caminho só pra ver… hehe).

        Realmente, está sendo pintado! É exatamente o trajeto previso: vai pela Cel Lisboa, desvia pra Al. dos Boninas até a Av. Jabaquara (perto do Metrô Praça da Árvore). Show! Quanto tempo será que demora pra ficar pronto?

        Thumb up 2 Thumb down 1

      2. Hoje já pedalei por esse trecho, nos dois sentidos. Realmente tá saindo! E como é rápido! Falta um monte de coisa ainda, mas é legal de ver. Acho que vai ficar pronto logo logo!

        Thumb up 1 Thumb down 0

      3. Passei por lá agora e quase todo o trecho já está pintado e com os tachões…e o melhor: já pintaram um trecho da avenida Jabaquara também!

        Thumb up 1 Thumb down 0

        1. Sim já está quase pronta. Só não gostei muito do ponto de ônibus compartilhando espaço com a ciclovia. Pode ser meio perigoso, mas ta valendo.

          Thumb up 1 Thumb down 0

          1. Vocês viram um lugar na Boninas (acho) que não conseguiram pintar a ciclofaixa porque tinha um carro estacionado (que pelo jeito não sai nunca dali)? Pintaram o chão em volta do carro e onde ele está ficou sem pintura. E o carro tá bem embaixo da placa de proibido parar e estacionar, se o dono não tirar ele dali logo, será rebocado. (vi isso no domingo, pode ser que já tenha saído de lá)

            Thumb up 3 Thumb down 0

          2. Até ontem às 21:00 o carro ainda estava lá. Que cara inconveniente, haha…

            Acho que ainda falta sinalização, mas como a ciclovia já está com os tachões em quase todo o trecho, dá pra usar na boa. Como as bikes andam em sentido contrário os dos carros, acho que vai ter alguma sinalização, porque dá um certo desespero de andar, digamos, na “contra-mão”. Mas né, é questão de acostumar (e usar colete refletor, roupas claras, luzes – inclusive no capacete – para ser bem visível pelos motoristas que vem no outro sentido).

            Hoje eu vi que a Av. Jabaquara está pintada nos dois sentidos, e ela segue até (pelo menos) o começo da Av. Indianópolis. Depois que colocar os tachões no chão também já dá pra usar (até o momento, eu vou pelo ladinho).

            Thumb up 3 Thumb down 0

          3. Como está a ligação com a ciclovia da Vergueiro, na altura do metrô Vila Mariana? Ainda não entendi por onde será a ligação, se pela Madre Cabrini ou outra rua. Alguém sabe ou tem palpite? Hoje, na minha volta do trabalho, vou tentar descer por ali para ver.

            Thumb up 1 Thumb down 0

          4. o acesso teria que ser feito pela Madre Cabrini, mas precisam sinalizar direito pois quem não sabe que existe essa ciclovia alternativa vai direto pelo Domingos de Morais.
            Não pretendo utilizar esse trecho alternativo porque não faz sentido nenhum pra mim que vou ate o final da av. Jabaquara mas espero que fique bem sinalizado e seguro.

            Thumb up 1 Thumb down 1

          5. Acho que só vale o uso em horário de extremo pico mesmo, senão é uma volta muito grande. Eu ainda acredito que essa ciclovia vai ser temporária.

            Thumb up 1 Thumb down 1

          6. Não custa passar de vez em quando pra prestigiar como disse o Fabio. Mas que podiam ter feito pelo menos até a Borges lagoa e desviado por uma paralela podiam. A volta ficou muito maior e mais complicada pra quem faz o caminho completo até o Jabaquara.

            Thumb up 2 Thumb down 1

          7. Ontem pedalei o trecho todo. Ao norte da Sena Madureira não há nada, por enquanto, como já disseram. Alguns trechos serão problemáticos em mão dupla devido às sarjetas mal conservadas e, principalmente, pelas adaptações que alguns prédios fazem nas entradas das garagens (criando um degrauzão no meio da via). Quem estiver no sentido centro-bairro vai ter que fugir um pouquinho para a “contra-mão”. Esses problemas estão principalmente entre a Loefgren e Luis Góes.
            O carro que estava abandonado foi retirado, ontem à tarde havia cavaletes da CET lá para que ninguém tivesse a ideia idiota de parar outro no lugar.
            Minha mulher já usava a Coronel Lisboa diariamente. Era um caminho chatinho às 6 da tarde, o trânsito parava de uma forma que não havia nem espaço entre os carros para passar. Para ela foi sensacional, ela está feliz da vida, fazendo um caminho até mais longo para aproveitar o “tapete”.
            Já para quem vem da Vergueiro é realmente uma voltinha razoável, ainda mais com as subidas e descidas. Cheguei uns minutinhos depois do que o meu normal. Não entendo porque não fizeram um desvio menor, mas deve haver razões. Vou passar a usar o caminho para prestigiar.

            Comentário bem votado! Thumb up 6 Thumb down 0

            1. Creio que preferiram evitar aquela saída para a Sena Madureira e a conversão no Pastorinho, que são dois pontos bastante críticos naquele miolo. Quando terminarem as obras na estação de Metrô a gente começa a pedir a mudança ali. 😉 Quando esse momento chegar, uma opção pode ser usar as ruas Nuporanga, Mairinque e Cunha, apesar de isso criar um problema para cruzar a avenida e retornar ao canteiro central. Mas não vamos nos preocupar com isso nesse momento, a obra do Metrô parece que ainda demooooora…

              Thumb up 3 Thumb down 0

          8. Subi da R Borges Lagoa para a Lins ontem pelo que seria essa ciclovia. Percebi que falta bastante ainda, algumas obras de recuo de calçadas e uma melhor adaptação para cruzar a Av Sena Madureira, pois ali ta muito tenso. Carros viram da Sena Madureira para a direita e mal vão ver a ciclofaixa. Isso me preocupou muito pois para algum carro pegar alguém esperando para atravessar não custa nada.

            Mudando de ciclofaixa agora, sera que rola uma na R Borges Lagoa ou R Dr Diogo de Faria? Algum chute sobre isso Willian? Sabe a quem podemos perguntar/sugerir dentro da prefeitura?

            Thumb up 2 Thumb down 0

          9. Galera, hoje tinha um carro estacionado num trecho da faixa pintado de vermelho na Cel. Lisboa. É possível denunciar esse tipo de coisa? Também hoje cruzei com motoqueiros usando a faixa, e carros que simplesmente paravam em cima da ciclovia para virar (se o pessoal para em cima da faixa de pedestres, o que dizer das ciclovias?).

            Enfim, para as pessoas que largam os carros, será que dá pra tirar foto e mandar para algum lugar?

            Thumb up 2 Thumb down 0

          10. Ontem a pintura na Madre Cabrini e no trecho da Cel Lisboa ao norte da Sena Madureira já estava iniciada. Acho que a inauguração se aproxima. Chuto ainda em outubro.
            Voltando ao traçado, sim, os trechos da entrada na rua do Pastorinho e no início da Sena Madureira que são os mais embaçados. E por isso mesmo que eu torcia muito para que fizessem ciclovia nesses pedaços. Pena, fica para o futuro, que conhecendo as obras do nosso metrô, pode ser longínquo.
            Seria bacana agora alguns trechos transversais – a Pedro de Toledo seria ótima para ir e voltar dos lados do Ibirapuera, por exemplo, e alguma (Luis Góes?) para vir da Ricardo Jaffet, Cursino, etc. Claro que estou falando dos caminhos que uso, que me interessariam, há muitos outros possíveis.

            Thumb up 1 Thumb down 0

          11. Andando pela Jabaquara eu vi uma marcação no asfalto no farol da Alameda dos Quatas. Pode ser uma conexão para chegar na Jose Maria Whitaker e de lá até Moema é um pulo. Na Av. Jabaquara a pintura continua praticamente na mesma, só sinalizaram os cruzamento com a linha branca tracejada.

            Thumb up 0 Thumb down 1

          12. Sim, pelo trajeto proposto tem que descer a Madre Cabrini até o fim e cruzar pela faixa de pedestres usando a passagem. Não sei qual foi a motivação para usar esse caminho, mas eu teria utilizado a Rua Mairinque e descido a Diogo de Faria até a Cel. Lisboa. Talvez não queriam tirar o estacionamento em 45º que tem na mairinque, sei lá. Acho que esse tipo de planejamento deveria envolver ciclistas que passam pela região ou ao menos ciclistas experientes. Muitas vezes uma pequena mudança no trajeto já ajudaria muito. alguns trechos de ciclovias implantados tem falhas típicas de pessoas que não pedalam pela cidade.
            Espero que com o andamento do projeto eles peguem esse feedback para evoluir a estrutura.

            Thumb up 0 Thumb down 0

          13. A ciclovia da Av. Jabaquara está quase pronta, falta um trecho pequeno de “tartarugas” no sentido Jabaquara. Falta também a ligação com aquele trecho que passa na frente da igreja São Judas. Também falta pintar as faixas dos carros.

            Percebi que eu acabo pedalando muito mais rápido quando vou pela ciclovias, acho que é por não ter preocupação com pontos de ônibus e carros com portas abrindo.

            Thumb up 2 Thumb down 0

          14. O ganho é grande em todos os sentidos. Segurança, tempo, ritmo, etc.
            E já tem algumas interligações sendo construídas. Na alameda Quatas já tem faixa pintada que vai até a Indianópolis.
            Esse trecho vai ter uma grande adesão. Já tenho amigos aqui do trabalho falando em vir trabalhar de bike porque agora tem uma ciclovia no caminho.

            Thumb up 1 Thumb down 0

  12. Acho interessante a construção de ciclovias, porém, por exemplo a da Av Politecnica acaba em frente ao portao da USP, que é fechada aos domingos. Deveria existir uma ligação com a outra margem do Rio Pinheiros.

    Thumb up 2 Thumb down 0

    1. Tecnicamente não são ciclovias, são ciclofaixas com um separador. A ligação seria via Ponte do Jaguaré, disponível, contudo, tem um risco. Esta ligação está sendo estudada via iniciativa da Ciclocidade ‘Adote uma ponte”, que estou participando, e estou propondo uma solução mais barata e fácil de implementar, que seria usar as passagens de pedestres internas, que é pouco usada de qualquer forma, e construir ciclovias ( este de verdade ) nas Av. Jaguaré e Av. Queiroz Filho, pois só desta forma será fácil e seguro a travessia da ponte, a um preço seguramente menor que um milhão de reais. A outra solução muito mais cara, estimado em 20 milhões, e mais demorada é a construção de uma ciclopassarela entre as duas pontes ( a ponte Jaguaré é dupla, uma para ir, outra para voltar ), que tem complicações extras porque há famílias morando neste vão entre as duas pontes e tem ainda a ponte antiga que não foi demolida, da mesma forma que a da Morumbi. Tem também o adicional de que tem um bosque em cima desta antiga ponte, aí já viu, se tiver uma árvore silvestre, vai ser um problema obter autorização para cortá-la e derrubar a ponte. Para se ter uma idéia: https://arvoresdesaopaulo.wordpress.com/2010/10/05/uma-floresta-sobre-o-rio-pinheiros/ e http://g1.globo.com/sao-paulo/verdejando/noticia/2013/10/por-falta-de-espaco-arvores-crescem-em-locais-improvaveis-da-cidade.html. A ciclopassarela provavelmete irá acabar com este “bosque”, como a cidade está carente de verde, vai ser muito complicado tirar este verde, e as famílias que moram entre as pontes. E aproveite para saber um pouco mais sobre a história desta ponte: http://blogdogiesbrecht.blogspot.com.br/2011/11/ponte-do-jaguare-e-um-pouco-de-sua.html.

      Outra idéia seria fazer uma ciclopassarela perto daonde termina a ciclovia da politénica no portão da USP, faria sentido, mas como a USP e o estado vão fazer uma ciclopassarela de 80 milhões de reais entre a altura da praça do relógio até o parque Villa-Lobos, acho que haveria uma competição entre os projetos.

      Então fique antenado no “Adote Uma Ponte”, pode haver uma boa surpresa para nós.

      Thumb up 0 Thumb down 0

  13. Não li os comentários e sei que a matéria já tem quase um mês, mas a Cândido Espinheira na verdade começa na Av. Pacaembu, vai até a rua lateral do Pq. da Água Branca e vira à esquerda, acabando na Turiassu, bem mais do que 100m. Uso ela quase que diariamente, inclusive cheguei a tomar um escorregão na curva do lado do parque em dia de chuva hehe

    Thumb up 2 Thumb down 0

  14. O trecho da Av. Presidente Altino até Av. Corifeu de Azevedo Marques não tem 1,8 km, tem apenas cerca de 500 metros. Se considerar da Av. Corifeu até o final da Av. Presidente Altino, dá 2,8 km. Portanto, a lista está totalmente errado neste trecho. Se disser que foi entregue, então a prefeitura ou empresa que está fazendo este trecho está SUPER-FATURANDO, irregularidade que pode ser chamado a MP.
    O trecho da Av. Presidente Altino até o viaduto Único Gallafrio nem começaram. além do problema de imobiliárias construindo condomínios e prédios neste trecho, que não seria prudente fazer a ciclovia no momento, além do problema do barranco que deslizou já quase 10 anos que não foi resolvido em administrações passadas e atual, se fizer a ciclovia deste lado da avenida. Pois é, estamos de olho, Sr.Prefeito !

    Thumb up 0 Thumb down 1

    1. Estas ciclovias foram feitas por motivo eleitoreiro, nas presssas e já identifiquei um erro na contagem de km. O trecho que citei não tem 1,8 km como está contabilizado na lista acima, tem apenas 500m. O de 1,8 km é o trecho do Balão do Jaguaré até a Ponte Único Gallafrio na Av. Presidente Altino, que é o mais importante que o trecho citado de Av. General MacArthur a Corifeu na Av. Pres. Altino. Esse erro é muito suspeito.

      Thumb up 0 Thumb down 1

        1. Hum há um erro na lista mesmo. A ciclovia na Gen. MacArthur não tem 0,5 km tem mais. E no trecho da Av. Pres. Altino da Av. Gen. MacArthur até Corifeu tem de menos 0,5 wó que anunciaram 1,8 Km. Houve a troca de metragens. Opa deculpem.

          Thumb up 0 Thumb down 0

  15. Se o mapa atualizado estiver correto, a prefeitura cometeu um grosseiro erro de projeto na ciclovia do Pari/Canindé. O trecho que segue do final da Rua Pedro Vicente para a Rua das Olarias está bem onde aos domingos ocorre a feira kantuta(evento cultural semanal autorizado pela prefeitura)e todo o espaço fica fechado para a circulação de veículos. Seria muito melhor tanto para os ciclistas, quanto para a feira e a população local que a ciclovia desviasse pela Rua Canindé até a Araguaia, assim o circuito seria mantido. Se alguém puder me passar um canal em que poça enviar essa sugestão, agradeço.

    Thumb up 2 Thumb down 1

  16. Fala Willian. Falta colocar no mapa das ciclovias a do parque Várzeas do Tietê que corre praticamente paralela a atual só que do outro lado do rio tietê. Ela segue beirando a Ayrton Senna (sentido centro) desde o viaduto Zlotnik até o Viaduto Imigrante Nordestino. Tem 8 km de extensão e é fantástica. Postei algumas fotos dela no meu site http://bomdiauniverso.com.br

    Abraços

    Thumb up 2 Thumb down 0

    1. Creio que há uma resistência dos moradores, por trazer gente suspeita ao bairro. Aliás a “comunidade” do Morumbi são mais influentes, e, geralmente mais conservadores, ou seja, não querem mudança no ir e vir de carros. Além disto como tem o estádio do Morumbi que é sugador de espaços de estacionamentos, não querem perder este espaço. Os flanelinhas acho que não gostam disto. Aliás o estádio do Morumbi tem paraciclos ? O Shopping Butantã tem paraciclos ?

      Thumb up 0 Thumb down 1

        1. Obrigado pelo feedback, José. Os paraciclos e bicicletários são incentivadores de uso da bicicleta. Ciclistas gostam de locais que tem essa infraestrutura. Então para incentivar o uso, temos que pedir para os estabelecimentos comerciais a instalarem paraciclos ou bicicletários. Me lembro que na Helio Peregrino tem uma lanchonete que está ao lado da ciclofaixa de lazer, e instalou paraciclos. A lanchonete que faz sucos naturais é um grande sucesso e vive cheio de clientes. Só tomem cuidado com paraciclos ordinários, como aquela em formato de garrafa de água.

          Thumb up 0 Thumb down 0

          1. No estádio Mané Garrincha, em Brasília, não há paraciclo e o entorno/estacionamento fica infernal em dia de jogo (já que aqui jogo do Brasileirão é evento superconcorrido). Na verdade nem estacionamento de idoso/PNE tem.

            Thumb up 1 Thumb down 0

  17. Nenhuma rua ou avenida que me ajude no trajeto para ir trabalhar… essa ciclovias na verdade estão próximas aos bairros dos ricos. Nós da periferia só resta guerrear no transito junto com os carros, motoristas de lotação e ônibus!!! Quem sabe na época de eleição eles olhem pro lado de cá!!

    Thumb up 2 Thumb down 0

    1. Pelo que ouvi falar, a travessia das pontes e rios vai rolar ano que vem. Ainda assim acredito que não sairão das ruas/avenidas mais largas se for mantida a ideia de evitar tirar vias dos carros. Eu acredito muito no ponto de que quem precisa das ciclovias hoje, deve começar a pedir elas nos bairros e até se possível ajudar a defini-las. Hoje moro na Vl Mariana e estou servido (embora no meu caminho, não uso a ciclovia por mais de 2 quadras), antes morava no jabaquara e não seria servido, no futuro provavelmente tbm não serei servido.

      Comentário bem votado! Thumb up 4 Thumb down 0

    2. Calma ainda restam mais de 300 Km de ciclovias a serem planejados e implantados. Certamente algum trecho vai te ajudar. Acredito que nas pariferias mais distantes o melhor seriam ciclovias para ligar até os terminais de ônibus e estacões de metro/trem facilitando assim o multimodal. O maior obstáculo está nas travessias de pontes que não foram feitas nem pra bike nem pra pedestres. De qualquer forma me parece que as subprefeituras receberão audiências públicas para discussão dobre os plano cicloviário de cada região. Então fique atento pois você pode participar dessas discussões. Por sinal tem uma já prevista para a região do MBoiMirim para o dia 20/09.

      Thumb up 2 Thumb down 0

    1. Na verdade o traçado inicial pela madre cabrini – coronel Lisboa esta estranho porque a Cel. Lisboa nao cruza com a Sena Madureira. Eles devem usar na verdade a rua Nuporanga, caindo na rua Mairinque do outro ládo da Sena. Inclusive esse caminho é mais plano do que a cel Lisboa. e com ele da pra dar a volta por trás das obras do metro numa boa. Embora ache que não havia esse necessidade. Bastava alguns ajustes e a ciclovia poderia seguir direto pela domingos – jabaquara.

      Thumb up 1 Thumb down 0

  18. Poxa vida, seria tão bom se ligassem a ciclovia da av. Sumaré à da Engenheiro Caetano Álvares… Se fizessem pelo menos a travessia do viaduto Antártica (tem um belo espaço no sentido bairro-centro – inclusive para ciclovia com duas mãos-) e a ponte do Limão já iria pro trabalho de bike, e deixaria minha tonelada de aço poluidora em casa!

    Continuo na torcida e vida longa às ciclovias, e mais consciência aos paulistanos reacionários para apoiarem essa genial revolução!

    Comentário bem votado! Thumb up 6 Thumb down 0

  19. LOGO VIRÁ UMA NOVA LUTA, AS ÁRVORES NO CANTEIRO PARA DAR A SOMBRA QUE O CICLISTA MERECE! …Que satisfação para um ciclista imigrante do Chile onde já começaram essa luta ha uns dez anos, com 5 anos em Sampa lutando contra tanta burrice da cultura da cadeira de rodas… LOGO VIRÁ A NOVA LUTA DO VERDE E A SOMBRA QUE HARMONIZAM COM O CICLISTA, LE DÃO AR FRESCO, HUMIDO E SOMBRA PARA PEDALAR NA NOVA FELI-CIDADE… ÁRVORE E CICLISTA, A GRANDE ASSOCIAÇÃO QUE SALVARÁ SÃO PAULO DO INFERNO de milhões de motores acessos a altas temperaturas aquecendo uma cidade sub-tropical, e tirando árvores para fazer mais ruas ou prédios, uns aquecendo ainda mais e outros tirando nossos HUMIDIFICADORES NATURAIS… VIVA A REVOLUÇÃO VERDE E CICLISTA!

    Comentário bem votado! Thumb up 4 Thumb down 0

  20. Olá td bem!!
    Fico feliz em ter participado em 2009 numa reportagem para a rederecord sobre o enfrentamento que nós ciclistas temos no transito e acho que hoje depois de muitos acidentes, infelizmente, e reclamações, protestos, decidiram fazer esta obra na cidade que já está acostumada ao caos. Agora o negócio é convencer as pessoas que esta é uma boa alternativa para o cidadão.
    Vou aproveitar e pedir a minha ciclovia também :). Será que tem previsão de ciclovia para o bairro do Ipiranga, Cursino, Sacomã e Saúde? Muitos utilizam essa região e é perigosa.
    Abraço a todos e vejam meu video no youtube “Bikeboys fazem entregas sem poluir”

    Comentário bem votado! Thumb up 6 Thumb down 1

    1. Também estou esperando ciclovias na região do Ipiranga. Lá já é tranquilo andar de bike, muitas ruas são planas e com baixo tráfego. Instalar uma ciclovia seria fácil.

      Thumb up 3 Thumb down 0

      1. E acho muito importante uma na Ricardo Jaffet/ Abraão de Morais. Já é rota de muitos ciclistas, mas é uma via de tráfego muito pesado. Há espaço mais que suficiente em grande parte das avenidas. Mas necessariamente uma ciclovia teria de ser à direita, porque são poucos os pontos para se atravessar o riacho.

        Thumb up 1 Thumb down 0

  21. Também já procurei em sites pelos projetos, gostaria de saber como será a ligação da Inglês de Sousa (Cambuci) com a ciclovia da Vila Mariana (na Domingos), e esse pedaço largado na Rua Calixto da Mota (deveria ligar com a Domingos pela Rua Dr. Neto de Araujo). Deveria ter uma ligação também com o Parque da Aclimação (utilizando a Rua Pedra Azul) e para o Parque da Independência.

    Thumb up 0 Thumb down 0

    1. Calma, gente, vocês estão muito ansiosos. Não é fácil projetar tudo isso. O pessoal do Departamento de Planejamento Cicloviário da CET (sim, existe) tem trabalhado pra caramba. Conforme a implantação prossegue, o detalhamento é projetado, por isso não há um mapa geral do que será feito. Imagino que em alguns pontos ainda estejam decidindo ir por essa rua ou aquela, virar para cá ou para lá, separar em duas ruas ou fazer bidirecional em uma só, isso é de se esperar para que fique bem feito. E podem ter certeza que eles aprendem e se aprimoram a cada trecho implantado. Basta comparar o primeiro trecho do centro, como estava na inauguração, com os trechos mais recentes (e mesmo com ele próprio depois de pintura e alguns acertos).

      Comentário bem votado! Thumb up 4 Thumb down 0

      1. Não é ansiedade não, Willian.
        Acredito que divulgar informações é uma forma muito importante de envolver e municiar sobretudo aqueles que apoiam e defendem os 400km. As dúvidas e tentativas de explicação comentadas aqui, por exemplo, poderiam muito bem já ter sido esclarecidas oficialmente por uma comunicação decente.
        Apesar de me emocionar a cada pedalada pelas novas ciclovias, fico triste ao ver que a CET se resume a apresentar apenas uma tabela não muito clara sobre os trechos previstos para o mês corrente.
        Por que não apostam num processo aberto, que busque a participação dos interessados, exponha as discussões, discuta as indefinições e justifique publicamente as escolhas? Por mais que os técnicos do Planejamento Cicloviário da CET sejam competentes e conheçam muito bem todos os bairros da cidade, tenho certeza que essa abertura seria muito benéfica.

        Thumb up 2 Thumb down 0

        1. Talvez ainda esta longe o dia da hiper-democracia, onde com o apio da internet Livre para Todos o CET poderia ter um espaço online e as pessoas proporem e votarem por propostas durante um tempo, e logo a CET agir baseada nisso… é muito soñar?

          Thumb up 2 Thumb down 1

    1. Sempre tem o zé do contra……as faixas exclusivas de onibus hoje somam mais de 400 km….e ainda terá mais 150 de corredores em formato BRT (Bus Rapid Transit). Não está bom?

      Thumb up 1 Thumb down 3

  22. Uma coisa me preocupa muito e nisso acho que os cicloativistas e formadores de opinião precisam ajudar: Conscientizar os ciclistas da importância de respeitar as lei de transito. Na ciclovia não da pra dar a desculpa de passar no sinal vermelho para se proteger. Hoje pela manha presenciei 2 quase atropelamentos graves por conta de ciclistas passando em farol vermelho. Se acontece o acidente a mídia já cai matando no projeto das ciclovias. Não precisa ter sinalização específica pra ciclista pro cara respeitar as leis. Embora a sinalização precise existir no futuro.
    Já fiz o trajeto ate o meu trabalho (av. Jabaquara – vergueiro) respeitando todas as sinalizações e semáforos e o tempo que levou a mais não chega a 5 minutos.
    Precisamos dar o exemplo aos motoristas, já reclamamos tanto deles.

    Comentário bem votado! Thumb up 22 Thumb down 0

    1. Infelizmente tenho percebido isso aqui em Ribeirão. Eu me sinto um otário ao ficar no semáforo fechado aguardando, enquanto outros “ciclistas” furam o mesmo na maior cara de pau, quase atropelando os pedestres.

      De nada adianta a melhor sinalização do mundo, se os verdadeiros interessados não a respeitam.

      Thumb up 4 Thumb down 1

  23. sou usuario de byke e estou feliz por estas ciclovias, no entanto, não é somente pintar a faixa de vermelho para sair na foto, é necessário recuperar a pista, pois existem inumeros buracos e depressões onde já cai,
    Ontem a noite a prefeitura tapou buracos na |Rua e deixou a pista das ciclovias no mesmo estado.
    Av. Aratans, Moema /SP

    Comentário bem votado! Thumb up 7 Thumb down 0

    1. Concordo Ulisses, em alguns lugares não da pra esperar a próxima manutenção da pista..seria importante já ter uma manutenção e melhor sinalização logo antes que aconteçam acidentes mais graves.

      Thumb up 1 Thumb down 0

  24. Qual a previsao pra implantar na Ministro Petronio Portela e Edgar Facco?
    Tem algum projeto com ciclovias na marginal tiete? pra interligar com a pinheiros?

    Thumb up 0 Thumb down 0

  25. Acabei de ler o post do Estadão e os comentários no Facebook: https://www.facebook.com/estadao/posts/1000146426667086

    Simplesmente revoltante como a maioria das pessoas reage com relação a criação dessas ciclovias. Pessoas, o negócio é sério: do jeito que as coisas andam, não me admiro se as obras forem paralizadas por movimentos de bairros, de moradores, de lojistas, do C#@!%@# a quatro, porque acham que esse negócio de ciclovia é coisa de “playboy que vai prá facu de bike”. Ainda mais com esse ódio que as pessoas estão tendo do PT ultimamente, as pessoas simplesmente jogariam tudo o que foi feito no lixo, porque ainda carregam o velho estigma de que “carro é o futuro”…

    Comentário bem votado! Thumb up 12 Thumb down 0

      1. Realmente Willian, ler comentários dos leitores em qualquer lugar dá uma depressão, uma falta de fé na humanidade… Minha noiva me contou ontem que nosso vizinho estava reclamando com ela no elevador a respeito dessas ciclovias, que ele ficou 40 minutos parado em uma rua (não sei qual é) e que nesse tempo não viu sequer um ciclista lá.

        Eu andei futricando no Mr. Google, procurando saber do planejamento da prefeitura, e achei um mapa em um documento da CET no link http://www.cetsp.com.br/media/316505/sp%20400km_v2s.pdf. Na penúltima página tem a rede proposta até 2015, mas é impossível identificar certos pontos. Alguém sabe se existe esse mapa em tamanho normal para podermos acompanhar como deverá ficar a nossa cidade?

        Thumb up 3 Thumb down 0

        1. Pois é, Luiz. Desde que eles divulgaram esse documento eu tenho comentado aqui que a Secretaria poderia e deveria disponibilizar os trechos planejados. Porém, eles infelizmente só têm anunciado os trechos mês a mês, ainda assim de forma não muito clara.

          Thumb up 0 Thumb down 1

      2. Se fosse só internet… Tenho ouvido absurdos de não-ciclistas. Gente jovem, sadia, que às vezes nem usam carro, mas não entendo por quê são contra tudo que melhora vida de ciclista. Parecem querer que a gente desista e pronto, ou morra de uma vez.
        Torço para um dia, com as ciclovias ocupadas, eles tentem andar lá. Aí vão lamentar o tempo perdido com amargores.

        Comentário bem votado! Thumb up 4 Thumb down 0

  26. Passei a tabela acima para um mapa.
    Lembrando que este não é o mapa oficial, e há algumas suposições quanto ao percurso (há algumas inconsistências em alguns trechos listados).

    Mas dá para ter uma boa idéia da abrangência das intervenções.

    Comentário bem votado! Thumb up 6 Thumb down 0

          1. Sem querer ser folgado demais (mas já sendo) alguém de vocês consegue mudar o KML do mapa pra GPX? Todas as tentativas que fiz deram em mapas incompletos ou com erros nas rotas.
            Estou indo pra SP no final do mês e seria ótimo poder ter esse mapa no meu navegador pra pedalar pela cidade.

            Abraço

            Thumb up 0 Thumb down 0

          2. Valeu Rodrigo, tentei por aqui também, tentando usar alguns programas mas sem sucesso.
            Uma pena mas, mesmo assim, parabéns pela iniciativa!

            Se eu conseguir fazer a conversão, posto aqui.

            Thumb up 1 Thumb down 0

          3. Guilherme, Rodrigo:
            Não é possível converter pois este mapa é feito de linhas sobre a base de ruas, e não a mudança de metadados das ruas em si. Estou fazendo isso aos poucos no Google Map Maker, que permite edições colaborativas que depois são repassadas ao mapa oficial, e o processo é bem mais lento. Veja aqui como está andando: https://www.google.com.br/maps/@-23.5685164,-46.6435653,13z/data=!5m1!1e3?hl=en

            Outra saída é editar pelo OpenStreetMap e aguardar a atualização (diária?) do OpenCycleMap.

            Thumb up 1 Thumb down 0

      1. Boa, pessoal! Já que a Secretaria não divulga adequadamente os trechos planejados, o jeito é fazer na raça, com suposições 😉
        Sobre o trecho da Vila Mariana, será que não vão fazer a ligação da Vergueiro com a Cel. Lisboa, pela Madre Cabrini?

        Thumb up 0 Thumb down 0

  27. Alguém sabe se já tem alguma previsão de concluir a ciclovia da Av. Eliseu de Almeida, ate o Tabão da Serra, que ate o momento está pela metade. passo todos os dias por ali e não vi mais nenhuma movimentação de obras. e tanta ciclofaixa sendo implantada e essa que e uma via essencial foi deixada pela metade

    Thumb up 0 Thumb down 0

    1. Bi-direcional na Rua dos Pinheiros, que tal, Fernando? E aproveitando a estação do metrô a ser inaugurada, a da Fradique, como “integração”, né? Aliás, salvo engano, acho que um tempo atrás, não sei se num post dele mesmo ou comentando em outro lugar, o próprio Willian sugeriu aí.

      Thumb up 2 Thumb down 0

        1. Pqp, acho que vão fazer uma inovação muito da esquisita na… Não, na Rua dos Pinheiros, Willian. Acabei de cruzar a Arthur de Azevedo (com a Virgílio de Carvalho Pinto), que “desce” paralela e… Tá lá a pintura vermelha pra nós, mas… À ESQUERDA. Sim, à esquerda!

          Detalhe tenebroso: como é muito freqüente os carros entrarem justamente à esquerda pra acessar a Rua dos Pinheiros e também cruzar a Av. Rebouças, a CET colocou placas no cruzamento PROIBINDO a bicicleta, de elas seguirem por aí (sim, somente no cruzamento, mas que não é interrompido pela pintura vermelha), e outra placa complementar (daquelas amarelas) indicando que ciclista deve DESMONTAR.

          Pqp, esse é meu caminho de uma a duas vezes por semana, e desço a Arthur de Azevedo numa boa, acho que não há necessidade dessa, dessa, dessa… dessa inovação aí e…

          Ou será que como essa já foram feitas e ninguém aqui relatou ainda? Pô, quando a CET resolver inovar, nos avisem antes, porque voltar atrás depois da merda feita é foda, né?!

          Comentário bem votado! Thumb up 4 Thumb down 0

        2. Na rua dos Pinheiros acredito que a melhor opção seria na calçada mesmo (modelo europeu). Apesar de ter um fluxo considerável de pedestres, ela é uma calçada bem larga, daria para dividir o espaço.
          Com relação a da Arthur de Azevedo estar a esquerda ou direita, o problema seria o mesmo de qualquer lado. Vários carros também viram a direita para seguir até a Teodoro Sampaio. Vamos ver o que vai dar isso aí, mas esses cruzamentos de fato serão preocupantes…

          Thumb up 0 Thumb down 1

          1. Acho que não, Rafael, aí tenho que discordar: a Rua dos Pinheiros tem é rua sobrando, logo lá é “modelo universal”, dividir faixas de rolamento com uma exclusiva pra nós.

            Mas você pode até ter razão de não importar ser à direita ou à esquerda a nossa faixa na Arthur de Azevedo, desde que não fôssemos “interrompidos” obrigatoriamente a cada cruzamento pra desmontar, como manda a sinalização recém colocada.

            Thumb up 2 Thumb down 0

          2. Rafael, a R. dos Pinheiros tem espaço suficiente para uma ciclovia bidirecional na direita, basta tirar os carros estacionados, que monopolizam o espaço de circulação o dia inteiro. Tirar espaço dos pedestres é só em último caso. Teria que tirar 2 metros, ia ficar muito estreita a calçada.

            Comentário bem votado! Thumb up 4 Thumb down 0

          3. Pelo que vi já começaram a fazer na Rua dos pinheiros, pelo menos no trecho mais próximo à Faria Lima: outra dia passei lá e entrei na rua dos Pinheiros, usando o bordo da esquerda – e, de repente, ao virar a cabeça para olhar um os carros atrás de mim, me dei conta de que havia uma ciclovia do outro lado! Pensei, caramba, as ciclovias parecem estar brotando do chão mesmo!
            Ela avança por uns dois ou três quarteirões, eu acho.

            Abs

            Thumb up 1 Thumb down 0

  28. Que incrível ^^

    Só falta a ciclovia da Paulista em 2015, e no Pacaembu. Seria interessante se houvesse alguma maneira de transitar na Dr. Arnaldo de bicicleta também, o movimento de carros e ônibus é muito intenso na região. Se houvessem ciclovias no canteiro central seria muito bom!

    Thumb up 2 Thumb down 2

  29. Estão terminando de implantar um trecho aqui no Cambuci perto de casa nas Ruas Otto de Alencar, Teixeira Mendes e Cesário Ramalho, por volta de 450, 500 metros.

    Thumb up 1 Thumb down 0

  30. a ciclovia na av politecnica e linda demais. mas o pessoal esta sendo assaltado e suas bikes sao levadas embora… e muito solitario, tem muita arvore é infelizmente as pessoas sao assaltadas. que acontece com a seguridade em rio pequeno – vila sonia e butanta? quem da conta?

    Thumb up 0 Thumb down 0

      1. Vcs tem mais informações sobre esses assaltos? tipo horario e se foi mais perto da marginal ou da corifeu? estava me planejando ir para o trabalho de bike, passando por ela, confesso que fiquei meio com o pé atras!

        Thumb up 1 Thumb down 1

  31. Começaram a implementar em alguns lugares já…esse final de semana já pintaram na rua monte alegre e tmb no bairro de Higienópolis e em volta da FAAP. A única falha pra mim foi a implementação na João Ramalho, totalmente desnecessária…ning vai encarar aquela subida na magrela.

    Thumb up 1 Thumb down 0

    1. Ah, precisa de um jeito ou outro chegar na Cardoso de Almeida e a João Ramalho é a menos íngreme das paralelas que saem da Sumaré. Se bem que a ciclovia poderia subir pela João Ramalho e virar na Caetes ou na Franco da Rocha e seguir pela Homem de Melo, que a partir dessas ruas fica plana, no sentido Cardoso de Almeida.

      Thumb up 2 Thumb down 1

    2. Vocês sabem como será resolvido nos lugares em que a ciclovia conflita com ponto de onibus?

      Na R. Itatiara/Armando Penteado, por exemplo, a ciclovia está sendo instalada no lado direito de quem sobe, e conflitando com 2 pontos de onibus. A ciclovia é interrompida na frente do ponto e retoma depois.Não entendi porque não foi implementada do lado esquerdo.

      De qualquer modo, como será que resolverão?

      Thumb up 0 Thumb down 0

      1. Pelo padrão adotado, a ciclovia é interrompida no ponto de ônibus e continua depois dele. Isso significa que o ônibus pode parar ali, obviamente tomando cuidado com os ciclistas que estiverem passando, e que o ciclista deve aguardar o ônibus parar no ponto e sair dele. Essa convivência é possível e, na prática, já acontece onde não há ciclovia.

        Comentário bem votado! Thumb up 10 Thumb down 0

  32. Estou muito orgulhoso da nossa cidade e muito feliz de viver esse momento histórico. Uma mudança de mentalidade que fará muita diferença na vida das pessoas e da cidade.
    Em breve irei para o trabalho em quase 100% do trajeto de ciclovias. Uma coisa impensável em outros tempos.

    Comentário bem votado! Thumb up 18 Thumb down 1

  33. Se a tua informacao estiver correta, este ultimo trecho (cel Lisboa/jabaquara) de 4,7 km deve englobar a rua coronel lisboa e av jabaquara ate o metro conceicao aproximadamente.

    Caso a ciclovia a ser implantada em setembro seja apenas ao longo da coronel, terminando na avenida jabaquara, ela nao pode ter 4,7 km (sao apenas 1,7 km).

    De qualquer forma, me parece que com esta decisao conseguimos bypassar a obra da santa cruz, e a rede de ciclovias se expandira ao sul atraves da coronel lisboa, o que pode ser uma boa opcao.

    Comentário bem votado! Thumb up 5 Thumb down 0

    1. Parece que é isso mesmo, mas espero que a utilizaçao da cel. Lisboa seja apenas durante as obra do metro porque a rota ideal mesmo é pela av. Domingos de Morais – Jabaquara. Não vejo motivo pra nao fazer um pedaço de ciclovia “provisória” na parte da obra. Podia ser mais estreito mesmo, um corredor entre aqueles blocos de concreto que hoje dividem as pistas. Mas enfim ao menos acharam uma solução pra nao deixar de fazer a ciclovia.

      Thumb up 1 Thumb down 0

      1. Tomara que sim, pela km essa ciclovia iria até a Igreja S. Judas, mas acho que seria muito muito pouco usada por sair da R. Domingos de Morais. Infelizmente ali no M. Sta. Cruz ta impossível mesmo.

        Thumb up 2 Thumb down 0

    2. Será que vai dar tempo para esse mês ainda? Parece difícil… passei outro dia na Cel. Lisboa e nem sinal de obras Esse é meu caminho para casa-trabalho-academia, é um sonho se tornando real.

      Thumb up 1 Thumb down 1

    1. Foi, sim! Até passou um pouco. Algumas das prometidas pra agosto acabaram não sendo entregues, mas foram compensadas por outras que não estavam no programa. Agora, eu só queria saber sobre a continuação da av. Politécnica. Era pra ser entregue mês passado, eu estava crente de que ficaria pra setembro.

      Comentário bem votado! Thumb up 4 Thumb down 0

  34. Gostaria de saber quanto a ciclovia da Faria Lima será extendida e quando tereamos acesso as estações de trem por Pinheiros, Berrini e Morumbi? Assim aproveitando a ciclovia da marginal.

    Thumb up 0 Thumb down 0

  35. Espero que ano que vem, a Ciclovia da Paulista inaugure a segunda fase, com a travessia das pontes e viadutos, e a ciclovia da Av Tiradentes pra mim é uma prova disso

    Thumb up 3 Thumb down 0

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *