Foto: Willian Cruz/Vá de Bike

Ajude a defender ciclovias e Bike Sampa, nesta quarta 17/11

A participação dos ciclistas é muito importante, tanto para endossar avanços como para frear um retrocesso

Duas iniciativas do poder público que pretendem mudar a mobilidade por bicicleta em São Paulo serão discutidas nessa quarta-feira, 17 de novembro de 2021. E a participação dos ciclistas é muito importante, tanto para endossar avanços como para frear um retrocesso.

Serão duas oportunidades de expormos nossas opiniões e nossas demandas, sendo possível participar virtualmente pelo celular ou computador.

Mesmo que você não consiga participar, é muito importante manifestar sua opinião por escrito. Veja abaixo como fazer.

1 Possível fim do Bike Sampa

O sistema de bicicletas compartilhadas de São Paulo deveria se expandir, tendo mais estações, mais bicicletas e abrangendo uma área bem maior da cidade. Mas, se o Projeto de Lei 259/2021 da vereadora Sandra Tadeu (DEM) for aprovado, podemos não ter mais laranjinhas na cidade.

O PL proíbe estações em frente à entrada de pedestres de edifícios. E quase metade das estações já existentes terão que ser removidas, por estarem nessa situação.

Se essa regra entrar em vigor, o sistema de compartilhamento pode se tornar pouco atrativo aos usuários e até inviável, caindo em desuso ou sendo extinto em pouco tempo. Entenda os detalhes aqui.

Aprovação forçada…

Conversamos com a vereadora, que propôs elaborar um novo texto em conjunto com a sociedade civil, mas isso ainda não foi feito e o texto que está sendo levado à audiência pública ainda é o mesmo, mantendo o risco ao sistema de compartilhamento de bicicletas.

E há algumas situações que fazem parecer haver um esforço para que o PL seja aprovado sem muitos questionamentos. A primeira é que, além de aprovar o projeto com uma argumentação bastante estranha, a Comissão de Constituição de Justiça (CCJ), definiu que ele não irá para votação em Plenário.

Quem decidirá serão as próprias comissões, em votações internas. Por isso precisamos convencer as comissões de que o PL não deve ser aprovado.

…e sem ouvir a população

A segunda situação estranha é que a audiência pública dessa quarta-feira pretende aprovar VINTE E QUATRO Projetos de Lei de uma vez. Esse formato quase impossibilita que cada um seja discutido individualmente, dificultando muito a participação popular.

Veja a pegadinha: serão permitidas 20 participações, mas são 24 Projetos a serem discutidos. Dessa forma, teremos sorte se conseguirmos ter uma opinião dos cidadãos em relação a esse PL!

Por isso é muito importante enviar sua participação por escrito. Veja abaixo.

Você precisa agir agora

A audiência pública para debater esse PL teria acontecido no dia 20 de outubro, mas foi adiada e ocorrerá de novo nesta quarta 17, às 10h da manhã.

Para ter direito a fala, acesse esta página, desça até o formulário de inscrição, selecione “17.11 – 10h – URB03 – Diversos Projetos de Lei” e forneça seus dados. Você receberá um e-mail com as instruções para participar. É preciso se inscrever até o dia 16.

Para se manifestar por escrito, preencha este formulário, selecionando o PL 259/2021.

Não deixe para depois. Pelo menos envie sua participação por escrito, dizendo o que pensa sobre o PL 259/2021, qual o risco que ele traz e pedindo que esse retrocesso não seja aprovado pela Comissão de Política Urbana, Metropolitana e Meio Ambiente.

2 Mais ciclovias

A outra discussão pública parece bem mais suave comparada com a anterior. Na audiência pública que acontece às 19h do mesmo dia 17/11, a prefeitura apresentará o Planejamento Cicloviário 2021-2022.

Sempre vemos alguém reclamando quando as estruturas são implantadas, ignorando a necessidade de proteger nossas vias em nome de sua própria comodidade de estacionar onde bem entende ou de usar o viário, que é público, como extensão de seu comércio particular.

Por isso, precisamos participar da audiência pública para que seja registrada a aprovação popular à implantação das novas estruturas de proteção ao ciclista, que serão apresentadas pela administração municipal.

A prefeitura também estará disposta a receber novas propostas da população. É a hora de você pedir uma ciclovia naquela avenida perigosa perto da sua casa; naquele trajeto que você precisa fazer todo dia, mas os motoristas buzinam e jogam o carro em cima; no caminho que você precisaria usar pra chegar no trabalho, mas fica com medo e acaba deixando a bike em casa.

Ajude a aprovar novas ciclovias

Já houve uma tentativa de realizar essa audiência pública no dia 27 de outubro, mas ela foi interrompida por problemas técnicos e ocorrerá de novo nesta quarta 17, às 19h.

Você pode ver as novas ciclovias e ciclofaixas neste mapa e nesta planilha. É importante dizermos que aprovamos essas implantações, seja participando da audiência ou enviando pelo formulário, para tentarmos garantir que sejam implantadas mesmo com as futuras resistências e manifestações contrárias que certamente surgirão.

Para ter direito a fala, não é necessário inscrever-se previamente. No dia e horário marcados, acesse este link para participar através do Microsoft Teams. No chat da transmissão, diga que gostaria de ter direito a fala.

Para apenas assistir, sem se manifestar pela palavra, dê preferência a acompanhar pelo canal da Secretaria de Mobilidade e Trânsito no YouTube, neste endereço. Assim, evitam-se novos problemas técnicos pelo excesso de participantes na plataforma Teams. Nesse caso, é importante deixar sua opinião por escrito, porque o chat do YouTube será desconsiderado.

Para se manifestar por escrito, um link para o formulário será informado durante a audiência pública (ao menos assim foi feito na primeira tentativa de realização). Estaremos participando pela plataforma e acompanhando também pelo YouTube, para enviar o link pelo chat de lá assim que for disponibilizado. Caso não seja possível enviar por lá, enviaremos no nosso Twitter.

Tá na dúvida se participa?

Sempre aparecem pessoas usando argumentos absurdos para recusar a construção das estruturas de proteção ao ciclista (ciclovias e ciclofaixas). Por isso é importante que nós, que sofremos ameaças constantes no trânsito, nos manifestemos a favor das ciclovias.

Além disso, essa será uma oportunidade para mostrarmos que queremos essas estruturas e por que elas são importantes para nós. E também solicitarmos conexões e expansão dessa malha.

Muita gente acha que é difícil participar ou que não conseguirá ser ouvido, mas não é tão complicado assim. Se você nunca participou ou tem receio de não saber o que dizer para defender as ciclovias, esse vídeo explica como fazer e dá algumas ideias do que dizer:

Sobre a Audiência Pública do Plano Cicloviário

A Prefeitura de São Paulo, por meio da Secretaria Municipal de Mobilidade e Trânsito, convida a população para a audiência pública em que irá apresentar, discutir e receber propostas de novas estruturas para a expansão da malha cicloviária e sua conexão ao transporte público.

A expansão da malha trará ganhos para toda a cidade como a requalificação dos espaços urbanos e a redução do uso de transportes motorizados individuais, além da consequente redução da emissão de poluentes e do número de vítimas no trânsito.

O Programa de Metas da atual gestão prevê a entrega de 300 quilômetros de novas ciclovias e ciclofaixas até 2024. Essa audiência pública terá por objetivo discutir a primeira etapa desse planejamento, considerando apenas os projetos ainda não discutidos com a sociedade civil.

As propostas a serem discutidas são resultado de um amplo diagnóstico da rede cicloviária existente e de estudos técnicos elaborados pela área de planejamento da Companhia de Engenharia de Tráfego (CET). Além disso, incorporam contribuições recebidas pelas instâncias de participação social da Secretaria de Mobilidade e Trânsito, em especial da Câmara Temática de Bicicleta do Conselho Municipal de Trânsito e Transporte. São diretrizes para concepção dos projetos: (1) a promoção da segurança viária, (2) a linearidade dos trajetos cicloviários, (3) a conexão com as estruturas já existentes e (4) a integração dos modos de transporte.

— comunicado no site da CET

3 comentários em “Ajude a defender ciclovias e Bike Sampa, nesta quarta 17/11

  1. Diante de temas tão falados como a mobilidade e acessibilidade e sua grande importância na vida das pessoas, uma discussão inclusive internacionalmente, onde muitos outros paises aderem a inclusão da bicicleta como meio de transporte nas cidades, à fim de diminuir a poluição e ruidos dentro das grandes cidades, além de outros beneficios como saúde e econômina. Poderia falar um monte de benefícios que a bicileta traz na vida das pessoas. Dai vem um pessoal intereseiro que só olha para o próprio umbigo e faz uma canalhice dessas querendo proibir o uso de biciletas, promovendo uma ditadura por baixo dos panos excluindo o direito de ir e vir, atropelando a lei constitucional onde sem se quer ter argumentos verdadeiros para fazer qualquer proibição, um monte de desculpas engandoras. Jogo sujo politico cheio de manobras pra mais alguma falcatrua.

    Thumb up 0 Thumb down 0

  2. Boa noite!
    Gostaria que todos os motoristas quando fossem tirar ou renovar a habilitação, passassem por um treinamento em que eles estivessem andando de bicicleta (como se fossem ciclistas) e eles sentissem e vivessem a sensação de um ônibus, um carro ou até moto passando por eles.
    Só assim os motoristas sentirão na pele o que os ciclistas enfrentam.

    Thumb up 1 Thumb down 0

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *