Federação de ciclismo e grupos de pedal se unem em campanha contra violência no RJ

Objetivo do encontro foi buscar soluções para melhoria da estrutura cicloviária e segurança dos ciclistas. Foto: Fabio Nazareth

Objetivo do encontro foi buscar soluções para melhoria da estrutura cicloviária e segurança dos ciclistas. Foto: Fabio Nazareth

A Federação de Ciclismo do Estado do Rio de Janeiro (FECIERJ) promoveu em sua sede em Niterói no início do mês uma reunião com cerca de 40 líderes de grupos de ciclismo da região. De acordo com Cláudio Santos, presidente da FECIERJ, “o encontro serviu para mobilizar pessoas para uma campanha de atuação junto ao poder público por melhorias na estrutura cicloviária, na segurança dos ciclistas e na promoção das atividades dos grupos. Uma das novidades para 2015, segundo Santos, é que a partir de agora a federação terá um diretor exclusivo para trabalhar com os grupos. “Queremos a participação de todos que usam a bicicleta e não somente de atletas que participam de competições”, explicou.

O aumento no número roubos de bicicletas foi um tema bastante discutido durante a reunião. De acordo com Raphael Pazos, presidente da Comissão de Segurança no Ciclismo da Cidade do Rio de Janeiro (CSCRJ), a tipificação “roubo de bicicleta” não existe para registro de ocorrência. “Quando alguém tem uma bicicleta roubada e vai até a delegacia reportar o ocorrido, o registro é feito na categoria roubo a transeunte, desse modo não é possível ter dados estatísticos para verificar os índices de roubo de bicicletas e identificar as áreas que precisam de maior atuação da polícia.” Segundo Pazos, foi protocolado junto ao órgão competente um pedido para inclusão da tipificação de roubo, mas o processo foi indeferido. De acordo com ele, a comissão está preparando um novo recurso que será encaminhando em breve.

Após a primeira reunião no início do ano, a FECIERJ promoveu um café da manhã na Concha Acústica de Niterói para cadastrar e filiar gratuitamente os integrantes dos grupos. Na sequência, todos seguiram para um passeio de integração até a Fortaleza de Santa Cruz, destino muito procurado pelos ciclistas da região.

Próximos passos

Em 29 de janeiro, próxima quinta-feira, acontecerá mais uma reunião com os grupos. A pauta desse encontro será a realização de uma ação coletiva em 1º de março, data de aniversário da cidade do Rio de Janeiro. Para essa ação o grupo pretende promover uma pedalada com o objetivo de reivindicar melhorias e mais segurança aos ciclistas da cidade.

O encontro será em Copacabana e, para inscrições e informações, os interessados devem entrar em contato com o diretor da federação para grupos de ciclismo, Willman Gonzaga: gonzagawilmann@yahoo.com.br

Comissão de Segurança no Ciclismo

A CSCRJ (Comissão de Segurança no Ciclismo da Cidade do Rio de Janeiro) é uma entidade da sociedade civil que tem como objetivo assegurar o uso da bicicleta através da aplicação das leis e propor alterações e implementações que resultem na educação e conscientização da população. Ela foi criada após a morte do triatleta Pedro Nikolay, vítima de um atropelamento por um ônibus que avançou o sinal vermelho na avenida Vieira Souto em Ipanema.

Enviar resposta

  

  

  

Você pode usar estas tags HTML

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>