Poder da indústria automobilística é tema do filme “Bikes vs Carros”

A influência clara e inquestionável da indústria automobilística na economia e na estrutura das cidades é exposta no documentário sueco Fredrik Gertten. Imagem: Bikes vs Carros/Reprodução

A influência da indústria automobilística na economia e na estrutura das cidades é parte dos questionamentos trazidos pelo documentário do sueco Fredrik Gertten. Imagem: Bikes vs Carros/Reprodução

A primeira vista, o título “Bikes vs Carros” pode provocar a sensação de que estamos vivendo em uma guerra onde bicicletas e automóveis disputam centímetro por centímetro o espaço nas ruas. Mas – por sorte – nem de longe essa é a principal mensagem que o documentarista sueco Fredrik Gertten quis passar com o longa gravado em diferentes contextos ao redor do mundo, inclusive São Paulo.

O filme, que estreia em junho em diversas cidades brasileiras, acrescenta um novo tempero para o caldo de discussões sobre mobilidade urbana: o poder que a indústria automobilística exerce sobre a economia das cidades e sua influência direta e reta na dinâmica político-social.

Minha atuação no Vá de Bike e nos movimentos em prol do uso da bicicleta como meio de transporte chamou a atenção do diretor que entrou em contato comigo no final de 2012 e acompanhou minha rotina e ativismo durante quase dois anos. Coincidentemente ou não ele registrou os fatos mais marcantes que pautaram o período-chave que culminou na construção da política cicloviária mais ousada dos últimos tempos, um marco histórico que talvez nem nós mesmos saibamos mensurar a dimensão e importância do que vem acontecendo.

Para mim, foi um prazer participar desse projeto e, mais do que contar minha história, ajudar a construir o fio condutor que coloca São Paulo como protagonista pela atuação importantíssima da coletividade e do poder da sociedade civil organizada no processo (que ainda estamos vivendo) de transformação da maior e mais complexa cidade da América Latina.

Num momento em que o paulistano está sendo convidado a experimentar uma nova relação com o espaço público, esse filme vem para inspirar ainda mais essa experiência e colocar em evidência que também somos responsáveis pelo sucesso ou colapso das nossas cidades.

Ainda estamos longe de ver o final feliz dessa história que, na verdade, acabou de começar. Por isso lutamos diariamente para que a rua não seja vista como um campo de batalha. Quando apenas um dos lados tem o poder de matar o adversário, não é guerra: é chacina.

Nos cinemas

O lançamento do filme Bikes vs Carros, trazido pela Maria Farinha Filmes, acontece no dia 25 de junho em Porto Alegre, Curitiba, Florianópolis, Brasília, Belo Horizonte, Salvador, João Pessoa e Santos. Em São Paulo e no Rio de Janeiro, a exibição nos cinemas começou em 18 de junho.

As pessoas que quiserem fazer suas próprias exibições independentes precisam se cadastrar na plataforma VIDEOCAMP e solicitar uma cópia do filme. Nesses casos, é importante que o evento seja livre, aberto e gratuito, para que a discussão ganhe escala e seja acessível a todos.

Entrevista com o diretor

Saiba mais sobre o filme nessa videorreportagem de Rachel Schein, que o diretor Fredrik Gertten fala sobre o filme, explicando a motivação para produzir o documentário e o que a cidade de São Paulo representa dentro desse contexto.


9 comentários para Poder da indústria automobilística é tema do filme “Bikes vs Carros”

  • Wendell

    Onde o documentário está em cartaz em São Paulo?

    Thumb up 0 Thumb down 0

  • italo

    Moro no interior, como posso assistir ao filme daqui? Vai ter venda de Blu-ray ou DVD do filme?

    Thumb up 0 Thumb down 0

  • William Silva

    GALERA, fui assistir o Filme ontem dia 24/06/2015 no Cine Itau com minha mulher e sem mais eles tiraram de cartaz decepção total e super falta de respeito da empresa que alias no site ainda está anunciando que o filme está em cartaz.

    Thumb up 0 Thumb down 0

  • Carlos Bueno

    Fui assistir sabado no Cine itau da Augusta, recomendo à todos! Espetacular!

    Thumb up 0 Thumb down 0

  • CiceroS

    Artigo legal da Raquel Rolnik na coluna dela na Folha de São Paulo (hum, será que é só pra assinante?) Bão, vai o link: http://folha.com/no1642126

    Só que ela deu uma derrapadinha num ponto lá: “Embora eu concorde com os argumentos pró-bicicleta, é impossível imaginar que possamos basear todo o nosso sistema de mobilidade nesse modal.”

    Pô, Raquel, onde você viu isso de ciclista e/ou cicloativista argumentando que nosso sistema de transporte deve se basear TODO em bicicleta? Não comete esse deslize, não, que isso é “exclusividade” dos públicos e notórios, hum, detratores, viu?

    Thumb up 0 Thumb down 0

  • [...] “bike vs car” tem a participação de aline cavalcante, sergipana de brasília e moradora há anos em SP. leia aqui o texto dela sobre o filme. [...]

    Thumb up 0 Thumb down 0

  • Uma saída interessante e que atenderá aos que moram em outras cidades e estados é lançar também no Youtube. Tenho interesse no filme, mas não vai dar para pedalar os 5.200km para assistí-lo.

    Thumb up 3 Thumb down 0

  • Cristhiano di Loreto Correa

    No final desse trailer fala que 18 de junho nos cinemas, mas a rede de cinema CenterPlex vai ser uma delas?

    Pois moro na Ilhabela e acredito que não vou conseguir ir para São Paulo pra ver isso, apesar que ainda estou tentando arrumar algum tempo pra ir.

    Thumb up 0 Thumb down 1

Enviar resposta

  

  

  

Você pode usar estas tags HTML

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>