Música celebra uso da bicicleta e pede justiça a Marina Harkot

Com ritmo e poesia, Pedalar é um Ato de Coragem conta as delícias e os percalços de pedalar e pede que caso Marina Harkot não fique impune

“O rap é talvez uma das mais importantes oportunidades que nós temos de transformação social”, declara GOG no documentário “O Rap pelo Rap“. E é essa busca por mudanças na sociedade que motivou o ciclista Rodrigo Ramos, de 35 anos, a criar a música “Pedalar é um ato de coragem”.

O Vá de Bike entrevistou com exclusividade o autor da música, que conta como veio a inspiração pra produzir esse som. A entrevista e a letra estão logo abaixo do vídeo.


Veja também

“Vou de bike”: música e vídeo clipe sobre o uso da bicicleta

Vídeo musical celebra a alegria de ser ciclista

Videoclipe com bicicleta e cicloturismo

Vídeo musical traz a emoção de participar de uma Bicicletada

Entrevista

Rodrigo Ramos trabalha como courier (entregador). Foto: Arquivo pessoal

VdB – Você é músico por profissão ou exerce outra atividade?

Rodrigo Ramos – Não sou um profissional da música, mas gosto de escrever. Trabalho em uma atividade bem distinta da música, minha atuação é de Analista de Treinamentos.

VdB – Qual sua relação com a bicicleta?

Rodrigo Ramos – A bicicleta é meio transporte e meu instrumento de trabalho. Ando de bike há muito tempo e trabalho também como bike courier.

VdB – E de onde veio a inspiração para essa música?

Rodrigo Ramos – Eu ouvi uma frase, um post no Facebook, dizendo que pedalar é um ato de coragem. Aí ficou na minha mente essa frase e logo me veio o desejo de expor meus sentimentos e de me expressar através da canção. Eu cheguei em casa e comecei a escrever.

A cachorrinha Lunna o acompanha nas pedaladas. Foto: Arquivo pessoal

VdB – Você produziu tudo sozinho, incluindo arranjo e vídeo?

Rodrigo Ramos – O arranjo da composição, parte de uma melodia, batida, foi extraído da internet. O vídeo foi produzido por mim através de app de celular.

VdB – Qual seria um ideal utópico pra quem usa a bicicleta na cidade?

Rodrigo Ramos – Utopia, uma sociedade ideal? Eu torço para sermos mais igualitários, com igualdade de direitos e oportunidades. O mais importante é seguir a resiliência que teremos que ter para continuar a nossa luta por espaço na mobilidade ativa.

Em primeiro lugar o rap pra mim é libertação. Em segundo, coração. E em terceiro, uma responsabilidade muito grande.

– Karol Conká, no documentário O Rap pelo Rap

“Pedalar é um Ato de Coragem” – Letra

A bicicleta é o transporte do futuro
A gente sempre cobra uma mobilidade mais ativa
A gente cobra também espaço, ciclovia, ciclofaixas de lazer
Pra que mora um pouco mais afastado na Periferia
E tem a ligação também com os centros, os parques de lazer
Vai vendo
A gente cobra sempre isso

Eu pego minha magrela de manhã pra pedalar
Fazer um giro, um pedal realizar

Andar de bike em São Paulo é dureza
Pode crer, com certeza

Anda de bike é mó motivação
Eu pego minha magrela e dou aquele rolezão
Anda de bike requer cuidado
Tem muito vagabundo e muito otário

Andar de bike na ciclovia é mó barato
Na perifa, muito cuidado
Carro, moto, busão, mó veneno
É muita disputa de espaço vai vendo

Ciclovia aqui é ilusão
Todo dia acordo cedo pra pegar busão
A bike é uma solução
Ajuda na saúde e na locomoção

Ai governante, qual é?
A bike não polui, não ocupa espaço, zé mané
Fica esperto, presta atenção
Na mobilidade, Cicloativismo em ação

Eu vou cobrar, você vai ver
Pra morte da Marina nunca mais ocorrer
Vai ser difícil, inaceitável
um cara que atropelou nem sequer ser julgado

A nossa luta nunca vai parar
Enquanto alguém tiver andando numa bicicleta

Coro

Pedalar é um ato de coragem
Cobramos da justiça, chega de impunidade
Pedalar é um ato de coragem
Queremos mais ciclovia mais mobilidade

Eu já falei que a bike é solução
Se vier a crise, vira profissão
O papo é reto, pode crer,
queremos mais espaço pra cultura, esporte e lazer

A bike se tornou o meu prazer
Eu levo minha família pra dar um rolê
No domingão, cê tá ligado
E quando sei que tem ciclovia em todo lado

Vem pedalar, você vai ver
na ciclovia, ciclofaixa é puro lazer
Mais pera aí, preste atenção
pra este rolezinho somente no domingão?

Não, para, vou te contar
tem vários grupos de pedal em todo lugar
Se junta ae pra pedalar,
na ciclovia, ciclofaixa em qualquer lugar

Ae, ciclista, presta atenção!
Além de deveres nós temos obrigação
Obrigação? Qual é?
É respeitar as leis de trânsito, seu zé mané

E pra acabar, muita atenção
Vai andar de Bike, respeita as mina meu irmão
Respeito, cê tá ligado
Se você não tem é mais que fracassado

Desigualdade? Jamais
A Bike une todos, seguimos sempre em paz

Coro

Pedalar é um ato de coragem
Cobramos da justiça, chega de impunidade
Pedalar é um ato de coragem
Queremos mais Ciclovia mas Mobilidade

O rap me abraçou e me falou que eu era capaz de sorrir. E sorrir, no mundo que a gente vive hoje, é algo extremamente agressivo.

– Criolo, no documentário O Rap pelo Rap

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *