Foliões de Salvador terão bicicletário com 250 vagas na avenida Centenário

Carnaval de Salvador (BA). Foto: Manu Dias/Secom CC BY-SA 2.0

Carnaval de Salvador (BA). Foto: Manu Dias/Secom CC BY-SA 2.0

O carnaval de Salvador (BA) terá uma novidade que vai atrair os foliões adeptos da bike. O presidente da Empresa de Turismo da Salvador (Saltur), Isaac Edington, também coordenador do Movimento Salvador Vai de Bike, afirmou, em entrevista à rádio Metrópole, que vai instalar um bicicletário com 250 vagas na avenida Centenário, em frente ao Shopping Barra. A via atravessa vários bairros e é uma das mais charmosas da cidade.

O serviço vai funcionar 24 horas por dia durante o período do carnaval. Uma rota especial para as bikes será criada para facilitar a chegada e saída no circuito carnavalesco. O objetivo da ação é proporcionar mais segurança para quem se locomove de bike e ajudar a diminuir o fluxo de carros na região.

Além do estacionamento 24 horas e da rota especial, uma tenda será montada para o empréstimo de bicicletas do Bike Salvador. A estrutura é uma compensação pela desativação temporária de estações do serviço que ficam nos circuitos da festa: Piedade, Glauber Rocha, Porto da Barra e Jardim Apipema. As estações no entorno continuarão funcionando. Ainda não há local definido para a estrutura. O acesso aos empréstimos obedece o mesmo formato das estações regulares.

No Campo Grande, as crianças terão à disposição mini bicicletas para serem usadas em um circuito na Vila Infantil.

A capital baiana tem feito diversas ações em prol da mobilidade por bicicleta. As mais recentes foram a distribuição de adesivos para conscientizar motoristas a não estacionarem nas ciclovias e ciclofaixas da cidade, a liberação de bicicletas nas barcas e elevadores e o compartilhamento de bicicletas na periferia. Parte da orla da Barra foi transformada em um calçadão exclusivo para pedestres e ciclistas.

Dona do maior Carnaval do mundo segundo o Guiness Book, a cidade possui quatro circuitos: Dodô (Barra-Ondina); Osmar (Campo Grande-Avenida Sete); Batatinha (Centro Histórico) e Afródromo (bairro do Comércio), dedicado exclusivamente aos blocos afros e afoxés.

Enviar resposta

  

  

  

Você pode usar estas tags HTML

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>