Grande manifestação contra remoção de ciclovias, dia 31/8 em São Paulo

Apoie nosso trabalho,
doe um libre!

Manifestação pedirá mais respeito à vida de quem pedala na cidade. Foto: Silvia Ballan

A remoção de ciclovias
é um fato
e está acontecendo
agora

Quem pedala em São Paulo já percebeu faz tempo o que está acontecendo com as estruturas de proteção ao ciclista: são removidas sem nenhum aviso, algumas para não mais voltar, ou são destruídas com consentimento e omissão da prefeitura. Na Vergueiro, a remoção da ciclovia causou um atropelamento, forçando a prefeitura a implantar às pressas uma sinalização temporária – medida que deveria se repetir em TODAS as ciclovias que estão sumindo debaixo do asfalto novo.

Muitas pessoas estão realmente preocupadas com essa omissão e descaso. Se você também se preocupa com essas situações de perigo, se quer que as ciclovias sejam melhoradas e expandidas, se tem uma pessoa querida que usa a bicicleta, ou se gostaria de pedalar mas ainda não sente segurança nas ruas para isso, venha participar da manifestação que ocorrerá na última sexta-feira desse mês (dia 31).

Quando? 31 de agosto, sexta-feira, a partir das 18h (com saída às 20h)
Onde? Praça do Ciclista, na Paulista com a Consolação
Precisa ir de bicicleta? Claro que não! Pode ir de skate, de patinete, de monociclo, de cadeira de rodas, a pé. Pode chegar de ônibus ou metrô. Pode até estacionar o carro em algum lugar e seguir caminhando, todos são bem vindos.

Participe! A presença em massa é importantíssima para defender a permanência das ciclovias!

Leve sua família, chame os amigos, leve seus filhos. A manifestação é pacífica e em defesa da vida.

Leve faixas e cartazes! Divulgue nas redes sociais com a hashtag #VaiTerCiclovia

Marque sua presença no evento do Facebook e compartilhe!

Cartazes e faixas

Você pode improvisar seu cartaz com uma cartolina ou mesmo uma folha A4, prendendo na bicicleta com fita adesiva. Foto: Willian Cruz

Faixas e cartazes são importantes para transmitir a mensagem através das fotos veiculadas na imprensa. Deixamos aqui algumas sugestões de frases (escreva as suas nos comentários da página).

#VaiTerCiclovia + ciclovias – mortes
Devolvam nossas ciclovias Ciclovias salvam vidas
Ciclovidas Ciclovias protegem nossas crianças
Ciclovia na periferia Não brinquem com nossas vidas
Ciclovia sim Nenhum cm a menos
Mais ciclovias Minha vida vale + que um carro parado

Em 2015, milhares foram às ruas

Batizada de Vai Ter Ciclovia 2.0, a manifestação pretende retomar as ruas em um ato pacífico e lúdico, como aconteceu na primeira edição em 2015, quando milhares de pessoas ocuparam a Avenida Paulista para também impedir a remoção de ciclovias.

Manifestação de 2015 pedia a continuidade da estrutura cicloviária que protege nossas vidas todos os dias. E a mobilização deu certo. Foto: Silvia Ballan

Naquele momento a remoção era apenas uma ameaça, em decorrência de uma ação do Ministério Público Estadual de São Paulo que determinou a paralisação das obras, a proibição de novas implantações e exigia ainda que estruturas fossem desfeitas, como a própria ciclovia da Avenida Paulista, na época em construção.

A situação causou indignação não só nos ciclistas paulistanos, mas em irmãos de pedalada de mais de 45 cidades do Brasil e do mundo, que apoiaram com manifestações simultâneas. Durante a manifestação, a liminar que proibia a implantação das ciclovias foi suspensa pelo presidente do Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ-SP), causando uma alegria indescritível em quem participava naquele momento dos protestos.

Não podemos aceitar
passivamente essa
política de descaso,
com preço
pago em vidas

Hoje a realidade é bem pior. Já passamos há muito da fase das ameaças e estamos vendo ciclovias sumirem todos os dias – algumas voltando, outras sendo esquecidas e outras tantas na berlinda, sem sabermos se voltam ou não. A remoção de ciclovias é um fato e está acontecendo agora. Não podemos aceitar passivamente essa política de descaso, com preço pago em vidas – nossas vidas.

Está na hora de
nos unirmos novamente

Está na hora de nos unirmos novamente, mostrando que as estruturas de proteção são importantes e necessárias, que nossas vidas e as de nossos amigos, família e amores não podem ser colocadas em jogo. Chega de omissão. Chega de dizer que podemos ser colocados em perigo de morte “temporariamente” e que temos que ter compreensão. Chega de piadas sobre orégano. Chega de brincar com coisa séria. Vamos às ruas.

Vídeo

Veja nos depoimentos dos participantes como foi estar em meio à maior manifestação pró-bicicletas que nosso país já viu. E dê uma olhada também na nossa galeria de fotos.

Veja também
19 razões para apoiar a implantação de ciclovias
Pesquisa mostra que seis em cada dez paulistanos aprovam as ciclovias da cidade
Ciclovias de SP ‘não são feitas a esmo e sem estudo’, diz Tribunal de Justiça
Cartilha do Sebrae-SP esclarece benefícios para comércio que recebe bem o ciclista
A diferença entre pedalar com e sem ciclovia
Gostou da matéria? Doe um libre
e ajude nosso projeto a continuar!

Enviar resposta

Você pode usar estas tags HTML

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>