O que bombou em 2013 – uma retrospectiva selecionada

Muita coisa aconteceu no ano de 2013. Mas em vez de fazermos uma retrospectiva detalhada, maçante, longa e cansativa, decidimos fazer algo um pouco mais sucinto, relacionando aqui os assuntos que tiveram mais acessos no nosso site ao longo do ano. Preparamos uma lista mês a mês, com links para que as matérias possam ser revistas.

Essa é a vantagem da internet: tudo está a um clique de distância. Basta vir ao lugar certo! ;)

 

Foto: Divulgação

Tiago Leifert foi quem abriu o ano, com uma frase que causou grande polêmica entre os ciclistas. Em duas matérias que fizemos sobre o assunto, houve 17.613 acessos e 155 comentários (fora as mídias sociais). Foto: Divulgação

Janeiro

A admissão de doping do ciclista Lance Armstrong certamente causou grande comoção no mundo do ciclismo, mas o que realmente gerou polêmica foi uma declaração de Tiago Leifert, ao apresentar o programa Globo Esporte. Após uma matéria sobre o assunto, o apresentador teria dito “agora vamos falar de esporte de verdade”, dando sequência às notícias sobre futebol.

A frase provocou a ira de muitos ciclistas e fãs do esporte de duas rodas. Diversos perfis e fan pages dedicadas à bicicleta publicaram críticas bastante pesadas ao apresentador, ao programa e à própria Rede Globo. Alguns dias depois, o apresentador comentou o caso no Twitter, afirmando que não se referia ao esporte, mas ao esportista. A a uma pessoa que lhe enviou o link da matéria do Vá de Bike, respondeu: “Nunca na minha vida eu disse isso. Eu disse que o lance armstrong nao eh esportista. Abrs”.

Mas apesar das justificativas, nem todos os ciclistas se contentaram com sua resposta. Passado quase um ano do ocorrido, muitos ainda guardam rancor do apresentador pela colocação infeliz.

Veja mais matérias publicadas em janeiro

 

Foto: Willian Cruz

Foto: Willian Cruz

Fevereiro

No mês em que o Brasil costuma andar devagar devido ao Carnaval, nenhum acontecimento chegou a causar grande repercussão. Os destaques na visitação de fevereiro ficaram por conta das 10 dicas para pedalar na chuva e do vídeo que mostra o prazer de aprender a andar de bicicleta na idade adulta. Apesar das modestas 2.740 visualizações em fevereiro, o post com as recomendações para dias chuvosos bateu 30.550 no ano (até o fechamento desta matéria, em 28 de dezembro), sendo a quinta página mais vista no site em 2013.

Os já tradicionais textos com dicas e informações sobre o uso da bicicleta também tiveram visitação considerável. Os mais vistos no mês foram, nesta ordem: O que o Código de Trânsito diz sobre bicicletas e ciclistas7 truques para vencer as subidas mais difíceis com a bicicleta; e A ordem correta da passagem de marchas.

Veja mais matérias publicadas em fevereiro

 

A bicicleta de Davi Santos Souza, destruída, chega ao 78º DP, nos Jardins. Foto: Daniel Guth

A bicicleta de David Santos Souza, destruída, chega ao 78º DP, nos Jardins. Foto: Daniel Guth

Março

No terceiro mês do ano, o assunto mais visto no site foi, infelizmente, fruto de um atropelamento em plena Avenida Paulista, em São Paulo, que chocou pela frieza do crime. O motorista, assumidamente bêbado e acima do limite de velocidade, além fugir sem prestar socorro ainda levou o braço da vítima dentro de seu carro para jogá-lo em um córrego, numa atitude fria e inacreditável.

O atropelamento repercutiu pelos meses seguintes, em um caso em que a vítima pôde contar sua versão – algo que Julie Dias e Márcia Prado, mortas na mesma avenida, não tiveram a chance de fazer, sendo culpadas até hoje por quem ainda vê seus algozes como vítimas.

Leia tudo que já publicamos sobre o caso aqui no Vá de Bike

Manifestações e reunião com o prefeito

A comoção pública causada pelo atropelamento resultou em três manifestações na Av. Paulista por mais respeito aos ciclistas, todas no mesmo final de semana, culminando em uma reunião entre o prefeito Fernando Haddad e ciclistas na prefeitura em 22 de março.

O principal resultado dessa reunião, além de um posicionamento mais adequado do executivo municipal em relação aos ciclistas, foi a realização de uma campanha informativa pedindo respeito a quem usa a bicicleta, que veio a ser veiculada em agosto.

Foto: Rachel Schein

Foto: Rachel Schein

Pedalada Pelada

Outro assunto que chamou muita atenção em março foi a tradicional Pedalada Pelada. A manifestação, conhecida internacionalmente como World Naked Bike Ride, ocorre anualmente em cidades do mundo todo, com a participação de milhares de pessoas. No Brasil, aconteceu em São PauloFlorianópolis e Porto Alegre.

O objetivo da manifestação é chamar atenção para a situação de quase invisibilidade do ciclista no Brasil, tanto por parte dos motoristas como pelo poder público. Nus ou seminus, os manifestantes costumam pintar os corpos com frases de efeito, passando cada qual sua mensagem.

Veja aqui como foi a pedalada em 2013 em São Paulo e visite nossa galeria de fotos.

O mês de março representou um pico de acessos no site que só viria a ser superado em novembro. Veja mais matérias publicadas em março.

 

Foto: Fabricio Bezerra

Foto: Fabricio Bezerra

Abril

No final de fevereiro, com fortes chuvas na Serra do Mar (SP), a natureza resolveu tomar de volta parte da Rodovia dos Imigrantes e da Estrada de Manutenção, que faz parte da Rota Cicloturística Márcia Prado. Água, terra, árvores e pedras cobriram vários trechos da estrada, que se tornou intransitável e oferecia grave risco aos ciclistas. Nesse meio tempo, muitos tentaram descer, mas tiveram que voltar no meio do caminho. Veja fotos e vídeos do estrago causado.

Em abril, após quarenta dias de interdição, a estrada foi liberada novamente para o cicloturismo, gerando um dos posts mais acessados do mês. Mais tarde, em dezembro, a descida viria a ser proibida pela justiça a pedido da concessionária Ecovias, causando forte polêmica entre os ciclistas.

Ênio e Paty transbordando alegria, em seu casamento festivo no Recife. Foto: Erika Pessoa

Ênio e Paty, em seu casamento festivo no Recife. Foto: Erika Pessoa

Casamento de bicicletas

Outra notícia positiva teve bastante visitação em abril: um casamento ciclístico realizado em Recife. Paty Sampaio e Ênio Paipa decidiram se casar com uma festa pública pelas ruas da capital pernambucana, em celebração à vida, ao amor e, claro, à bicicleta que os uniu. Veja aqui como foi.

Casar ou comprar uma bicicleta? Veja aqui 6 motivos para juntar os dois e ser feliz!

Veja mais matérias publicadas em abril

 

Foto: Rachel Schein

Campeonato de subida de ladeira agitou São Paulo em Maio de 2013. Foto: Rachel Schein

Maio

Em maio, um evento que pretende se tornar tradicional no calendário de São Paulo movimentou os ciclistas da cidade. O Campeonato de Subida, que começou como uma brincadeira entre amigos, repercutiu tão bem entre os paulistanos que chegou a tomar grandes proporções, com dezenas de participantes, diversas categorias e prêmios doados por várias empresas amigas da bicicleta.

O Vá de Bike esteve lá para cobrir a disputa. Veja aqui como foi (com vídeo) e dê uma espiada em nossa galeria de fotos.

Outra página muto visitada no mês de maio foi o artigo que explica por que há ciclistas que andam no meio da rua. Apesar de mais antigo, nós o divulgamos novamente nas redes sociais e o conteúdo acabou viralizando, sendo repassado por pessoas que usam a bicicleta e querem esclarecer o comportamento dos ciclistas aos amigos que dirigem.

Ainda neste mês, foi anunciada a possibilidade de utilizar o bilhete único nas estações de empréstimo de bicicletas do Bike Sampa, na capital paulista. E o Vá de Bike publicou uma matéria explicando como isso funciona.

Veja mais matérias publicadas em maio

 

Cerca de seiscentas pessoas participaram da pedalada! Nesse momento, passavam sobre o Elevado Costa e Silva. Foto: Rachel Schein

Cerca de seiscentas pessoas participaram da pedalada organizada pelo Vá de Bike para a WWF, na Virada Sustentável, em São Paulo.
Foto: Rachel Schein

Junho

Quando o Vá de Bike questionou a CET-SP, Companhia de Engenharia de Tráfego de São Paulo, sobre onde o ciclista deveria circular quando há faixa exclusiva de ônibus na direita, a assessoria de comunicação nos respondeu que bicicletas não deveriam circular em vias onde a velocidade máxima fosse superior a 50 km/h, dando como exemplo a Avenida Paulista, tradicional rota de ciclistas na cidade.

A declaração causou grande polêmica entre os usuários de bicicleta. Publicamos um matéria esclarecendo que o Código de Trânsito permite, sim, a circulação em praticamente todas as avenidas da capital paulista. Em setembro, o secretário municipal dos Transportes de São Paulo, Jilmar Tatto, que também preside a CET, viria a declarar que ciclistas devem circular pela faixa da direita mesmo em locais onde ela tenha se tornado exclusiva para os ônibus.

Virada Sustentável

A Virada Sustentável é um evento anual de educação para a sustentabilidade. A edição 2013 durou cinco dias e contou com mais de 500 atividades gratuitas, em 150 pontos da região metropolitana de São Paulo. Uma dessas atividades foi o passeio de bicicleta pelo centro histórico da capital, promovido pelo WWF-Brasil, em parceria com a SEME (Secretaria Municipal de Esportes, Lazer e Recreação), com coordenação do Vá de Bike e o apoio de Bike Anjos. Mais de 600 pessoas participaram da pedalada, num clima de muita descontração. A Cyclophonica, trazida a São Paulo pelo Greenpeace, ajudou a animar a pedalada. Saiba aqui como foi e veja nossa galeria de fotos.

Emplacamento de bicicletas

No que seria apenas o começo de um longo trabalho (que ainda não terminou), dezenas de ciclistas participaram de uma audiência pública na Câmara Municipal de São Paulo, para discutir um projeto de lei do vereador Adilson Amadeu (PTB) que determina o emplacamento e licenciamento de bicicletas na cidade, além da obrigatoriedade de capacete, óculos, luvas e “calçado de sola antiderrapante”. Saiba aqui como foi a audiência pública e entenda porque os cicloativistas lutam para barrar esse projeto de lei.

Campanha de respeito aos ciclistas

Ainda no mês de junho, anunciamos que a campanha de TV de respeito aos ciclistas em São Paulo já havia sido gravada, divulgando algumas imagens da produção das peças.

Veja mais matérias publicadas em junho

 

Campanha irlandesa pede para se colocar no lugar dos outros. Imagem: Reprodução

Campanha irlandesa pede para se colocar no lugar dos outros. Imagem: Reprodução

Julho

O destaque ficou para uma campanha irlandesa que pede algo bastante simples a quem utiliza as ruas: que se coloque no lugar dos outros. O vídeo mostra vários sustos que poderia ter virado tragédia e, depois de cada um deles, a pessoa que quase causou o acidente vê a outra como ela mesma, compreendendo o que essa outra pessoa sentiu. Assista aqui.

Também em julho, uma campanha do automóvel Mini foi motivo de polêmica entre os ciclistas. Enquanto alguns consideraram que ela estimulava a agressividade nas ruas, outros acharam exagero dizer isso. Veja aqui (vale a pena ler a discussão entre os leitores, nos comentários da página).

Veja mais matérias publicadas em julho

 

Desenhando para tornar claro: para respeitar a distância de 1,5m o motorista deve mudar de faixa. Imagem: PMSP/Reprodução

Imagem: PMSP/Reprodução

Agosto

No mês de agosto aconteceu, finalmente, o lançamento da campanha de respeito a ciclistas em São Paulo, com quatro vídeos que passam informações importantes para ciclistas (como ocupar a faixa ao pedalar nas ruas) e para motoristas (como mudar de faixa para ultrapassar um ciclista). Assista aqui.

Outra postagem bastante popular nesse mês mostrou, em vídeo, como são pavimentadas as ciclovias na Holanda, estabelecendo um paralelo com as técnicas utilizadas no Brasil. Assista.

Veja mais matérias publicadas em agosto

 

Janette Sadik-Khan, a "secretária das bicicletas". Foto: Rachel Schein

Janette Sadik-Khan, a “secretária das bicicletas”, esteve em São Paulo em setembro. Foto: Rachel Schein

Setembro

No mês do Dia Mundial Sem Carro, duas contagens de ciclistas realizadas em São Paulo (na Av. Faria Lima e na Av. Inajar de Souza) mostraram, mais uma vez, que há muito mais gente pedalando na cidade do que o senso comum faz acreditar. A Secretária de Transportes de Nova York, Janette Sadik-Khan, participou de um seminário na Câmara Municipal de São Paulo, onde contou sobre as mudanças que vem realizando em sua cidade. Uma manifestação sinalizou compartilhamento em pontes em São Paulo, chamando atenção para o risco e as dificuldades que os ciclistas encontram com essas travessias.

Mas o que causou grande polêmica foi a notícia de que a Ciclovia Rio Pinheiros, em São Paulo, ficaria interditada por dois anos para realização das obras do monotrilho, sem que uma alternativa fosse oferecida aos ciclistas. A situação se desenrolou ao longo do mês seguinte.

Uma animação mostrando uma cidade movida por bicicletas também foi muito vista em setembro, junto com o texto da Luciana Spedine sobre como derreter o coração de um motorista estressado.

Veja mais matérias publicadas em setembro

 

"O negócio é sério", afirma motorista que passou pelo treinamento. Imagem: Roberta Soares/Reprodução

“O negócio é sério”, afirma motorista que passou por treinamento em que um ônibus passava a centímetros de distância e em velocidade. Imagem: Roberta Soares/Reprodução

Outubro

Em outubro, o foco esteve na negociação entre cicloativistas e órgãos públicos, em busca de uma solução para a interdição da Ciclovia Rio Pinheiros, em São Paulo. Uma manifestação chegou a ser organizada pela internet, em que se pretendia ocupar a pista da ciclovia por toda uma noite, em uma vigília. Após incorrer no erro de declarar que a ciclovia era destinada apenas ao lazer, a CPTM publicou uma retratação e, junto com o Metrô e o Consórcio Monotrilho, decidiu suspender a interdição até que houvesse uma alternativa para o fluxo de cidadãos que utilizam a bicicleta. Cicloativistas realizaram reuniões e vistorias junto com os órgãos públicos e conseguiram negociar como alternativa a construção de uma pista na margem oposta do rio Pinheiros, com acessos para que os ciclistas possam chegar até ela (veja detalhes aqui). Mas a pista ainda não foi liberada – e, pelo (não) andamento das obras, parece que não será disponibilizada tão cedo.

Em Porto Alegre, entidades questionaram manobra da prefeitura para evitar cumprir a disposição legal que determina que 20% dos valores arrecadados com multas devem ser aplicados na construção de ciclovias e em campanhas de educação no trânsito. Uma novela que ainda não chegou ao fim.

Mas o assunto que teve a maior audiência no mês de outubro foi um treinamento com motoristas de ônibus, realizado em Recife, em que os condutores experimentavam na prática como era levar uma “fina” em uma bicicleta. Pedalando em uma bike estática, presa firmemente ao solo, o motorista em treinamento sentia o pavor de ter um colega passando ao seu lado a poucos centímetros de distância e em velocidade. Uma experiência que eles certamente não vão esquecer, como mostram os vídeos da ação.

Outro assunto polêmico foi o vídeo que mostra uma van escolar colocando em risco um ciclista em Vitória. A condutora ainda insiste, ao telefone, que estava correta em fazer isso. Assista.

Veja mais matérias publicadas em outubro

 

A prova de subida de ladeira, na Brigadeiro Luis Antônio. Foto: Rachel Schein

A subida de ladeira foi uma das provas das FixOlimpíadas. Foto: Rachel Schein

Novembro

Muita coisa aconteceu no penúltimo mês do ano.

O Instituto CicloBR, que tradicionalmente organiza a descida oficial da Rota Cicloturística Márcia Prado - cicloviagem coletiva que reuniu quase dez mil ciclistas em 2012 - decidiu não realizar o evento em 2013.

Na audiência pública sobre o Plano Cicloviário de Porto Alegre, a prefeitura preferiu se ausentar da discussão, mantendo seu posicionamento de tentar evitar o uso dos 20% do valor arrecadado em multas em infraestrutura cicloviária e campanhas de educação no trânsito, como manda a lei.

O evento FixOlimpíadas, realizado em São Paulo, reuniu ciclista de todo o país em uma competição bastante divertida, com modalidades inusitadas. Veja o relato com vídeo e navegue pela nossa galeria de fotos.

O emplacamento de bicicleta, que o vereador Adilson Amadeu (PTB) continua defendendo com unhas e dentes, foi rejeitado pela Comissão de Trânsito e Transportes da Câmara Municipal de São Paulo – mas ainda tem grandes chances de ir a votação no plenário. O vereador recusa-se a retirar o projeto e até mesmo a falar com a imprensa especializada.

E, no último dia do mês, bicicletários em forma de carro surgiram de surpresa em vários pontos da cidade de Vitória, no Espírito Santo, em uma ação da Prefeitura da cidade.

Veja mais matérias publicadas em novembro

 

Ciclista circula pela avenida, ao lado da obra em andamento. É por ele - e milhares de outros - que sempre se defendeu a construção dessa ciclovia. Foto: Willian Cruz

Após anos de manifestações reivindicando a construção de uma ciclovia na Av. Eliseu de Almeida, as obras finalmente começaram. Foto:Willian Cruz

Dezembro

Em dezembro, o programa televisivo A Liga realizou uma espécie de desafio intermodal em São Paulo, comparando o deslocamento em diversos meios de transporte entre dois pontos definidos. Mas algumas falhas na produção, aliadas a um tom inadequado em relação à bicicleta, causaram forte reação dos ciclistas. Leia sobre o programa aqui (com link para assistir) e veja nosso esclarecimento sobre nossa participação no programa.

A mitológica ciclovia da Av. Eliseu de Almeida, em São Paulo, começou finalmente a ser construída. O primeiro trecho terá cerca de 3km e, em tese, já deve estar finalizado neste momento, apesar de ainda faltar sinalização. Entenda aqui e veja nossa galeria de fotos.

A polêmica do mês ficou por conta da proibição na justiça da cicloviagem de São Paulo a Santos de bicicleta pela Rota Márcia Prado, a pedido da concessionária que administra a Rodovia dos Imigrantes a Ecovias. As justificativas apresentadas para conseguir a proibição são confusas e incoerentes, como ao afirmar que os túneis representariam perigo (a Rota desvia justamente dos túneis, através da Estrada de Manutenção, e a concessionária sabe disso). Saiba mais.

Veja mais matérias publicadas em dezembro

 

 

Sentiu falta de algum assunto nessa lista? Comente!


2 comentários para O que bombou em 2013 – uma retrospectiva selecionada

Enviar resposta

  

  

  

Você pode usar estas tags HTML

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>