7 cuidados para pedalar de madrugada

Madrugada com neblina em São Paulo: cenário lindo para pedalar, mas que requer atenção especial.

Dicas para o ciclista urbano

1Como se manter seguro

2Pedalando para o trabalho (vídeo)

3Não pedale na contramão

4Ocupe a faixa

5Cuidado com as portas

6O que diz o Código de Trânsito

710 dicas para os dias de chuva

8E se a empresa não tem chuveiro?

97 truques para as subidas mais difíceis

107 dicas para pedalar de madrugada

11Medo de pedalar nas ruas?
Chame um Bike Anjo!

Pedalar de madrugada é bom porque quase não há carros na rua. Não há poluição, não há barulho, o ar está mais fresco e dependendo do lugar você consegue até sentir cheiro de flores no ar. Se for perto da praia então, o barulho do mar em meio ao silêncio da madrugada é maravilhoso de se ouvir. Mas é importante tomar alguns cuidados, principalmente com os motoristas abusados que circulam nesse horário.

1 Atenção redobrada

Fique atento aos eventuais motoristas alcoolizados, principalmente os que estão saindo de alguma festa ou balada. Por isso, se você perceber um carro cantando pneu ou se aproximando em alta velocidade, redobre a atenção e fique atento, para poder agir defensivamente. Estar sem fones de ouvido torna-se importante nesse cenário, permitindo antecipar a aproximação de qualquer veículo motorizado.

2 Evite as grandes avenidas

Nos horários em que não há fiscalização, muitos motoristas querem correr e as avenidas vazias se tornam atraentes a essa prática, algumas chegando até a parecer pistas de competição. Tente circular por ruas paralelas sempre que isso for possível.

3 Não confie no sinal verde

Mesmo os sinais abertos podem ser perigosos de madrugada. Se você vai cruzar uma avenida grande, não confie só no sinal verde. Há motoristas que passam direto no vermelho sem nem diminuir a velocidade, por “achar” que não tem ninguém passando – roletando o semáforo, como se diz na gíria. Tome cuidado principalmente quando o sinal acaba de abrir. Olhos e ouvidos sempre atentos.

4 Não facilite

Ladrão que está andando na rua de madrugada não saiu para roubar bicicleta, por isso ele muito provavelmente será pego de surpresa com a sua aproximação e não vai ter tempo (ou interesse) para pensar numa abordagem. Mesmo assim, fique atento com as raras pessoas na calçada, olhe nos olhos pra avaliar a intenção e, notando comportamento suspeito, se possível passe longe, mudando de lado da via com cuidado, se o tráfego permitir. Evite passar por trechos pouco iluminados e/ou com histórico de assaltos.

5 Reduza para pegar o sinal aberto

É muito improvável que alguém tente roubar sua bicicleta no meio da madrugada (muito improvável mesmo), mas isso enquanto você estiver pedalando. Parar no sinal dará ao ladrão os segundos essenciais para pensar na abordagem e se aproximar de você. Por isso, diminua a velocidade bem antes do sinal, para chegar no cruzamento ou esquina com ele já aberto.

6 Pare em locais movimentados

Se precisar descansar um pouco, trocar a câmara ou consertar alguma coisa na bicicleta, pare em um lugar iluminado e movimentado, como um posto de gasolina por exemplo. Leve sempre uma câmara reserva, para não ter que perder tempo remendando a que furou. Recomendamos o uso de uma fita antifuro, que evitará MUITO esse tipo de situação.

7 Varie o trajeto e o horário

Se você sai tarde do trabalho, evite fazer sempre o mesmo caminho, no mesmo horário, pois alguém mal intencionado pode resolver te esperar em algum ponto que você passa sempre. Pedalar permite variar o caminho, aproveite!

Pedalar até algum lugar legal para ver o sol nascer faz seu dia começar perfeito! (Mirante do Morro da Lagoa, em Florianópolis). Foto: Vá de Bike

Pedale de manhã bem cedo

Se você não usa a bicicleta para ir ao trabalho, mas pedala por lazer ou esporte, experimente acordar bem cedo. Durante um tempo em que morei em Florianópolis e trabalhava ao lado de casa, eu saía algumas vezes por semana às 5h da manhã para ver o sol nascer no mirante do Morro da Lagoa. Valia muito a pena. E olha que não sou de acordar cedo!

Há várias vantagens de pedalar nesse horário: temperatura mais amena, menor trânsito na cidade, menor possibilidade de assalto, claridade do dia, estar descansado após uma boa noite de sono, bem alimentado com o café da manhã reforçado… ;)

Faça um esforcinho e acorde um dia mais cedo, saindo para pedalar entre 5 e 7h. Você vai trabalhar com outro ânimo!


39 comentários para 7 cuidados para pedalar de madrugada

  • Cleusa

    Li os comentários de vocês. Pedalo cedo, 6,30, e quero ir mais cedo, 6,00 hs, ainda um pouco escuro, e vou sozinha. Vou tentar uma vez e ver o que vai dar. Vocês acreditam que um dono de caminhão de carreto, que ficam parados numa praça que sempre passo, gritou para mim mais de uma vez (tenho 59 anos)? Aprendam, rapazes, a respeitar as mulheres. A gente não gosta disto. Dá é medo.

    Thumb up 0 Thumb down 0

  • Dinho HD

    [Comentário oculto devido a baixa votação. Clique para ler.]

    Esse comentário não tem feito muito sucesso. Thumb up 0 Thumb down 8

  • Rodrigo Alves Ches

    Dicas importantes. Eu acrescentaria ainda à lista o cuidado com buracos que eventualmente surgem nas ruas, especialmente em dias chuvosos. Mesmo que a rua ou avenida seja utilizada frequentemente, à noite a visibilidade é comprometida (principalmente em locais onde a iluminação apresenta problemas).

    Thumb up 0 Thumb down 0

  • Bom dia!Sempre quis pedalar num horário mais calmo, vale as dicas!!!Tenho uma página no Facebook, gostaria que fizesse parte dos meus amigos para nos ajudar com as dicas.
    Obrigada!!

    Thumb up 3 Thumb down 0

  • Caetano Garcia

    Sou portador de Insuficiência Pulmonar.
    Nas subidas sofro muito com isso e também com as pernas, que esquentam e doem os joelhos.
    Alguma dica para me ajudar?

    Thumb up 2 Thumb down 0

    • Dinho HD

      Teste de Esforço ERGOMETRICO com Cardiologista e Personal Trainer especializado. Forçar a Saude pelo puro amor de pedalar nao eh compativel com doenças. fikadika.

      Thumb up 1 Thumb down 0

  • Jaqueline

    Eu e mais duas amigas, todos os dias começamos a pedalar as 6h15min. O clima é perfeito, o trânsito está mais calmo, e ver o sol nascendo é um presente de Deus.

    Thumb up 0 Thumb down 0

  • [...] atividade. O Vá de Bike! possui outras dicas muito importantes para pedalar em dias de chuva, durante a madrugada ou em subidas muito íngremes, por [...]

    Thumb up 0 Thumb down 0

  • Fernando

    Isso eu já faço a muito tempo…saio de casa todos os dias às 5h00….o transito é uma beleza…posso contar os carros que passam por mim…o problema são os cachorros que correm atras da gente.hihihihihi. PS: A cidade eh Brasilia-DF. Aqui 1 entre 10 motoristas respeitam ciclistas.

    Thumb up 3 Thumb down 1

  • Luiz

    A hora que li “Olhe nos olhos pra avaliar a intenção e, notando comportamento suspeito” pensei esse cara sabe do que ta falando, sempre uso essa tática quando percebo algo suspeito, e se a pessoa esta mau intencionada ou não ela desvia o olhar, afinal em meio a tanto Lobos devemos ser Leões! sou de Curitiba que não deixa de ser parecida varias das situações apontadas, enfim gostei das dicas não falou nem uma besteira Abraço.

    Comentário bem votado! Thumb up 7 Thumb down 1

  • Fernando DF

    Boa tarde, eu acordo todos os dias 4h45 da manhã para ir ao trabalho na minha bike….é muito bom, e bom mesmo é na volta para casa quando os carros estão todos parados nos engarrafamentos e eu vou embora para casa.hihihihi

    Thumb up 3 Thumb down 3

  • Yuri Bassichetto Tambucci

    Eu em geral me sinto mais seguro de madrugada nas grandes vias. Prefiro pegar a Av. Brasil em São Paulo, que a Groenlândia. Isso porque as avenidas maiores são mais iluminadas e têm radar de velocidade. Eu passo mais sustos com gente dirigindo a alta velocidade nas ruas paralelas que nas avenidas.

    Thumb up 1 Thumb down 1

  • Boa noite!
    Gostei muito da dica, mas aqui onde moro não dá para fazer isso nem à noite e nem na madrugada. Comprei uma bike em dezembro para treinar e fazer longas pedaladas, mas o risco é grande.

    Thumb up 0 Thumb down 0

  • Boa dica Willian! Não tenho o hábito de pedalar de madrugada, mas curto pedal noturno, o que não foge muito algumas regras citadas, mudar de trajetos, tomar certos cuidados devido ao transito ser mais intenso em alguns horários, e também em lugares desconhecidos, vou compartilhar as infos acima e algumas outras dicas daqui com os amigos e assinando sua fonte ok. Abraços.

    Thumb up 2 Thumb down 1

  • Oswaldocampos

    Também vou ao trabalho toda madrugada. Fica mais uma dica: aplique muitos refletivos na bike, na mochila, na roupa, no capacete, nos punhos (para sinalizar suas conversões), no calçado, etc.. Invista uma grana na sua segurança e instale piscas o mais potentes possíveis na frente e atrás. VC precisa ser visto pelos motoristas bem de longe. Assim eles reduzem a velocidade antecipadamente.

    Thumb up 4 Thumb down 1

  • Uma boa dica para quem pedala em SP é a ciclovia do rio Prinheiros. Abre às 5:30 e dá para pedalar bem, mas estejam com farois pois é bem escuro…mas bem divertido tb !!

    Comentário bem votado! Thumb up 6 Thumb down 0

  • marlon

    pedalo sempre, aqui no Distrito federal infelizmente as ruas, muito iluminadas, na madrugada viram pistas decorrida, real,emte pedalar de madrugada tem seu valor,mas falta segurança.

    Thumb up 2 Thumb down 1

  • Sempre que pedalo a noite, procuro ir bem iluminado. Estou até para comprar umas luzes novas – mais fortes. Procuro não me distrair, pois pedalo em avenidas em Jacarepaguá (na cidade do Rio de Janeiro) onde tem um monte de playboy dirigindo com o rabo cheio de cachaça.

    Thumb up 2 Thumb down 1

  • Eu fico muito mais tenso quando estou pedalando tarde da noite, ou de madrugado, do que as seis e meia da tarde, no meio do rush. Já era assim quando eu andava de moto. Quanto mais carro mais seguro eu me sinto. Mais carro, menos velocidade, menos bebados e menos corredores de Formula 1 frustrados.

    Comentário bem votado! Thumb up 6 Thumb down 0

  • Christopher Moronari

    Poxa, moro no interior do Espírito Santo, e digo a vc’s que não tenho ciclovia e nem grandes ruas asfaltadas para andar de bicicleta, minha cidade tem muitos morros e digo que não tenho o hábito e nem coragem para enfrenta-los, então só me sobra as saídas da cidade, porém ambas não tem acostamento então tenho que me aventurar juntos aos carros, tenho um pouco de receio agora que perdi um conhecido atropelado por motorista bêbado, então não sei o que fazer, pois por prescrição médica não posso parar de fazer exercícios os unicos que ainda gosto é o ciclismo e a caminhada, ao qual enfrento o mesmo problema, me aventuro nas estradas dividindo o espaço com grandes carretas e carros.

    Comentário bem votado! Thumb up 8 Thumb down 0

  • Cícero Soares

    Cabei de chegar duma pedalada na madruga. E o que mais gosto é quando cruzo com pedalantes e não necessariamente pedalantes, mas também malucos e lobos solitários da noite paulistana, e… “Nooooooite!” Meu, e hoje foi além do normal, dei uns quatro cumprimentos interioranos desses.

    Aliás, o último não foi cruzar, mas acompanhar e bater um papinho com um mano num trecho de uma avenida da Lapa (hum, esqueci o nome) ao fim da rodovia Anhanguera. O cara táva voltando do trampo, e toda madruga dele é assim, do Jaguaré pro Limão! Queria ter inquirido mais o cara (que quando afloram o ex-sociólogo e ex-roteirista em mim… lá vou eu saindo de mim), mas de repente ele se despediu e nos separamos numa bifurcação. Caminhos (e vidas) diferentes, né?, apenas coincididos naquele trecho.

    E isso também não é madruga?

    Comentário bem votado! Thumb up 9 Thumb down 0

  • Marcio

    Pedalar de madrugada pode ser perigoso,mais com cuidado a calçada é toda nossa.

    Thumb up 2 Thumb down 3

  • segurança em primeiro lugar!

    Thumb up 1 Thumb down 0

  • Ricardo

    Pedalar com o sol nascendo é bom demais. Outra dica: ilumine-se! Coloque luz até no capacete (pode servir de sinalização).

    Comentário bem votado! Thumb up 4 Thumb down 0

  • wilson

    Legal cara ,eu entro 7h30 e costumo pedalar das 4H00 ate as 6H00
    mais ou menos 60Km e quem ainda nâo esperimentou não sabe oque esta perdendo,realmente tem de tomar cuidado com os cachaceiros de plantâo.
    Valeu e abraços!!!

    Thumb up 3 Thumb down 1

  • Luiz Paulo Jacob

    Luiz e Pedrão, é uma grata notícia saber dessas madrugadoras pedaladas. Aqui tenho uns parceiros que aos domingos, saímos para a estrada, BR 316, entre Belém e Santa Izabel do Pará. Nos encontramos às 4 da madrugada, e fazemos um percurso misto, com um pouco de trilha e muito asfalto (as vezes chuva). O mais legal é que durante uma hora e meia pedalamos na escuridão da estrada, vai amanhecendo enquanto nos afastamos da cidade, 2 horas depois nos deparamos com o sol brilhante. Antes que o sol comesse a nos torrar, mais ou menos às 9h estamos de volta em casa, com mais de 80k percorridos.

    Comentário bem votado! Thumb up 7 Thumb down 0

  • luiz mansur

    Não por um acaso acessei essa página, para ver se tinha algum doido varrido que pedala na madruga, e para a minha grata surpresa encontrei doidos de pedra como eu… precisa ser muito abnegado para sair de casa as cinco da matina, como vou fazer amanhã, junto com o meu parceiro de loucuras de bike… o pedrão, moramos em curitiba… aqui o tempo é mais agradável nessa época do ano, temos pedalado há mais de dois anos pelo menos 3 vezes na semana, as vezes até 6 dias… encontramos os horários mais malucos para curtirmos as nossas magrelas… no último feriado fomos fazer o circuito do vale europeu(totalmente aconselhável a todos)…

    Comentário bem votado! Thumb up 9 Thumb down 2

  • Luiz Paulo Jacob

    Usar as madrugadas para recarregar as energias é o que fazemos diariamente eu e minha mulher. Moramos no centro de Belém, sempre saímos antes das 6h e pedalamos 45 minutos ou 14 quilómetros todos os dias pelas ruas da cidade. O sol vai nascendo enquanto pedalamos pelas ruas quase desertas. O mito de assalto vai ficando pra trás, o perigo é se empolgar e passar do horário de voltar pra casa. As 7h a cidade se transforma em um mostro hostil e antes disso acontecer você já deve estar de volta em casa.

    Thumb up 1 Thumb down 1

  • Bruno Eduardo

    Achei que fosse um dos poucos que fazia isso, aqui no Rio enquanto uns vão pra balada, eu vou pedalar, já sai de casa 1 da manhã em direção ao Leblon, saindo da Zona Norte, cerca de 25km ida, é uma maravilha pegar a Orla a noite, o centro quase sem carros, e o clima também, é sempre friozinho!!! Valeu pelas dicas.

    Thumb up 2 Thumb down 1

  • Rodrigo Nery

    Aos medrosos de plantão… só pra pegar no pé do Wcruz…. hahahaha.
    Relaxem gente! Mulher pode até ter menos força que homem mas garanto que é muito mais resistente que homem.
    Claro que o bom senso deve prevalecer mas se vocês alimentam o medo, ele só tende a crescer. Eu pedalo a 25 anos e em SP vou pro trabalho de bike a 8 anos direto e reto. Como trabalho com pós produção de vídeo, virar a noite é comum e já voltei pedalando pra casa às 4, 5 e 6 da manhã. Todas as vezes fiquei surpreso com a quantidade de ciclistas nestes horários. A gente não percebe mas a massa trabalhadora, principalmente na construção civil, já acordou para a bike a muuuito tempo. Garanto a vocês a questão do assalto é a menor preocupação. Agora a dica do farol vermelho é pra não esquecer mesmo. Tá cheio de louco sobre quatro rodas por aí, principalmente nesses horários.

    Comentário bem votado! Thumb up 13 Thumb down 1

    • Rodrigo, eu também não me preocupo com assalto não, minha preocupação são os malucos que brincam de Speed Racer.

      Mulher tem uma preocupação adicional, porque mesmo quem nao é bandido pode resolver atormentar psicológica ou fisicamente uma mulher que pedale sozinha pelas ruas. Tem algumas discussões sobre isso por aí, uma delas no site das Pedalinas: http://pedalinas.wordpress.com/2010/09/28/assedio-nas-ruas/

      Sobre a quantidade de ciclistas nas ruas, você tem razão, principalmente depois das 4. Bastante gente indo trabalhar. Mas quando acontece de eu voltar do trabalho entre meia-noite e 2 da manhã, as ruas estão sempre deliciosamente desertas.

      Comentário bem votado! Thumb up 10 Thumb down 1

  • Jeanne

    Willian, e quando são meninas? Você acha que dá pra mulher sair pedalando sozinha na madrugada de SP? Os riscos são outros, além de roubarem a bike…
    Sei lá, sou meio encanada com isso!
    Abs,

    Comentário bem votado! Thumb up 8 Thumb down 0

  • Alexandre SP

    É Willian, é uma boa ficar atento a essas dicas, mas o ideal é não andar sozinho durante a noite… o melhor é convencer aquele amigo mais louco que vc a ser seu companheiro de aventura….
    Agora convenhamos, muita gente deve pensar “nossa, acordar de madrugada? e deixar o melhor horario de sono pra la?”…. eu infelizmente sou um desses, mas gostei muito das dicas… vlw

    Thumb up 0 Thumb down 2

Enviar resposta

  

  

  

Você pode usar estas tags HTML

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>